Resenha - 24th Century - Fates Prophecy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Após dois CDs e o triste falecimento do vocalista André Boragina, eis que o Fates Prophecy dá a volta por cima e retorna com tudo neste novo álbum. A banda, que carregava o estigma de ser mais um "clone" do Iron Maiden (chegando a gravar "Wasted Years" para um tributo a donzela de ferro) apostou na variedade musical para "The 24th Century", embora o novo vocalista, Sérgio Fraga, por ironia do destino também cante numa das melhores bandas tributo ao Iron do Brasil, a "Children Of The Beast".

Doors: Perguntas e respostas e curiosidades diversasRolling Stone: Os 500 melhores álbuns da história em lista da revista

Mas a banda parece determinada a variar: "Welcome To The Dark Future" tem um acento hard que impressiona, com os bons vocais de Sérgio como destaque. "Hollowman" já é mais influenciada pelo Iron Maiden, principalmente nos riffs dobrados, mas é uma grande faixa, novamente com uma aproximação ao hard rock. O diferencial começa em músicas como "Blessing Way" (altamente cadenciada) e na faixa-título, que aposta num misto de sonoridades orientais com riffs cadenciados.

O restante do álbum é de altíssima qualidade: "Insomnia" é puro heavy metal anos 80, "Beyond Good And Evil" é pesada e rápida (uma das melhores por sinal) e "Unbreakable" é épica e impressionante, com Sérgio bradando "Who Am I, Who is Me?" com garra e energia.

A banda deixou para o final a mais lenta "Hearth, Faith And Braveness" e uma belíssima versão para "Rock You Like a Hurricane" do Scorpions.

O Fates Prophecy driblou todas as adversidades e lançou um grande CD. Agora é dar continuidade a carreira desta talentosa banda, que já sofreu muito, e merece colher os frutos de tanta competência e dedicação.

Formação:
Sérgio Fraga - Vocais
Lely Biscassi - Guitarras
Paulo Almeida - Guitarras
Alexandre Ferreira - Baixo
Sandro Muniz - Bateria

Hellion Records - 2005 (Nacional)


Outras resenhas de 24th Century - Fates Prophecy

Resenha - 24th Century - Fates ProphecyResenha - 24th Century - Fates ProphecyResenha - 24th Century - Fates Prophecy




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Fates Prophecy"


Doors: Perguntas e respostas e curiosidades diversasDoors
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Rolling Stone: Os 500 melhores álbuns da história em lista da revistaRolling Stone
Os 500 melhores álbuns da história em lista da revista


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336