Pink Floyd: Um trabalho, digno sim, de findar a marca

Resenha - Endless River - Pink Floyd

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por André Floyd, Fonte: Free Four
Enviar correções  |  Ver Acessos


Hoje oficialmente o Pink Floyd lançou seu ato final, o último álbum com o nome do grupo. Acabo de ouví-lo por inteiro e já quis escrever esse texto, tamanha a emoção que me contagiou.

AC/DC: Axl conta por que Angus vive correndo no palcoCoincidências: Imagens usadas por grandes bandas em outras capas?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para um disco feito à base de sobras de estúdio de outro álbum, o antecessor "The Division Bell", este é um belíssimo trabalho de despedida e também homenagem póstuma ao tecladista Richard Wright, morto em 2008.

Ao melhor estilo da fase pós-wateriana, que considero a espaço-glacial da banda, este trabalho se inicia com aquelas já clássicas faixas introdutórias, que dão a noção da viagem que vem a seguir, trata-se de "Things Left Unsaid", seguida de "It's What We Do".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O som espacial e progressivo, marcante do Pink Floyd fica estampado na quarta faixa em "Sum", e como não me remeter à lembrança do filme "Live At Pompeii", ao ouvir a bateria de Nick Mason e a guitarra distorcida de David Gilmour, na quinta música, "Skins".

"Anisina", a sétima, me fez lembrar no seu começo da antológica "Us And Them", de The Dark Side Of The Moon, com as bases de teclados inconfundíveis de Richard Wright e o sax de Dick Parry.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Que qualidade, que coisa gostosa de ouvir é a nona música, "On Noodle Street", e a já divulgada "Allons-y (1)" e sua continuação "Allons-y (2)", décima e décima segunda faixas, definitivamente nos traz de volta à atmosfera Division Bell.

Eis que a "voz" do gênio Stephen Hawking, pode ser novamente ouvida na ótima música repleta de solo de David Gilmour, "Talkin' Hawkin''.

No segmento final do álbum temos a maestria de David Gilmour, esbanjando suas cordas em "Surfacing", e, finalmente culminando num belo canto na única música vocalizada do disco, a belíssima "Louder Than Words".

Conclusão:

Um disco feito da costela de outro, contendo uma sonoridade que remete o ouvinte não só à fase do disco de origem, mas também a momentos setentistas. Um trabalho, digno sim, de findar a marca Pink Floyd, com maestria, homenagem a Rick Wright, e uma capa que traduz o que ouviremos.

Valeu Floyd, valeu mesmo! Nota DEZ!

Ouçam-no na íntegra pelo Spotify no link abaixo:

https://open.spotify.com/album/0fXAlQ9wTG2glNJvZEkBZc?ref=wp...


Outras resenhas de Endless River - Pink Floyd

Pink Floyd: A filosofia por trás de The Endless RiverPink Floyd
A filosofia por trás de "The Endless River"

Pink Floyd: "Endless River" merece um lugar ao sol

Pink Floyd: O melhor disco da banda desde o The WallPink Floyd
O melhor disco da banda desde o "The Wall"

Pink Floyd: Indispensável, mas poderia estar no "Division Bell"Pink Floyd: Bom, mas não deve ser comparado com os clássicos

Pink Floyd: Mais um grande álbum desta grande bandaPink Floyd
Mais um grande álbum desta grande banda

Pink Floyd: "The Endless River", o último de todos

Pink Floyd: A impressão de caça-níquel é incômodaPink Floyd
A impressão de caça-níquel é incômoda

Pink Floyd: O rio secou em The Endless RiverPink Floyd
O rio secou em The Endless River




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Pink Floyd"


Hard Rock: As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1Hard Rock
As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1

Pink Floyd: Learning to Fly segundo David GilmourPink Floyd
"Learning to Fly" segundo David Gilmour


AC/DC: Axl conta por que Angus vive correndo no palcoAC/DC
Axl conta por que Angus vive correndo no palco

Coincidências: Imagens usadas por grandes bandas em outras capas?Coincidências
Imagens usadas por grandes bandas em outras capas?


Sobre André Floyd

Amante e ouvinte constante de música. Editor do blog Confraria Floydstock.

Mais matérias de André Floyd no Whiplash.Net.

adGoo336