Age of Artemis: O Power Metal Melódico ainda tem a oferecer

Resenha - Overcoming Limits - Age of Artemis

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Eis aqui um disco que é a prova viva de que o power metal melódico ainda tem muito a oferecer! Mesmo que o estilo tenha definhado ao longo do tempo, fica claro que, quando há criatividade e talento, mesmo sem grandes inovações, é possível se destacar e manter o estilo vivo.
543 acessosAlírio Netto: vocalista fala do novo CD e dos trabalhos como ator5000 acessosNazareth: 40 anos de rock

E os brasilienses do AGE OF ARTEMIS, em seu debut, não só conseguiram lançar um disco excelente, como já colocaram o seu nome dentre o das grandes revelações do metal brasileiro da atualidade. Além disso, a qualidade do material, tanto sonora (graças à excelente produção de Edu Falaschi) quanto visual (o disco foi lançado em um belíssimo digpack, e com arte do renomado Gustavo Sazes) impressiona, e mostra o grau de maturidade e profissionalismo que a banda se encontra.

Como dito, o AGE OF ARTEMIS, pratica um metal melódico dos mais competentes (com alguns elementos menos evidentes de metal progressivo), e traz tudo o que de melhor o estilo já nos proporcionou: guitarras pesadas e melodiosas, exarando riffs e solos cativantes, teclados bem encaixados e sem exageros, uma cozinha “trampada” e precisa, e um vocalista de voz potente e que transmite grande sentimentalismo em suas interpretações.

O disco mescla momentos mais rápidos e pesados com outros mais melódicos e emocionais, e faixas como “What Lies Behind”, “Take Me Home”, “Truth in Your Eyes” (que deu nome ao anterior EP da banda) e “God, Kings and Fools” mostram bem todo a competência da banda, e deverão agradar em cheio os fãs mais exigentes do estilo.

“Overcoming Limits” chega sem a intenção de revolucionar o metal melódico, mas demonstra que o estilo ainda tem muito a nos proporcionar, desde que seja praticado com competência e criatividade. Não deixem de conferir este grande registro.

Confiram o belo clipe de "Take Me Home"

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Overcoming Limits – Age of Artemis
(2011 – MS Metal Records/Voice Music – Nacional)

1. What Lies Behind...
2. Echoes Within
3. Mystery
4. Take Me Home
5. Truth in Your Eyes
6. Break Up the Chains
7. One Last Cry
8. You ll See
9. God, Kings and Fools
10. Till the End

Formação:
Alírio Netto (Vocal)
Nathan Grego (Guitars)
Gabriel "T-Bone" Soto (Guitars)
Giovanni Sena (Bass)
Pedro Senna (Drums)

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Overcoming Limits - Age of Artemis

777 acessosAge of Artemis: Power Metal de qualidade com aura de positividade2054 acessosAge Of Artemis: Superando limites com "Overcoming Limits"1073 acessosAge Of Artemis: Tirando leite de pedra de estilo saturado624 acessosAge Of Artemis: Para quem admira os primórdios do Power719 acessosAge of Artemis: Esperança para o Rock e Metal de Brasília

543 acessosAlírio Netto: vocalista fala do novo CD e dos trabalhos como ator0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Age Of Artemis"

VocalistasVocalistas
Alguns que poderão ser os novos ídolos do nosso Metal

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Age Of Artemis"

NazarethNazareth
Muito mais que "Love Hurts" em 40 anos de rock

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
James Hetfield e Mano Menezes

NirvanaNirvana
O bizarro gosto gráfico de Kurt Cobain

5000 acessosIron Maiden: As 5 músicas mais fracas da carreira da banda5000 acessosMetallica: lista de exigências deles e de outras bandas para o Lollapalooza Brasil5000 acessosAC/DC: Axl foi mal no ensaio, mas banda teve paciência5000 acessosKiko Loureiro: guitarrista fala sobre suas influências3225 acessosKiss: E se a banda cantasse Patati Patata?5000 acessosGuns N' Roses: Steven Adler não pode mais falar sobre reunião

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online