Tradução - 2112 - Rush

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Yuji Mise, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

[2112]

"I lie awake, staring out at the bleakness
of Megadon. City and sky become one, merging
into a single plane, a vast sea of unbroken
grey. The Twin Moons, just two pale orbs as
they trace their way across the steely sky.
I used to think I had a pretty good life here,
just plugging into my machine for the day,
then watching Templevision or reading a Temple
Paper in the evening. My friend Jon always
said it was nicer here than under the atmospheric
domes of the Outer Planets. We have had peace
since 2062, when the surviving planets were
banded together under the Red Star of the Solar
Federation. The less fortunate gave us a few new
moons. I believed what I was told. I thought it
was a good life, I thought I was happy.
Then I found something that changed it all..."

Anonymous, 2112

I. Overture

"And the meek shall inherit the earth."

II. Temples of Syrinx

... "The massive grey walls of the Temples
rise from the heart of every Federation city.
I have always been awed by them, to think that
every single facet of every life is regulated
and directed from within! Our books, our music,
our work and play are all looked after by the
benevolent wisdom of the priests..."

We've taken care of everything
The words you hear the songs you sing
The pictures that give pleasure to your eyes.

It's one for all and all for one
We work together common sons
Never need to wonder how or why.

We are the Priests of the Temples of Syrinx
Our great computers
Fill the hallowed halls
We are the Priests of the Temples of Syrinx
All the gifts of life
Are held within our walls

Look around this world we made
Equality our stock in trade
Come and join the Brotherhood of Man
Oh what a nice contented world!
Let the banners be unfurled
Hold the Red Star proudly high in hand.

We are the Priests, of the Temples of Syrinx
Our great computers
Fill the hallowed halls
We are the Priests, of the Temples of Syrinx
All the gifts of life
Are held within our walls

III. Discovery

... "Behind my beloved waterfall, in the
little room that was hidden beneath the cave,
I found it. I brushed away the dust of the years,
and picked it up, holding it reverently in my
hands. I had no idea what it might be, but it
was beautiful"...

... "I learned to lay my fingers across the wires,
and to turn the keys to make them sound differently.
As I struck the wires with my other hand, I produced
my first harmonious sounds, and soon my own music!
How different it could be from the music
of the Temples!

I can't wait to tell the priests about it! ..."

What can this strange device be?
When I touch it, it gives forth a sound
It's got wires that vibrate and give music
What can this thing are that I found?

See how it sings like a sad heart
And joyously screams out its pain
Sounds that build high like a mountain
Or notes that fall gently like rain.

I can't wait to share this new wonder
The people will all see its light
Let them all make their own music
The Priests praise my name on this night.

IV. Presentation

... "In the sudden silence as I finished playing,
I looked up to a circle of grim, expressionless faces.
Father Brown rose to his feet, and his somnolent voice
echoed throughout the silent Temple Hall."...

... "Instead of the grateful joy that I expected,
they were words of quiet rejection! Instead of praise,
sullen dismissal. I watched in shock and horror as Father
Brown ground my precious instrument to splinters
beneath his feet..."

I know it's most unusual
To come before you so
But I've found an ancient miracle
I thought that you should know

Listen to my music
And hear what it can do
There's something here as strong as life
I know that it will reach you.

Yes, we know it's nothing new
It's just a waste of time
We have no need for ancient ways
The world is doing fine

Another toy will help destroy
The elder race of man
Forget about your silly whim
It doesn't fit the plan.

I can't believe you're saying
These things just can't be true
Our world could use this beauty
Just think what we might do.

Listen to my music
And hear what it can do
There's something here as strong as life
I know that it will reach you.

Don't annoy us further
We have our work to do.
Just think about the average
What use have they for you?

Another toy will help destroy
The elder race of man
Forget about your silly whim
It doesn't fit the plan.

V. Oracle: The Dream

... "I guess it was a dream, but even now it all
seems so vivid to me. Clearly yet I see the
beckoning hand of the oracle as he stood at the
summit of the staircase"...

... "I see still the incredible beauty of the
sculptured cities and the pure spirit of man revealed
in the lives and works of this world. I was overwhelmed
by both wonder and understanding as I saw a completely
different way to life, a way that had been crushed
by the Federation long ago. I saw now how meaningless
life had become with the loss of all these things..."

I wandered home though the silent streets
And fell into a fitful sleep
Escape to realms beyond the night
Dream can't you show me the light?

