Resenha - 24th Century - Fates Prophecy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Maurício Gomes Angelo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Se “24th Century” fosse o álbum que o Iron Maiden tivesse lançado no lugar de “No Prayer For The Dying”, certamente os anos 90 teriam sido muito mais gloriosos para a donzela. Eles sempre foram chamados de “Maiden Brasileiro”. Até “Eyes Of Truth” eu considerava isto um disparate. Agora não. Sérgio Faga é, de forma estupidamente óbvia, influenciadíssimo por Bruce Dickinson. E, além disso, sua voz é mesmo parecida com a dele. Isto é ruim? Acho que se assemelhar a um Deus do metal, ou melhor, conseguir isto, não é nada mal. “Hollowman” poderia facilmente estar em “Seventh Son Of A Seventh Son”. Mas “Blessing Way” já é mais Fates Prophecy que qualquer outra coisa.
5000 acessosDave Navarro: conheça a filha atriz pornô do músico5000 acessosSepultura: Pavarotti gravou uma versão de "Roots Bloody Roots"?

“Insomnia” segue gratificando nossos ouvidos, enquanto a faixa título só pode ser definida como “clássica”. Refrão do tipo “vamos todos cantar juntos”, riffs empolgantes, cadenciada e com a levada certa. “Beyond Good And Evil” torna palavras desnecessárias. O Fates Prophecy é uma puta banda de heavy metal, com um ótimo vocalista e instrumentistas inspirados e competentes. Este conjunto produziu um álbum quase-perfeito do limiar hard/heavy, dosando bem o peso, a velocidade e as melodias, encontrando um ponto de equilíbrio fantástico. A produção finalmente está à altura das composições e a concepção gráfica faz jus à atmosfera metálica. E, acredite, “Heart, Faith And Braveness” é a nossa “Rime Of Ancient Mariner”. Existirá elogio maior?

Como bônus, o fidelíssimo cover de “Rock You Like A Hurricane”, do Scorpions, e um vídeo-clip para a faixa “Welcome To The Dark Future”. “24th Century” conta com 9 composições marcantes que colocam o Fates Prophecy como a melhor banda de metal tradicional do Brasil. Ponto. Presença obrigatória no próximo BMU. E tomara que façam uma extensa turnê nacional, e porque não, internacional. Competência de sobra para cair nos braços de toda a nação headbanger. Up The Brazilian Metalheads!

Formação:
Sérgio Fraga (Vocal)
Lely Biscassi (Guitarra)
Paulo Almeida (Guitarra)
Alexandre Ferreira (Baixo)
Sandro Muniz (Bateria)

Site Oficial: www.fatesprophecy.com

Hellion Records – 2005

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de 24th Century - Fates Prophecy

2191 acessosResenha - 24th Century - Fates Prophecy1099 acessosResenha - 24th Century - Fates Prophecy2489 acessosResenha - 24th Century - Fates Prophecy

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Fates Prophecy"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Fates Prophecy"

Dave NavarroDave Navarro
Conheça a filha atriz pornô do músico

SepulturaSepultura
Luciano Pavarotti cantando "Roots Bloody Roots"?

Elvis PresleyElvis Presley
De que ele morreu?

5000 acessosThe Wall - Uma obra de arte conceitual5000 acessosGuns N' Roses: a verdadeira história de "Rocket Queen"5000 acessosMulheres no Rock: resistência em um meio machista5000 acessosSolos de guitarra: os 100 melhores segundo a Classic Rock Magazine5000 acessosMetallica: Segundo Mustaine, James, Cliff e Kirk iam demitir Lars5000 acessosMotley Crue: Sebastian Bach chegou a ser chamado para o vocal

Sobre Maurício Gomes Angelo

Jornalista. Escreve sobre cultura pop (e não pop), política, economia, literatura e artigos em várias áreas desde 2003. Fundador da Revista Movin' Up (www.revistamovinup.com) e da revrbr (www.revrbr.com), agência de comunicação digital. Começou a escrever para o Whiplash! em 2004 e passou também pela revista Roadie Crew.

Mais matérias de Maurício Gomes Angelo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online