Russian Circles: math rock multicamadas, sem medo de pesar

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Roberto Rillo Bíscaro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Russian Circles é um trio norte-americano que existe desde 2005, operando nos subgêneros pós/math rock. Em 2011, seu álbum Empros esteve na lista dos melhores da Ptichfork. A guitarra de Mike Sullivan é cheia de loops, o baixo de Brian Cook é poderoso e de vez em quando Dave Turncrant tem que esmurrar a batera, quando o clima sai da hipnose cinematográfica pós rock para tons prog metal.

Slash: "Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia comporAstros mortos: como estariam alguns se ainda estivessem vivos?

A discografia está no Bandcamp:

https://russiancircles.bandcamp.com/



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Russian Circles"


Slash: Sweet Child é a coisa mais gay que alguém poderia comporSlash
"Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia compor

Astros mortos: como estariam alguns se ainda estivessem vivos?Astros mortos
Como estariam alguns se ainda estivessem vivos?


Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Roberto Rillo Bíscaro é professor universitário e edita o Blog do Albino Incoerente desde 2009.

Mais matérias de Roberto Rillo Bíscaro no Whiplash.Net.