Matérias Mais Lidas

Beatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NMEBeatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NME

Titãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de TitanomaquiaTitãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de "Titanomaquia"

Como está hoje o casal que inspirou Eduardo e Mônica, da Legião UrbanaComo está hoje o casal que inspirou "Eduardo e Mônica", da Legião Urbana

Foo Fighters: a tocante opinião de Brian May (Queen) sobre a bandaFoo Fighters: a tocante opinião de Brian May (Queen) sobre a banda

A carinhosa opinião de Chris Cornell sobre John LennonA carinhosa opinião de Chris Cornell sobre John Lennon

Bruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atençãoBruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atenção

João Gordo e Eloy Casagrande ironizam morte de Olavo de Carvalho nas redesJoão Gordo e Eloy Casagrande ironizam morte de Olavo de Carvalho nas redes

Bruce Dickinson já fez show para um único ser humano (e ofereceu cerveja ao felizardo)Bruce Dickinson já fez show para um único ser humano (e ofereceu cerveja ao felizardo)

Jason Bonham ficou magoado com Led Zeppelin por ficar de fora da reunião do grupoJason Bonham ficou magoado com Led Zeppelin por ficar de fora da "reunião" do grupo

Steve Vai: Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como eleSteve Vai: "Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como ele"

Mike Portnoy confessa que não curte nenhum álbum do Iron Maiden após década de 1980Mike Portnoy confessa que não curte nenhum álbum do Iron Maiden após década de 1980

Raul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositorRaul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositor

Nightwish: a sincera opinião da ex-vocalista Anette Olzon sobre atual som da bandaNightwish: a sincera opinião da ex-vocalista Anette Olzon sobre atual som da banda

O sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitidoO sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitido

Malas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citaçõesMalas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citações


Demonaz: Um cruzamento entre Bathory, Venom e Manowar

Resenha - March Of The Norse - Demonaz

Por Ben Ami Scopinho
Em 31/08/11

Nota: 8

Aguardado por muitos, está aportando no mercado brasileiro o primeiro trabalho solo do guitarrista Demonaz, personagem que, mesmo com uma lesão muscular, continua atuando nos bastidores e se mantém como elemento fundamental para perpetuar a estética Black Metal do Immortal. E "March Of The Norse" é mais um trabalho que reflete a forte personalidade que este músico sempre imprimiu nos discos em que participou.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Como o próprio Demonaz afirmou nas entrevistas que antecederam ao lançamento do álbum, "March Of The Norse" realmente pode ser considerado como um cruzamento entre Bathory, Venom e até mesmo sofrer influência dos primórdios do Manowar, além de muitos elementos compreensivelmente remeterem ao próprio Immortal. Mas, além disso, há uma maior ênfase às melodias, que são uma verdadeira homenagem ao ‘jeitão’ oitentista de se fazer Heavy Metal e até mesmo ao Rock´n´Roll propriamente dito.

Individualmente, as canções são interessantes, porém, em um contexto global persiste uma sutil sensação de repetição ao longo dos aproximadamente 40 minutos de audição, pelo simples fato de tudo geralmente possuir uma abordagem cadenciada. Faltou uma maior centelha de ousadia como o oferecido na melódica e grudenta "A Son Of The Sword" ou no impacto de "All Blackened Sky", cujo sentimento épico a eleva tranquilamente ao posto de grande destaque do repertório.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Mas, independente de o Demonaz insistir em uma paisagem sonora por demais regular ou não conseguir evitar temas relacionados às montanhas geladas, lendas e antigos campos de batalha – o que poderá ser encarado como clichê por parte do público – ainda assim "March Of The Norse" convence pela sua atmosfera primitiva. Um lançamento nacional da Laser Company bastante recomendado!

Contato:
http://www.myspace.com/demonaz

Formação:
Demonaz Doom Occulta - voz
Abbath Doom Occulta - voz, baixo
Ice Dale - guitarra
Armagedda - bateria

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Demonaz – March Of The Norse
(2011 - Nuclear Blast Records / Laser Company Records – nacional)

01. Northern Hymn
02. All Blackened Sky
03. March Of The Norse
04. A Son Of The Sword
05. Where Gods Once Rode
06. Under The Great Fires
07. Over The Mountains
08. Ode To Battle
09. Legends Of Fire And Ice
10. Dying Sun (faixa bônus composta em 1998)

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva


Outras resenhas de March Of The Norse - Demonaz

Demonaz: Pode ser descrito como "o Bathory contemporâneo"

Demonaz: Puro delírio para quem curte Bathory

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Heavy Metal: O início do movimento e a origem do termoHeavy Metal
O início do movimento e a origem do termo


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.