Matérias Mais Lidas

Guns N' Roses: por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby ClarkeGuns N' Roses
Por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby Clarke

Ian Paice: Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os temposIan Paice
Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os tempos

Nervosa: Entrar para a banda foi a realização de um sonho, diz Diva SatanicaNervosa
"Entrar para a banda foi a realização de um sonho", diz Diva Satanica

Vocalistas: 12 velhinhos que ainda mandam muito bem ao vivoVocalistas
12 "velhinhos" que ainda mandam muito bem ao vivo

Steve Hackett: ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metalSteve Hackett
Ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metal

Jon Bon Jovi: fake news de Trump o impediu de comprar time de futebol americanoJon Bon Jovi
Fake news de Trump o impediu de comprar time de futebol americano

Guns N' Roses: Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagemGuns N' Roses
Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagem

Doug Aldrich: explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn HughesDoug Aldrich
Explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn Hughes

Van Halen: Alex conta como morte do pai o fez abandonar a bebidaVan Halen
Alex conta como morte do pai o fez abandonar a bebida

Ghost: veja climática versão de Sympathy for the Devil com Hellacopters para TVGhost
Veja climática versão de "Sympathy for the Devil" com Hellacopters para TV

Mike Terrana: Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!Mike Terrana
"Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!"

AC/DC: monge budista grava cover inusitado de Thunderstruck, com direito a meditaçãoAC/DC
Monge budista grava cover inusitado de "Thunderstruck", com direito a meditação

Bon Jovi: por que o mandaram tocar com Kiss e Judas Priest em vez de Bryan AdamsBon Jovi
Por que o mandaram tocar com Kiss e Judas Priest em vez de Bryan Adams

James Hetfield: dez das músicas favoritas do vocalistaJames Hetfield
Dez das músicas favoritas do vocalista

Robert Fripp: como ele conheceu a esposa Toyah Wilcox, que bomba nos vídeos viraisRobert Fripp
Como ele conheceu a esposa Toyah Wilcox, que bomba nos vídeos virais


Matérias Recomendadas

Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

Fotos de Infância: Arch EnemyFotos de Infância
Arch Enemy

Bateristas: os trinta mais ricos do mundoBateristas
Os trinta mais ricos do mundo

Batman: 10 razões pelas quais ele é Metal pra carambaBatman
10 razões pelas quais ele é Metal pra caramba

Filhos de Rockstars: qualquer coincidência é semelhançaFilhos de Rockstars
Qualquer coincidência é semelhança

Dead Daisies
Stamp

I: força suficiente para se firmar no cenário

Resenha - Between Two Worlds - I

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


O que o leitor pensaria de um grupo que tem em sua formação veteranos do porte de Abbath (voz e guitarra, Immortal), Ice Dale (guitarra, Enslaved), TC King (baixo, Gorgoroth) e Armagedda (bateria, Immortal)? Pois é... A combinação destes músicos resultou no "I", um nome de batismo simples, mas com força mais do que suficiente para se firmar no cenário da música underground.

O quarteto está debutando com "Between Two Worlds", um discaço que tem tudo para agradar aqueles que apreciam os primórdios do Black Metal, quando este era executado em sua forma mais pura. Enquanto há reclamações generalizadas de que muitos grupos deste gênero parecem cada vez mais obcecados em alcançar o mainstream, o I vai no sentido oposto. Esqueça qualquer sinfonia, nada de velocidade absurda, corpse paint ou outras características do Black Metal contemporâneo. Tudo aqui geralmente é obscuro e procura resgatar aquele sentimento básico e oitentista, tão saudoso para inúmeros headbangers.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os músicos são naturalmente excelentes. As vocalizações cruas e a seção rítmica são de primeira, mas as atenções se voltam mesmo é para a simplicidade das guitarras. Os riffs são praticamente hipnóticos, sujos e totalmente eficazes em passar uma forte emoção épica ao ouvinte, além de em algumas poucas ocasiões se insinuar pelos lados do rock n´roll. E os solos? O I mostra melodias belíssimas neste quesito, que devem servir de exemplo a várias bandas da atualidade, que vem negligenciando esta parte tão importante do Heavy Metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dar ênfase a apenas algumas faixas seria injustiça para com as outras. Com algo de Venom e Motorhead e muita influência do legendário Bathory - ouçam "Warriors" e "Far Beyond The Quiet". E o bacana é que a versão brasileira vem com três faixas a mais, tendo a capa prateada, enquanto em outros países a capa é dourada.

Vale citar que as letras foram escritas pelo ex-Immortal Demonaz (ele não toca no disco), que admite que tentou escrever como o mestre Quorton e, como se percebe, os títulos das canções já mostram claramente sua temática. A produção é poderosa e, mesmo moderna, mantém cuidadosamente a rispidez proposta pelo conjunto.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Between Two Worlds" é um disco que, além de agradar os amantes do Black Metal da velha escola, tem tudo para atrair quem aprecia o bom e velho Heavy Metal tradicional, destes sem rótulos mesmo. Indicadíssimo aos fãs de Bathory, Motörhead e a quem curtiu o derradeiro trabalho do Immortal.

I - Between Two Worlds
(2006 / Nuclear Blast – 2007 / Rock Brigade Records – nacional)

01. The Storm I Ride
02. Warriors
03. Between Two Worlds
04. Battalions
05. Mountains
06. Days Of North Winds
07. Far Beyond The Quiet
08. Cursed We Are
09. Bridges Of Fire
10. Outro (instrumental)
11. Shadowed Realm

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Homepage: www.i-metal.net


Tunecore
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Joey Ramone: em 1989 falando de Metallica, AC/DC e Guns N' RosesJoey Ramone
Em 1989 falando de Metallica, AC/DC e Guns N' Roses

Iron Maiden: os álbuns da banda, do pior para o melhorIron Maiden
Os álbuns da banda, do pior para o melhor


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.