I stand atop a spiral stair
An oracle confronts me there
He leads me on light years away
Through astral nights, galactic days

I see the works of gifted hands
That grace this strange and wondrous land
I see the hand of man arise
With hungry mind and open eyes

They left the planet long ago
The elder race still learn and grow
Their power grows with purpose strong
To claim the home where they belong
Home, to tear the Temples down...
Home, to change.

VI. Soliloquy

... "I have not left this cave for days now, it has
become my last refuge in my total despair. I have only
the music of the waterfall to comfort me now. I can
no longer live under the control of the Federation,
but there is no other place to go. My last hope is
that with my death I may pass into the world of my
dream, and know peace at last."

The sleep is still in my eyes
The dream is still in my head
I heave a sigh and sadly smile
And lie a while in bed
I wish that it might come to pass
Not fade like all my dreams

Just think of what my life might be
In a world like I have seen
I don't think I can carry on
Carry on this cold and empty life
Oh...no.

My spirits are low in the depths of despair
My lifeblood spills over.

VII. The Grand Finale

Attention all Planets of the Solar Federation
Attention all Planets of the Solar Federation
Attention all Planets of the Solar Federation
We have assumed control.
We have assumed control.
We have assumed control.

[2112]

"Eu deito-me acordado, observando a desolada
Megadon. Cidade e céu tornam-se um só, mergulhando
em um único plano, um vasto mar de cinza infinito.
As Luas Gêmeas, apenas duas esferas pálidas traçando
suas órbitas pelo céu metálico. Eu costumava achar
que tinha uma vida muito boa aqui, ligando a minha
máquina durante o dia, depois assistindo Templovisão
ou lendo um Jornal do Templo durante a noite. Meu
amigo Jon sempre disse que aqui era melhor do que
sob os domos atmosféricos dos Planetas Remotos. Nós
estamos em paz desde 2062, quando os planetas
sobreviventes uniram-se sob a Estrela Vermelha da
Federação Solar. Os que não tiveram sorte nos deram
algumas luas novas. Eu acreditava no que me contavam.
Eu achava que era uma vida boa, eu achava que era
feliz. Então eu encontrei algo que
mudou tudo isso..."

Anônimo, 2112

I. Introdução

"E os humildes herdarão a Terra."

II. Templos de Syrinx

"...As enormes paredes cinzentas dos Templos nascem
do coração de cada cidade da Federação. Eu sempre
fui aconselhado por eles a pensar que cada aspecto
de cada vida é manipulado por dentro! Nossos livros,
nossa música, nossas obras e jogos estão todas sob
custódia da sabedoria benevolente dos
sacerdotes..."

Nós cuidamos de tudo
Das palavras que você ouve, as músicas que você canta
Dos quadros que dão prazer aos seus olhos.

É um por todos e todos por um
Nós trabalhamos juntos, filhos iguais
Nunca precisamos nos perguntar como ou por quê?

Nós somos os Sacerdotes dos Templos de Syrinx
Nossos computadores grandiosos
Enchem os salões sagrados
Nós somos os Sacerdotes dos Templos de Syrinx
Todos os dons da vida
Estão guardados dentro de nossas paredes

Olhe em volta desse mundo que criamos
Igualdade para dar e vender
Venha e junte-se à Irmandade do Homem
Oh, que belo mundo contente!
Que os estandartes sejam abertos
Erga, com orgulho, a Estrela Vermelha ao alto!

Nós somos os Sacerdotes dos Templos de Syrinx
Nossos computadores grandiosos
Enchem os salões sagrados
Nós somos os Sacerdotes dos Templos de Syrinx
Todos os dons da vida
Estão guardados dentro de nossas paredes

III. Descoberta

"... Atrás de minha querida cachoeira, numa
pequena sala escondida embaixo da caverna,
eu o encontrei. Limpei a poeira dos anos e o ergui,
segurando respeitosamente em minhas mãos.
Eu não fazia idéia do que fosse, mas era
lindo...".

"... Eu aprendi a passar meus dedos pelos fios, e
girar as chaves para fazê-los soar diferente. Quando
eu bati nos fios com a minha outra mão, eu produzi
a minha primeira harmonia de sons e, logo, minha
própria música! Esta música é tão diferente das
músicas dos Templos!

Mal podia esperar até contar aos sacerdotes a respeito!...".

