Rock: Virando um velho moralista. Viva e deixe viver

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Dilan Toñomars
Enviar correções  |  Ver Acessos

Há alguns dias vi um post na internet ou um artigo, não me lembro e desde já peço desculpas ao autor, mas que me fez pensar muito no que estamos nos tornando. Cheguei a conclusão de que não podemos deixar que o Rock'n'Roll se torne um Velho Moralista.

Overkill: mandando recado ao Avenged SevenfoldDane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhor

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nos últimos tempos tem-se visto muito preconceito e julgamento contra fãs do Michel Teló, funkeiros, pagodeiros e etc. Agindo dessa forma estamos esquecendo da essência do Rock: o "viva e deixe viver".

Enquanto criticamos as preferencias músicas e culturais de outras pessoas estamos transformando o nosso movimento (porque sim, o rock não é só um estilo musical, é um estilo de vida) no tipo de pessoas que sempre combatemos "os falsos moralistas".

Ao dizermos que são ruins e condenarmos suas ações estamos fazendo a mesma coisa que os pais fizeram quando viram seus filhos influenciados pelos BEATLES e pelos ROLLING STONES. Como o sistema dita as regras de como nos devemos nos comportar, vestir, agir, pensar...

Nesse processo estamos enterrando toda a obra (lição) da JANIS, do HENDRIX, DOORS e por aí. Sempre lutamos para sermos nós mesmos, conforme nossas vontades, escutarmos e seguirmos a cultura do que acreditamos que pode mudar o mundo: o ROCK, A LIBERDADE.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Criticando e impondo nosso movimento estamos fazendo a mesma coisa, ou seja, estamos nos tornando nosso principal inimigo. Estamos apagando a chama do que realmente, essencialmente o Rock representa: LIBERDADE. Liberdade de expressão, liberdade de escolha, liberdade de agir.

Se o movimento dos funkeiros cometem atos que entendemos como que não bons pra nós, não precisamos e nem devemos criticá-los. Devemos apenas continuar curtindo o nosso Rock n Roll. Se a maior parte da população prefere ouvir as músicas de qualidade duvidosa do Michel Teló, deixem eles curtirem a "vibe" deles e vamos continuar curtindo o nosso Rock'n'Roll.

Se eles acreditam que aquele ou esse movimento é o melhor pra eles devemos apoiá-los, pois o rock é isso, incentivarmos qualquer pessoa a ser ela mesma, e combatermos qualquer pessoa que imponha como deve-se ser.

E assim vamos manter acesa a chama do que sempre acreditamos. Nâo preciamos converter ninguém ao nosso movimento, pois sabemos que não é a pessoa que escolhe o Rock, é o Rock que escolhe a pessoa. Não se torna rockeiro, se nasce rockeiro. Enfim, apenas um desabafo de um rockeiro que teme que o Rock se torne um velho moralista.

Existe uma música do PAUL MCCARTNEY, que foi regravada pelo GUNS'N'ROSES que fala assim: "Quando você era jovem, e seu coração era um livro aberto, você costumava dizer "Viva e deixe viver"...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Opiniões

Overkill: mandando recado ao Avenged SevenfoldOverkill
Mandando recado ao Avenged Sevenfold

Dane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhorDane-se Bruce Dickinson
Simone Simons no metrô é muito melhor


Sobre Dilan Toñomars

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline