Metallica: Ulrich explica Master of Puppets, "Instintivo" e "Impulsivo"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Bravewords, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Honrando a entrada de Master Of Puppets no registro nacional de discos da biblioteca do congresso, uma entrevista foi conduzida com o baterista do METALLICA, Lars Ulrich, em 27 de maio. Um trecho está disponível abaixo.

Dimebag Darrell: namorada fala sobre a vida e a morte do músicoO tempo, ah o tempo!: rockstars nos anos oitenta e hoje

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

LOC: Enquanto você se preparava para fazer o álbum Master Of Puppets, você tinha algo específico que queria fazer de forma diferente de seu último lançamento na época, 'Ride The Lightining' de 1984?

Ulrich: "Eu acho que olhar para trás, para esses discos e aqueles anos, eles são todos muito instintivos. E nós temos sorte de termos começado muito cedo. Nós fizemos nosso primeiro disco aos 19 anos, nosso segundo aos 20. Então nós tínhamos 21 quando fizemos Master Of Puppets. Nós éramos muito impulsivos. Acho que não pensamos muito sobre isso, ou tentamos intelectualizá-lo."

"Eu acho que a maior diferença entre o primeiro álbum, 'Kill 'Em All', e quando nós fizemos 'Master of Puppets', é que nós adicionamos dois compositores e músicos à banda e eles eram bem talentosos. Eles trouxeram um tipo diferente de bagagem educacional e perspectiva. Isso abriu nossos horizontes. Pudemos jogar nossa rede mais aberta, por assim dizer, criativamente. Nós podíamos olhar as coisas de forma diferente e experimentar ainda mais. Nós tivemos, mais cedo, nós achamos uma dinâmica e um equilíbrio com os primeiros discos e continuamos isso em 'Master Of Puppets'. Eu acho que em 'Master Of Puppets' nós já estávamos mais confortáveis para trabalhar com diferentes melodias, tentar algo acústico, até mesmo tentar baladas. Eu acho que nós tivemos esse alcance mais dinâmico. Foi isso que o álbum trouxe para nós."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"


VH1: 100 melhores músicas de hard rock de todos os temposVH1
100 melhores músicas de hard rock de todos os tempos

Metallica: Músicos falam sobre a importância da bandaMetallica
Músicos falam sobre a importância da banda


Dimebag Darrell: namorada fala sobre a vida e a morte do músicoDimebag Darrell
Namorada fala sobre a vida e a morte do músico

O tempo, ah o tempo!: rockstars nos anos oitenta e hojeO tempo, ah o tempo!
Rockstars nos anos oitenta e hoje


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adGoo336