O que pode ser este estranho instrumento?
Quando eu tocá-lo, ele fará som.
Ele tem cordas que vibram e dão música
O que será isto que encontrei?

Veja como ele canta como um coração triste
E grita a sua dor com alegria
Sons que se constroem como uma montanha
Ou notas que caem suavemente como a chuva

Mal posso esperar para espalhar esta maravilha
Todas as pessoas verão sua luz
Que eles todos façam sua própria música
Os Sacerdotes honrarão meu nome nesta noite

IV. Apresentação

..."No silêncio repentino quando terminei de tocar, eu
me deparei com um círculo de rostos amargos e inexpressivos.
Padre Brown ergueu-se sobre seus pés, e sua voz sonolenta
ecoou pelo silencioso Salão do Templo...".

..."Em vez da alegria de gratidão que eu esperava,
vieram calmas palavras de rejeição! Ao invés de louvor,
uma triste demissão. Eu assisti chocado e horrorizado
ao Padre Brown reduzindo meu precioso instrumento
a pedaços sob seus pés".

Eu sei que é muito estranho
Chegar perto dos senhores assim
Mas eu encontrei um milagre antigo
Imaginei que os senhores devessem saber

Escutem a minha música
E ouçam o que ela pode fazer
Há algo aqui tão forte quanto à vida
Eu sei que isto os atingirá

Sim, sabemos que não é nenhuma novidade.
É só uma perda de tempo
Não há necessidade de meios antigos
O mundo está indo bem

Mais um brinquedinho irá ajudar a destruir
A velha raça humana
Esqueça estas suas idéias absurdas
Elas não se encaixam ao plano

Eu não acredito no que vocês estão dizendo
Essas coisas simplesmente não podem ser verdade
O nosso mundo poderia usar esta beleza
Apenas pensem no que poderíamos fazer

Escutem a minha música
E ouçam o que ela pode fazer
Há algo aqui tão forte quanto à vida
Eu sei que isto os atingirá

Não nos aborreça mais
Nós temos trabalho a fazer
Pense nos prejuízos
O que você ganhará com eles?

Mais um brinquedinho irá ajudar a destruir
A velha raça humana
Esqueça estas suas idéias absurdas
Elas não se encaixam ao plano

V. Oráculo: O Sonho

..."Eu acho que foi um sonho, mas mesmo agora
tudo parece tão vívido pra mim. Mesmo agora,
eu ainda vejo claramente a mão do Oráculo
acenando para mim do topo da escadaria...".

"Eu vejo ainda a incrível beleza das cidades esculpidas
e o espírito humano mais puro revelado nas vidas e
obras deste mundo. Eu fui dominado por certezas e
incertezas quando vi um estilo de vida completamente
diferente, um estilo que havia sido oprimido pela
Federação tempos atrás. Vejo agora o quão insignificante
a vida se tornou com a perda de todas estas coisas...".

Eu vaguei para casa pelas ruas silenciosas
E caí em um sono repentino
Escapo aos reinos além da noite
Sonho, poderia mostrar-me a luz?

Eu estou no topo de uma escada espiral
Um oráculo me encara ali
Ele me leva embora para anos-luz dali
Através de noites estreladas, dias galácticos.

Eu vejo as obras de mãos talentosas
Que adornam este mundo fantástico e estranho
Eu vejo a mão do homem se erguer
Com uma mente faminta e olhos abertos

Eles deixaram o planeta há muito tempo
E a velha raça ainda aprende e cresce
Seus poderes fortalecem com seus propósitos
Para reivindicar o lar a que pertencem
O lar, para destruir os Templos.
O lar, para mudar...

VI. Monólogo

... "Eu não saio desta caverna já faz dias, ela se
tornou o meu último refúgio no meu desespero total.
Eu tenho apenas a música da cachoeira para confortar-me
agora. Eu não consigo mais viver sob o controle da
Federação, mas não há outro lugar para ir. Minha última
esperança é que, com a minha morte, eu possa ir para
o mundo do meu sonho e, finalmente conhecer a paz".

O sono ainda está nos meus olhos
O sonho ainda está na minha cabeça
Eu deixo escapar um suspiro e um sorriso triste
E deito-me um tempo na cama
Eu queria que isso viesse a ocorrer
Não desaparecer como todos os meus sonhos

Pense só no que a minha vida seria
Num mundo como aquele que eu vi
Eu não acho que eu possa continuar
Continuar vivendo esta vida fria e vazia
Oh... Não!

