Rick Rubin: produtor volta a comer carne e perde 60 quilos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Artigo original tecido por Stephen Rodrick para a revista Men’s Journal

Imagem
Top 5: Músicas InstrumentaisDimmu Borgir: não faz sentido usar jeans e camiseta branca

O produtor RICK RUBIN [BEASTIE BOYS, SLAYER, METALLICA, BLACK SABBATH] perdeu 60 quilos em 15 meses. Como ele conseguiu isso irá lhe impressionar, inspirar e apavorar.

Ele jura que não perdeu sua melhor parte.

Não que Rick Rubin tenha passado as duas últimas décadas devorando bufês. OK, ele fez isso quando era moleque. Ele também consumia dois litros de Pepsi a cada refeição, mas isso foi há muito tempo atrás. Rubin tornou-se vegetariano aos 23 anos e assim permaneceu até os 46.

Antes disso, ele conta, “Eu não comia nada além de frango e legumes”. Até que um amigo deu a ele a bíblia vegetariana “Diet For A New America” e fez voto de nunca mais comer carne.

Imagem

Ao longo das duas décadas seguintes, ele não comeu carne, mas Rick Rubin chegou a pesar 144 quilos. Parte disso em decorrência de fatores genéticos. Outra por falta de exercícios [Rubin sempre pegava o elevador]. E parte disso por causa de uma profundamente equivocada interpretação da abordagem vegana. Dave, seu motorista, entra na rodovia conosco enquanto seu chefe fala, em um tom delicado de voz, “Eu costumava comer muita manteiga de amêndoa. Eu achava que aquilo fosse bom pra mim. A verdade é que aquilo tem calorias demais.”

Ele está certo: 190 calorias numa colher, sendo 150 delas de gordura. Eu quero perguntar quem disse a ele que comer grandes quantidades de manteiga de amêndoas era bom pra ele, mas Rick me interrompe.

“Dave, você pode me passar um shake de proteína?”

Estamos atrasados, então Dave está ultrapassando carros a 120 km/h. Ele abre um cooler e entrega um copo plástico a Rick. Ele o chacoalha.

“Eu amo esses aqui. Muita proteína. Claras de ovo, um pouco de stévia e café de ervas para dar gosto.”

Eu já ouvi falar em um dos ingredientes.

Rick toma um gole e dá um suspiro de felicidade. “Eu tomo sete desses aqui por dia, então nunca tenho fome. De vez em quando eu misturo com amoras. É uma fruta boa. Eu evito bananas e abacaxis. Eles têm muita sacarose.”

Dave passa por cima de uma guia e estamos no estacionamento. Rick está tão sereno que ele não sente o solavanco. Por anos, ele também não notou sua barriga aumentando. Ele produziu pelo menos seis discos do RED HOT CHILI PEPPERS, e os tarados por festa que se tornaram em obcecados por saúde FLEA e ANTHONY KIEDIS começaram a sugerir a Rick que talvez ele devesse consultar um médico e caminhar de vez em quando.

Imagem

Mas a saúde do produtor não tomou rumo até um almoço-intervenção com um de seus heróis, o lendário executivo da indústria fonográfica MO OSTIN, que disse a ele que ele morreria se não se endireitasse. Rick prometeu ao amigo de 84 anos que ele tentaria tratar a si próprio melhor. De imediato, ele começou a pesquisar dietas.

“Eu apenas comecei a comer carne de novo”, explica Rick. “E ovos. Quando você é vegetariano, você passa seu tempo atrás de proteína, e você está comendo alimentos ricos demais em carboidratos. Eu nunca conseguia ingerir toda a proteína necessária.”

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Metallica
O que o público achou da banda no Lollapalooza?

Top 5: Músicas InstrumentaisMetallica: as dez versões mais inusitadas de "Enter Sandman"Separados no nascimento: Benito de Paula e Kirk HammetTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

Metallica
Veja como soaria o "Justice" com Cliff Burton no baixo

Metallica
Kirk Hammet fala sobre Dave Mustaine e solos

James Hetfield
Lars Ulrich tocava horrivelmente mal, mas era rico

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 01 de março de 2014
Post de 02 de março de 2014
Post de 02 de março de 2014
Post de 03 de março de 2014

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"

Dimmu Borgir
"Não faz sentido usar jeans e camiseta no palco!"

Tommy Lee
Baterista zombou da habilidade de Ulrich no Twitter

CJ Ramone
"Usar camisa dos Ramones por causa da moda é estúpido"

Astros mortos: como estariam alguns se ainda estivessem vivos?Ozzy e Batman: Príncipe das Trevas x Cavaleiro das TrevasMetal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gêneroAll That Metal: Bandas que pagam para abrir showsMachine Head: a experiência de abrir para o MetallicaAC/DC: os atrasos de Axl, Steven Tyler estava na lista

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online