Threatin: banda marcou turnê usando falsos likes do facebook brasileiro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Stereogum, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Bandas que compram curtidas nas redes sociais e visualizações em vídeos não são uma coisa nova. Mas a banda Threatin, de Los Angeles, levou a coisa um patamar adiante, pois maquiou a existência de uma banda com vídeos falsos de apresentações ao vivo, inventou promotores e gravadoras e criou toda uma base de fãs para agender uma turnê pela Europa, com datas onde ninguém está indo, por razões óbvias.

Motorhead: a gafe nazista de Lemmy em NurembergGaleria: Musas do Rock e Heavy Metal

Tudo começou quando a turnê se iniciou em Londres num local onde a banda havia informado que 300 ingressos foram vendidos mas apenas 3 pessoas apareceram! Em seguida, outro show em Bristol com 180 ingressos teoricamente vendidos mas com meia dúzia de gatos pingados na plateia, todos convidados da banda de abertura. E quando o pessoal do lugar do show foi checar com mais atenção, percebeu que as centenas de pessoas que confirmaram presença no facebook são do Brasil! E não somente isto, mas constatou-se que os comentários nos vídeos do youtube são feitos por bots - e, falando nos vídeos, eles mesclam cenas da banda no palco com uma plateia vibrante mas que, analisado com cuidado, não estão no mesmo lugar!

O Metalsucks falou com Adam Gostick, membro da banda The Unresolved, que abriu o show do Threatin em Bristol:

"Então, minha banda The Unresolved tocou na noite passada no The Asylum em Birmingham. No dia anterior (7 de novembro) recebemos uma mensagem do Ghost Of Machines explicando que não havia ninguém no show de Bristol, eles acreditavam que tinham sido enganados pelo agente da banda. Falamos com o The Asylum e eles nos disseram que tinham dito para eles que o show estava esgotado, mas depois de checar as vendas eles viram que não tinha sido vendido nada. O Asylum acabou tornando o evento entrada gratuita.

Recebemos um e-mail com o assunto 'Oferta de show' de alguém que se chama Casey da tal Stage Right Bookings. Ele nos ofereceu o show e elogiou tremendamente o Threatin. Eu achei que os caras estavam vindo de fora e não tinham pensado anteriormente em uma banda de abertura. Pelo que posso dizer, Threatin é o cara e não a banda. Seu nome é Jered Threatin e ele diz ser um artista solo com uma banda contratada. Eles faziam a passagem de som quando chegamos. Durante toda a noite, Threatin não se aproximou ou falou com ninguém que não fosse de sua própria equipe. Numa delas ele disse um pálido 'obrigado' quando eu mantive uma porta aberta pra ele passar. No geral, o pessoal envolvido com ele é bem rude e ignorante.

Havia treze pessoas quando tocamos. O engenheiro de som, o barman, dez pessoas que foram conosco e uma única que comprou ingresso".

No dia seguinte, os organizadores do The Asylum postaram o seguinte comentário:

"Tivemos um show noite passada onde o vocalista disse pra todos que vendeu 150 ingressos (lotação total) de nosso pequeno espaço, mas na verdade ele vendeu apenas um ingresso. Isto serve pra mostrar como funciona entrar na lista negra e aconselhamos que ninguém minta sobre vendas".

Para se ter uma ideia do quão longe Jered levou a coisa, o mesmo Metalsucks mostrou em outra matéria que a empresa de agenciamento e gravadora citada por ele são completamente fake, embora na página oficial que conta sua história conste que ela foi fundada em 1964 e atravessou todos estes anos na ativa.

Curiosamente na mesma página oficial, em outro ponto, aparece uma outra história completamente diferente, constando que a tal gravadora foi criada em 2010, e que já lançou mais de 200 álbuns que juntos venderam dez milhões de cópias.

Como se não bastasse tudo isto, há ainda uma falsa agência de notícias chamada Top Rock Press, há algum tempo sem atualização mas que, de acordo com o MetalSucks, copiava descaradamente notas de outros sites. E, procurando, devem existir muitas outras coisas...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Threatin"


Motorhead: a gafe nazista de Lemmy em NurembergMotorhead
A gafe nazista de Lemmy em Nuremberg

Galeria: Musas do Rock e Heavy MetalGaleria
Musas do Rock e Heavy Metal

Separados no nascimento: Geddy Lee e Marquito do RatinhoSeparados no nascimento
Geddy Lee e Marquito do Ratinho

Deuses do Rock: o tempo passa para (quase) todos elesDeuses do Rock
O tempo passa para (quase) todos eles

Tradução: The Dark Side Of The Moon, do Pink FloydTradução
The Dark Side Of The Moon, do Pink Floyd

Por pouco: 11 Rockstars que quase morreramPor pouco
11 Rockstars que quase morreram

Metallica: e se Hardwired e Moth Into Flame fossem do ... And Justice For All?Metallica
E se "Hardwired" e "Moth Into Flame" fossem do "... And Justice For All"?


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336