Meus espíritos estão nas profundezas do desespero
Minha vida se esvai...

VII. O Grande Final

Atenção todos os planetas da Federação Solar
Atenção todos os planetas da Federação Solar
Atenção todos os planetas da Federação Solar
Nós assumimos o controle
Nós assumimos o controle
Nós assumimos o controle

[A Passage to Bangkok]

Our first stop is in Bogota
To check Colombian fields
The natives smile and pass along
A sample of their yield
Sweet Jamaican pipe dreams
Golden Acapulco nights
Then Morocco, and the East
Fly by morning light

We're on the train to Bangkok
Aboard the Thailand Express
We'll hit the stops along the way
We only stop for the best

Wreathed in smoke in Lebanon
We burn the midnight oil
The fragrance of Afghanistan
Rewards a long day's toil
Pulling into Katmandu
Smoke rings fill the air
Perfumed by a Nepal night
The Express gets you there

[Uma Passagem Para Bangcoc]

Nossa primeira parada é em Bogotá
Para checar os campos colombianos
Os nativos sorriem e deixam
Uma amostra de sua colheita
Doces ilusões Jamaicanas
Douradas noites de Acapulco
Depois Marrocos, e o Oriente
Voamos pela luz matinal

Nós estamos no trem para Bancoc
A bordo do Expresso Tailândia
Nós passaremos por estações pelo caminho
Nós paramos apenas pelo melhor

Envoltos por fumaça no Líbano
Nós queimamos o óleo da meia-noite
A fragrância do Afeganistão
Compensa o trabalho de um dia inteiro
Atrativos em Katmandu
Anéis de fumaça tomam o ar
Perfumados por uma noite em Nepal
O Expresso te leva até lá

[The Twilight Zone]

A pleasant faced man steps up to greet you
He smiles and says he's pleased to meet you
Beneath his hat the strangeness lies
Take it off, he's got three eyes
Truth is false and logic lost
Now the fourth dimension is crossed

You have entered the Twilight Zone
Beyond this world strange things are known
Use the key, unlock the door
See what your fate might have in store
Come explore your dreams' creation
Enter this world of imagination

Wake up lost in an empty town
Wondering why no one else is around
Look up to see a giant boy
You've just become his brand new toy
No escape, no place to hide
Here where Time and Space collide

[A Zona do Crepúsculo]

Um homem de rosto amigável sobe para cumprimentá-lo
Ele sorri e diz que está encantado em conhecê-lo
Sob seu chapéu uma estranheza se encontra
Tira-o, ele tem três olhos.
A verdade é falsa e a lógica perdida
Agora a quarta dimensão foi atravessada

Você entrou na Zona do Crepúsculo
Neste mundo coisas estranhas são conhecidas
Use a chave, destranque a porta.
Veja o que o seu destino deve ter reservado
Venha explorar as criações de seus sonhos
Entre neste mundo de imaginação

Acorda perdido numa cidade vazia
Perguntando-se por que não há ninguém em volta
Olha para cima e vê um garoto gigante
Você acabou de se tornar seu brinquedo novo
Não há escapatória, nem lugar para se esconder
Aqui onde o Tempo e o Espaço se colidem

[Lessons]

Sweet memories flashing very quickly by
Reminding me giving me a reason why
I know that my goal is more than a thought
I'll be there when I teach what I've been taught

You know we've told you before
But you didn't hear us then
So you still question why
You didn't listen again

Sweet memories
I never thought it would be like this
Reminding me Just how close I came to missing
I know that this is the way for me to go
You'll be there When you know what I know

[Lições]

Doces lembranças brilhando muito rapidamente
Fazendo-me lembrar, dando-me uma razão.
Eu sei que o meu objetivo é mais que um pensamento
Eu estarei lá quando eu for ensinar o que eu aprendi

Você sabe que nós o avisamos antes
Mas você não nos escutou na ocasião
Então você ainda pergunta por quê
Você não ouviu de novo

Doces lembranças
Eu nunca pensei que seria assim.
Fazendo-me lembrar o quão perto eu cheguei de perder
Eu sei que este é o caminho que devo seguir
Você estará lá quando souber o que eu sei

[Tears]

All of the seasons
And all of the days
All of the reasons
Why I've felt this way
So long
So long

Then lost in that feeling
I looked in your eyes
I noticed emotion
And that you had cried
For me
I can see

What would touch me deeper
Tears that fall from eyes
That only cry?
Would it touch you deeper
Than tears that fall from eyes
That know why?

