[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Gama Bomb: digna representante mundial do bom Thrash Metal

Resenha - Terror Tapes - Gama Bomb

Por Christiano K.O.D.A.
Postado em 13 de julho de 2013

Nota: 8

Rapaz, que banda afiada essa Gama Bomb! Um Thrash Metal ‘old school’ - com um dedinho de Crossover e muito Speed - de quem nasceu pra coisa! Peguem a fase inicial do estilo, coloquem uma gravação mais atual e pronto. Está feita a boa fórmula do disco que, para a sorte dos brasileiros, foi lançado pela Shinigami Records por aqui.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Logo de cara, chama a atenção a voz de Philly Byrne, que é cantado, ao invés de gritado/urrado e - agora muitos dirão que é um absurdo – lembra, mesmo que de leve, o de ninguém menos que Jello Biafra (ex-Dead Kennedys)!

E legal também é o modo como ele encaixa os cantos nas composições: em alguns momentos, vai num ritmo "aceitável", mas em outros, desembesta a cantar muito rapidamente e torna dificultosa até a tarefa de acompanhar a letra no encarte.

Falando nisso, o encarte é interessantíssimo, para não dizer divertido, por trazer em sua estética uma volta ao mundo dos antigos aparelhos de som, em que rolavam fitas cassete, ou das VHS, dos nostálgicos videocassetes, remetendo obviamente ao título do álbum. Que resgate bacana! As letras também vão nessa temática e contam histórias da sétima arte.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Os solos são todos espetaculares, em qualquer que seja a música! Soberbos o trabalho e os duelos da dupla Domo Dixon e John Roche! Já os riffs são palhetadas a mil por hora, o que torna o disco ainda mais empolgante.

Já que o assunto "solo" foi falado, vale mencionar a faixa "Terrorscope", que conta com um que, na verdade, é um trecho da clássica "Sabre Dance" (Aram Khachaturian). Dêem uma sacada no clipe lá embaixo. Muito boa!

Mas fazendo jus ao material, todos os músicos aqui – Paul Caffrey (bateria) e Joe McGuigan (baixo/backing vocal) completam o time - dão um verdadeiro show.
As músicas, em sua maioria, são velozes e extremamente poderosas, tanto que nem dá pra dizer que uma e melhor do que a outra. Estão todas, sem exceção, no mesmo alto patamar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

Corre atrás disso, que não haverá arrependimentos. Mais uma digna representante mundial do bom Thrash Metal que, apesar de não tão conhecida, merece o máximo respeito!

Gama Bomb – The Terror Tapes
AFM Records/Shinigami Records – 2013 – Reino Unido

Tracklist:
1. The Wrong Stuff 03:20
2. Legend of Speed 02:23
3. Backwards Bible 03:29
4. Beverly Hills Robocop 04:21
5. Smoke the Blow with Willem Dafoe 01:17
6. We Started the Fire 03:13
7. Terrorscope 03:13
8. The Cannibals Are in the Streets - All Flesh Must Be Eaten 03:47
9. Shitting Yourself to Live 00:21
10. Matrioshka Brain 03:45
11. Metal Idiot 02:20
12. Wrecking Ball 04:33
Total: 36:02

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

Outras resenhas de Terror Tapes - Gama Bomb

Gama Bomb: Um banquete repleto de old-school speed metal

Gama Bomb: Fazendo nome pelo underground mundo afora

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Sentença de Morte: Death Metal para quem curte Death Metal bem executado

Triumph Of Death, projeto de Tom Warrior, resgata ao vivo parte do passado do Hellhammer

Spiritual Cramp acerta a fórmula, mas álbum satura em 26 minutos

Estreia do Superbloom traz de volta o grunge protagonista dos anos 1990

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Death Magnetic - Metallica


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.
Mais matérias de Christiano K.O.D.A..

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS