RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA influente banda que acabou causando a "separação" do Guns N' Roses

imagemFatboy Slim confessa ter se arrependido de conhecer David Bowie pessoalmente

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemO megahit dos Beatles inspirado em desenho de amiguinha do filho de John Lennon

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemAs polêmicas escolhas do Nirvana para o "MTV Unplugged in New York"

imagemOzzy Osbourne é contemplado com dois Grammy na edição de 2023 do evento

imagemAs 5 bandas confirmadas no Summer Breeze Brasil que não tocarão em outras cidades

imagemLendário empresário do Kiss se manifesta sobre acusações de playback de Paul Stanley

imagemO hit da Legião Urbana que Renato Russo considerava "pretensioso e babaca"

imagemA curiosa origem do apelido "Mago" que Fabio Lione ganhou no Angra

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemNovo álbum do Angra será o melhor da era Fabio Lione, segundo Felipe Andreoli

imagemIan Anderson se arrepende de ter recusado pedido de Frank Zappa no leito de morte


Stamp

AC/DC: O mesmo de sempre, graças a Deus

Resenha - Rock Or Bust - AC/DC

Por Fabiano de Souza
Postado em 28 de novembro de 2014

Nota: 9

Excelente maneira de começar um novo álbum com "Rock or Bust", segundo single do CD, e uma aposta segura para não decepcionar ninguém. Esta é a banda como tal, começa com uma sucessão de acordes de guitarra, e então você vai incorporando a batida típica da bateria e uma guitarra muito blueseira. Brian leva sua voz ao coro, eficaz e simples. Tiro certo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Play Ball", o primeiro single do álbum, tem um refrão cativante ("Vamos jogar bola"), então tem vários riffs de guitarra em seguida. Impossível tirá-la da cabeça. O breve solo de Angus é intercalado com alguns gritos de Brian, que mantém a sua timbre apesar de seus 67 anos.

"Rock The Blues Away" é tocada com classe. O tratamento é de guitarras muito gentis, elas não têm quase nenhuma distorção, algo que certamente lhe cai muito bem para uma música com ar otimista.

Em "Miss Adventure" o grupo sai um pouco do seu padrão. É mais moderna e louca do que o habitual, outro riff articula um corte direto, que inclui um coro de "Thunderstruck" e até mesmo algumas linhas de progressivo. A canção soa muito agradável.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma guitarra com atraso, a bateria na qual é construída a melodia e uma voz profunda que diz "Dogs Of War" dá lugar a um tema escuro que cresce lentamente, como trata o coro, e funciona muito bem. Angus detona alguns riffs de guitarra como nunca.

"Got Some Rock & Roll Thunder" é animada e riffs de guitarra fazem você bater a cabeça desde o início. Linha de baixo dinâmica e estilo que fazem você apreciar muito a canção. Brian canta o tema desde o primeiro segundo. As palmas acompanhar a caixa ao longo do tema, muito tentador para não aceitar o convite. Eu gosto da variação do coro no final, com Angus demonstrando que carrega as veias do rock.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com um ritmo mais lento e insistente, "Hard Times", em que Brian canta com uma voz mais profunda. Em geral, parece-me a música mais fraca do cd, com melodias um pouco sem graça e um refrão que falta algo. Bom trabalho Angus, no entanto, interrompido várias vezes pela voz.

"Batpism By Fire" cheira anos setenta, a psicodelia. O riff de guitarra com pouca distorção me lembrou o som do Stone Temple Pilots. Os arranjos de guitarra e a maneira pela qual deriva a melodia para o coro são muito naturais.

"Rock The House" tem um riff muito alternativo de guitarra (acho parecido com Tom Morello do Rage Against The Machine), mas também uma estrutura e essência do rock clássico. Tem um refrão muito cativante e um solo de guitarra com um som vintage. Brian soa com muita atitude.

"Sweet Candy" é uma canção feita pra completar a bolacha, mas é uma música boa no fim das contas, onde Brian canta sensualmente sua "doce doce".

"Emission Control", com uma guitarra que anda acima da batida com estilo. Em cerca de 35 segundos atinge uma mudança brusca, mas agradável e flui para um refrão repetitivo, aqueles que servem para aprender o nome da música também. Solos de Angus exalam classe. Muito boa canção.

Conclusão

O AC/DC não decepcionou e tem um punhado de canções muito curtas, mas não deixam a desejar. Grandes riffs, refrões muito cativantes e uma fórmula de sucesso que está sempre lá e em que até levanta algumas experiências interessantes. Rock Or Bust é um dos discos de rock do ano e AC / DC continua a ser uma lenda viva da música. E espero que muito mais tempo. Nota 9.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

1. "Rock or Bust"
2. "Play Ball"
3. "Rock the Blues Away"
4. "Miss Adventure"
5. "Dogs of War"
6. "Got Some Rock & Roll Thunder"
7. "Hard Times"
8. "Baptism by Fire"
9. "Rock the House"
10. "Sweet Candy"
11. "Emission Control"


Outras resenhas de Rock Or Bust - AC/DC

Resenha - Rock Or Bust - AC/DC

Resenha - Rock or Bust - AC/DC

Resenha - Rock or Bust - AC/DC

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal