AYIN: frontman rebate declaração negativa de Edu Falaschi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ludimila Sicsú, Fonte: Abner Ramires
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 11/11/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O vocalista e guitarrista da banda AYIN (Technical Death Metal), Abner Ramires publicou em seu blog pessoal um contraponto às afirmações recentemente noticiadas a respeito do comportamento dos brasileiros que fazem parte do cenário Metal em relação às bandas nacionais. Segue a análise crítica do músico na íntegra:

628 acessosAngra: Uma rara versão acústica de "Carry On" com Andre Matos5000 acessosMonsters of Rock: a feijoada que quase derrubou King Diamond

“Enquanto as pessoas se preocupam com o Edu Falaschi estar certo ou não, muita gente continua a vida no heavy metal – que ao contrário do que foi dito, VIVE!!! Seja ele o heavy tradicional, melódico, extremo, moderno, etc.

Muita gente está me perguntando o que acho a respeito, e não discordo das palavras do Edu que, embora exageradas, têm profunda verdade nos fatos.

Porém, dizer que tudo está morto é falso. Se está morto, porque ainda existem bandas? O fato é que nem todos fazem só pelo dinheiro! Shows, apoio, tudo verdade. Agora, não é porque o estilo do indivíduo e de sua banda está em decadência que o Brasil está morto no Metal!

Não vejo, e nunca vi o Krisiun reclamar de “cena morta”. Nem Korzus, nem Torture. Que, aliás, são bandas que o Edu nem fez questão de citar. E pasmem, existem muito mais bandas que estas. É claro, todos sabem! Não estou questionando o Edu ou sua banda. Mas sim, o fato de todos estarem apoiando uma notícia que NÃO É NOVA! Esta situação não é de hoje! Ele sente isso hoje, mas isso acontece desde sempre! Então, porque as pessoas em geral não discutem isso desde sempre!? Isto está virando ativismo utópico!

Jovem, você quer glamour? Tá na roda errada! Observe a situação econômica de seu país, a realidade musical que você está ativo. Poucos têm condições de ir a todos os shows que aparecem. Eu mesmo vou quando posso (R$)!! Quem tem família, filhos, aprende que a pouca grana que se tem, tem que ser muito bem administrada.

Quer jogar comercialmente, viva comercialmente. Não tente impor utopias às pessoas e não defeque pela boca! O que mais temos são bandas de excelente qualidade, ATIVAS, e com seu espaço e público (entenda público como APOIO). Se você tem pouco apoio é porque você tem pouco público. Reveja suas atitudes!

O mundo muda, e as pessoas parecem não enxergar! “Ah… acabou Angra, acabou Sepultura, acabou o metal no Brasil?” Obvio que não! É preciso ter maturidade para enxergar que existem muitos fatores envolvidos! Um deles está nas bandas. Enquanto não se dedicarem a correr atrás do seu e não ficar visando ser como Angra, ou Sepultura, ou Krisiun… nada mudará mesmo!

Não é uma questão de disputa. É uma questão de espaço. E cada um tem o seu, cada um tem o espaço que conquista! Então, trabalhem mais, discutam menos! Há muito a ser conquistado ainda! Por cada um de nós: público, bandas e produtores!

A questão não é o quanto você gasta pra fazer um disco, mas sim o que você pretende com ele. Afinal, você não faz acordo com o publico: ”Oh, gastei XR$ no disco, então vocês têm que comprar pelo menos X unidades, ok?”. Você faz o disco porque quer, e ninguém é obrigado a apoiar. Conquiste o seu apoio, conquiste o seu público e o seu espaço!

Enfim, o que penso é isso. Ninguém é obrigado a engolir o metal! Assim como ninguém é obrigado a engolir o funk carioca ou a batucada do mangue!

Quem sou eu pra falar isso? NINGUÉM!! Mas só o fato de curtir, acompanhar, apoiar e tentar algo no metal me torna livre para expor o que penso!

Viva o metal nacional, que está mais vivo do que nunca!!

Grato,

AbnerRamires”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Angra: a declaração polêmica de Edu Falaschi

5000 acessosEdu Falaschi: desabafo e declaração polêmica de vocalista5000 acessosEdu Falaschi: desabafo é legítimo e uma cortina de fumaça5000 acessosAngra: Kiko Loureiro discorda das declarações de Edu5000 acessosHangar: "Sinceramente não concordo com Edu Falaschi"5000 acessosShadowside: Dani Nolden não concorda com Edu Falaschi5000 acessosKiko Loureiro: guitarrista discorda de declarações de Edu5000 acessosEdu Falaschi: comentando opinião de Kiko Loureiro5000 acessosEdu Falaschi: uma pesquisa sobre o underground brasileiro5000 acessosCena nacional: o guitarrista Bill Hudson dá a sua opinião5000 acessosShaman: "Dia do Metal" perdeu o glamour depois do Falaschi4215 acessosViolator: Pedro Poney comenta declarações de Edu Falaschi0 acessosTodas as matérias sobre "Angra: a declaração polêmica de Edu Falaschi"

AngraAngra
Rafael comenta nova fase, novo álbum e legado da banda (vídeo)

628 acessosAngra: Uma rara versão acústica de "Carry On" com Andre Matos878 acessosAngra: Fabio Lione tem poderes! (making of do novo álbum)1954 acessosLione: "Nos últimos anos não vi novas bandas com ideias legais"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

KrisiunKrisiun
"Edu Falaschi não viveu o underground"

Edu FalaschiEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Kiko LoureiroKiko Loureiro
"Alemanha, que sirva de exemplo para nós"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Angra: a declaração polêmica de Edu Falaschi"0 acessosTodas as matérias sobre "Ayin"0 acessosTodas as matérias sobre "Edu Falaschi"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Monsters of RockMonsters of Rock
A feijoada que quase derrubou King Diamond

VelocidadeVelocidade
Top 10 de músicas de Metal para ser multado

MegadethMegadeth
Fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo

5000 acessosCourtney Love: ajudando a resolver os maiores mistérios do mundo5000 acessosSexo e Satã: as mensagens subliminares em capas de Rock / Metal5000 acessosRockstars: as esposas mais lindas do rock - 1ª parte5000 acessosDavid Lee Roth: Cocaína, putaria e mais cocaína5000 acessosSteven Adler: memórias perdidas com Lars Ulrich e John 55000 acessosAC/DC e Guns: Incontinência urinária de Slash bêbado ajudou na escolha de restaurante

Sobre Ludimila Sicsú

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online