Matérias Mais Lidas

Steve Vai: Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como eleSteve Vai: "Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como ele"

Bruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atençãoBruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atenção

Malas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citaçõesMalas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citações

A opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano BrownA opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano Brown

John Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com YokoJohn Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com Yoko

Vocalista do Saxon acha um pouco maluco Judas Priest tocar como um quartetoVocalista do Saxon acha "um pouco maluco" Judas Priest tocar como um quarteto

A opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o MetallicaA opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o Metallica

Capital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do ViperCapital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do Viper

Raul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositorRaul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositor

O sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitidoO sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitido

Homem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeoHomem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeo

Lemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do RockLemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do Rock

Capital Inicial: quem é a pessoa que inspirou o sucesso NatashaCapital Inicial: quem é a pessoa que inspirou o sucesso "Natasha"

COVID: nunca mais vamos nos livrar disso, diz Ian Anderson do Jethro TullCOVID: nunca mais vamos nos livrar disso, diz Ian Anderson do Jethro Tull

Por que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos TrilhaPor que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos Trilha


Stamp

Age of Artemis: Esperança para o Rock e Metal de Brasília

Resenha - Overcoming Limits - Age of Artemis

Por André Garotti
Em 26/02/12

"Brasília é a capital do Rock" é uma das frases mais repetidas de todos os tempos entre os moradores da capital de nossa bela república quando o assunto é música. Infelizmente a maioria aqui sabe que é uma frase um pouco ultrapassada, já que há pouquíssimas bandas de rock e metal suficientemente sérias e profissionais atuando na cena brasiliense. O disco sobre o qual foi escrita esta resenha é de uma delas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Overcoming Limits" da banda Age of Artemis, a mais nova produção do aclamadíssimo e polêmico vocalista do Angra e produtor Edu Falaschi mostra que ainda há esperança para a cena de metal de Brasília.

Logo de cara nota-se que a qualidade gráfica do álbum não perde em nada para bandas nacionais mais experientes ou mesmo para a maioria das bandas gringas. A capa em digipack exibe a bela arte de Gustavo Sazes, designer/artista conhecidíssimo entre a maioria das bandas brasileiras de metal. O livreto contendo letras, fotos da banda e agradecimentos também é de primeiríssima qualidade, o que mostra o zelo impecável dos integrantes para com os detalhes gráficos.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Deixando de lado o visual, o disco é introduzido por "What Lies Behind", épico momento instrumental que inconscientemente remete a cenas do filme "Senhor dos Anéis". Mais uma vez pode ser ressaltada a preocupação do grupo e do produtor com os detalhes, a instrumentação orquestral é magistralmente regida e leva a um clímax surpresa, onde a banda já aparece quebrando tudo.

Aí entra "Echoes Within", belíssima faixa no melhor estilo Power Metal, já mostrando que o Artemis chegou pra quebrar tudo. Lembrando levemente o Angra, a faixa não deixa nada a desejar seja no quesito composição, conteúdo das letras ou produção.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

As faixas "Mystery", "Break Up the Chains", "You’ll See" e "Till the End seguem uma tendência parecida, mostrando toda a potência das guitarras de Gabriel "T-Bone" Soto e Nathan Grego e dos vocais de Alírio Netto (que esbanja linhas vocais ligeiramente mais graves e rasgadas do que sua outra excelente banda Khallice, que também vale a pena conferir). A cozinha não perde em absolutamente nada para bandas gringas como Blind Guardian e Rhapsody of Fire, Pedro Senna com suas fantásticas pedaladas duplas e ritmos quebrados e Giovanni Sena botando todo o peso e a definição na mix.

"Take me Home" e "One Last Cry" seguem uma linha Power Ballad e são os momentos mais tranquilos e ligeiramente melancólicos do disco, que em nenhum momento perdem o peso. A primeira inclusive possui grande potencial para figurar em grandes rádios brasileiras e internacionais. A participação especial de Lorena Rodrigues deu um ar muito legal à segunda, que exibe uma letra bastante tocante.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Mas as cerejas do bolo com certeza são "God, Kings and Fools" e "Truth in Your Eyes", consequentemente uma exibição de técnica e musicalidade em uma música de mais de nove minutos (sim, 9 minutos mesclando música oriental e prog) e a segunda sendo pura inspiração e sem dúvida o clímax do disco.

Palmas para a banda Age of Artemis, lançaram sem dúvida nenhuma um disco que está fadado a ser um clássico do metal nacional. Estão de parabéns!! Ainda existe esperança para o Rock e Metal de Brasília.


Outras resenhas de Overcoming Limits - Age of Artemis

Age of Artemis: Power Metal de qualidade com aura de positividade

Age Of Artemis: Superando limites com "Overcoming Limits"

Age Of Artemis: Tirando leite de pedra de estilo saturado

Age Of Artemis: Para quem admira os primórdios do Power

Age of Artemis: O Power Metal Melódico ainda tem a oferecer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Age of Artemis: Lançado "Overcoming 10 Years" com versões acústicas para debut da banda


Vocalistas: alguns que poderão ser os novos ídolos do nosso MetalVocalistas: alguns que poderão ser os novos ídolos do nosso Metal


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre André Garotti

André Garotti nasceu e reside em Brasília e é formado como Jornalista, Professor de Inglês e Técnico em Audio Digital pelo CAM (Curso de Audio & Música) do DF. Trabalha como guitarrista, produtor musical e técnico de som com todos os estilos de música, mas tem um amor infinito pelo rock e pelo metal desde a infância, sem compromissos ou preconceitos com nenhum tipo de banda dentro desses estilos.

Mais matérias de André Garotti.