Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagemGene Simmons compartilha tweet com meme da ex-presidente Dilma Rousseff

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemEvanescence coloca baixista no cargo de guitarrista e anuncia nova baixista

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemÍcone do metal é alvo de críticas por tocar com músico condenado por assassinato

imagemDave Mustaine, do Megadeth, inicia vida de youtuber e mostra o ônibus de turnê da banda

imagemMetallica divulga vídeo oficial da clássica "For Whom The Bell Tolls" ao vivo em SP

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemFrank Zappa disse a Steve Vai que ele soava como "um pão com mortadela elétrico"

imagemVocalista do Greta Van Fleet não entende os haters: "parece a p**** de uma religião"


Stamp

Bruce Springsteen: o maior espetáculo da história do Rock in Rio

Por Jorge Felipe Coelho
Fonte: Rádio Catedral do Rock
Em 20/06/20

Em 2013, Bruce Springsteen voltou ao Brasil após 25 anos para brilhar no Rock in Rio junto com sua competente E Street Band. Com 63 anos na época, o "Boss" fez tudo o que um artista pode fazer para colocar sua apresentação em um patamar antológico. A maratona de quase 3 horas de suor escorrendo começou com ele abrindo o espetáculo simplesmente tocando "Rauuuuuul". Bruce fez uma versão de "Sociedade Alternativa", do Raul Seixas, e já começou ganhando o público em uma noite que não era ele o artista mais popular.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bill Ebbesen - Wikimedia
Bill Ebbesen - Wikimedia

O primeiro CD produzido em uma fábrica nos EUA foi Born in the USA, de 1984, o maior clássico e best seller de Bruce. Em determinado ponto da apresentação ele avisou que a noite traria algo especial, pois tocaria o álbum completo para deleite da galera. A esta altura, todos já estavam encantados com o carisma e o vigor físico de um senhor que cantava, dançava, tocava guitarra, brincava com sua banda, chamava o público, esfregava a cara em um balde de gelo e sorria o tempo todo emendando músicas sem cansar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bruce chamou vários fãs ao palco para cantar o hit "Dancing in the Dark", deu o microfone para um menino de 10 anos cantar um trecho de "Waiting On a Sunny Day". Interagiu com a plateia sem parar, conversou em português (lendo um monitor) e desceu até o público para dar as mãos às pessoas. Nenhuma poupança de esforços para agradar e fazer do seu show no festival uma experiência única. A prova de que ele não queria ir embora é a de que os fogos de artifício, que tradicionalmente anunciam o encerramento dos shows no palco principal, foram lançados e Bruce continuou tocando.

O músico escolheu encerrar o show com o astral ainda mais para cima em uma versão da dançante "Twist and Shout", dos Beatles, usando ainda um trecho de "La Bamba", de Ritchie Valens. Como se não bastasse, voltou novamente com um violão para cantar sozinho "This Hard Land". Felizmente tenho esse show guardado em qualidade Full HD para rever sempre que quiser.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É claro que o Queen ficou marcado na história por ter gerado o momento de maior brilho no Rock in Rio de 1985 com o belo coro de vozes em "Love of My Life", mas a proposta dessa pauta é falar verdades, ainda que sejam polêmicas inconvenientes: Bruce Springsteen não fez um show, mas sim uma celebração de amigos, o maior espetáculo da história do Rock in Rio no Brasil.

Leia mais no Boletim do JF, disponível no link abaixo.

https://radiocatedraldorock.com/?p=553

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Os três músicos que estão à altura de James Brown, segundo o próprio

Bruce Springsteen fecha acordo e garante meio bilhão de dólares antes do NatalBruce Springsteen fecha acordo e garante meio bilhão de dólares antes do Natal

Bruce Springsteen: cantor vendeu seus direitos autorais, segundo a BillboardBruce Springsteen: cantor vendeu seus direitos autorais, segundo a Billboard

Beto Alone: A ligação entre o Limp Bizkit, RATM, Springsteen, Beatles e The Who (vídeo)


Capas de álbuns: idosos em casa de repouso recriam artes de clássicos do rock e pop



Sobre Jorge Felipe Coelho

Quando criança, lia as letras dos encartes e ouvia discos de vinil na saleta de casa antes e depois de ir pra escola. Aos 9 anos de idade já tinha ido ao seu primeiro show guitarreiro. Hoje, administrador de formação, colaborou com a Rádio Cult FM, faz o Boletim do JF na Rádio Catedral do Rock e o Podcast Faixa a Faixa do Rock, continuando a ouvir, falar e escrever sobre a sua paixão: o rock n' roll.

Mais matérias de Jorge Felipe Coelho.