A lifetime of questions
Tears on your cheek
I tasted the answers
And my body was weak
For you
The truth

[Lágrimas]

Todas as estações
E todos os dias
Todas as razões
Por que eu me senti assim?
Por tanto tempo
Por tanto tempo

Então me perdi naquele sentimento
Eu olhei nos seus olhos
Eu reparei emoção
E que você havia chorado
Por mim
Eu consigo ver

O que me comoveria mais profundamente
Lágrimas que caem dos olhos
Que só choram?
Comoveria você mais profundamente
Do que lágrimas que caem dos olhos
Que sabem por quê?

Uma vida inteira de perguntas
Lágrimas na sua bochecha
Eu experimentei as respostas
E meu corpo estava fraco
Por você
A verdade

[Something For Nothing]

Waiting for the winds of change
To sweep the clouds away
Waiting for the rainbow's end
To cast its gold your way
Countless ways
You pass the days
Waiting for someone to call
And turn your world around
Looking for an answer to
The question you have found
Looking for
An open door
You don't get something for nothing
You don't get freedom for free
You won't get wise
With the sleep still in your eyes
No matter what your dreams might be

What you own is your own kingdom
What you do is your own glory
What you love is your own power
What you live is your own story
In your head is the answer
Let it guide you along
Let your heart be the anchor
And the beat of your own song

[Alguma Coisa Por Nada]

Esperando pelos ventos da mudança
Para varrerem as nuvens embora
Esperando pelo fim do arco-íris
Para espalhar seu ouro pelo caminho
Incontáveis caminhos
Você passa os dias
A esperar pela ligação de alguém
E virar seu mundo de cabeça pra baixo
Procurando por uma resposta para
A pergunta que você fez
Procurando por
Uma porta aberta
Você não consegue alguma coisa por nada
Você não consegue a liberdade de graça
Você não ficará esperto
Com o sono ainda em seus olhos
Não importa o que seus sonhos venham a ser

O que você possui é seu próprio reino
O que você faz é sua própria glória
O que você ama é seu próprio poder
O que você vive é a sua própria história
Na sua cabeça está a resposta
Deixe-a guiá-lo
Deixe que seu coração seja a âncora
E o ritmo de sua própria música




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Álbuns TraduzidosTodas as matérias sobre "Rush"


Rush: Geddy Lee não está pronto para escrever biografiaRush
Geddy Lee não está pronto para escrever biografia

Rush e AC/DC: poucos sabem as verdadeiras formações originaisRush e AC/DC
Poucos sabem as verdadeiras formações originais

Instrumental: dicas de hoje, tributo ao Rush e fusion 80s

Rush: A busca por um timbre é o objetivo de todo guitarristaRush
"A busca por um timbre é o objetivo de todo guitarrista"

Em 12/09/1952: nascia Neil Peart, lendário baterista do RushEm 12/09/1952
Nascia Neil Peart, lendário baterista do Rush

Metallica: Geddy Lee não gosta de metal mas poderia ter produzido o Masters of PuppetsMetallica
Geddy Lee não gosta de metal mas poderia ter produzido o "Masters of Puppets"

Kiss FM: as 500 mais tocadas pela rádio em 2008Kiss FM
As 500 mais tocadas pela rádio em 2008

Rush: Neil Peart fala sobre sua preparação para tocarRush
Neil Peart fala sobre sua preparação para tocar


Metalhead: as mulheres mais sexys do Heavy MetalMetalhead
As mulheres mais sexys do Heavy Metal

Slipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?Slipknot
Como são os membros da banda sem as máscaras?

Ramones: Perguntas e respostas e curiosidadesRamones
Perguntas e respostas e curiosidades

Black Sabbath: Perguntas e respostas e curiosidades diversasBlack Sabbath
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Os Simpsons: bandas de Rock na versão amarelaOs Simpsons
Bandas de Rock na versão amarela

Street Fighter: e se os músicos do grunge entrassem pro game?Street Fighter
E se os músicos do grunge entrassem pro game?

Kerry King: trabalhamos duro para chegar aquiKerry King
"trabalhamos duro para chegar aqui"


Sobre Ricardo Yuji Mise

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336