RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Ted Nugent: ele questiona por que o mundo não parou entre Covid-1 e Covid-18

Por Igor Miranda
Postado em 09 de abril de 2021

O guitarrista Ted Nugent, conhecido por suas opiniões associada à direita política e ao conservadorismo, fez um questionamento pouco reflexivo com relação à pandemia de Covid-19. Ao criticar restrições impostas à realização de shows no momento atual, o músico perguntou por que o mundo não parou entre a Covid-1 e a Covid-18.

Ted Nugent - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As doenças citadas por Nugent, claro, não existem. A Covid-19 recebeu esse nome por ser uma sigla de "Coronavirus Disease 2019" (algo como "Doença do Coronavírus de 2019"), em alusão ao ano em que foi descoberta.

Ainda assim, Ted trouxe o questionamento para uma transmissão ao vivo feita em seu perfil no Facebook, com falas transcritas pelo site Blabbermouth. O músico abordou o assunto após revelar que sua próxima turnê havia sido cancelada novamente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"As produtoras não nos deixarão fazer turnê novamente neste ano. Cretinos sujos, mentirosos, golpistas, medrosos com a Covid-19. Sou viciado na verdade, na lógica e no senso comum. E meu senso comum exige que eu pergunto: por que não paramos tudo da Covid-1 à Covid-18?", disse.

Em seguida, o guitarrista afirmou: "Havia uma Covid-1 e havia uma Covid-2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18 e nada foi fechado. Mas, uau, a Covid-19 fechou, mesmo que tenha 99,8% de índice de sobrevivência".

Novamente, há uma informação improcedente compartilhada: nenhuma fonte aponta a Covid-19 com índice de sobrevivência de 99,8%. Mais de 2,9 milhões de pessoas morreram entre 133,7 milhões de infectados, o que representaria 97,8% de casos supostamente curados, mas mesmo esses dados não podem ser considerados de forma literal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Existem outras variáveis que interferem nesse suposto "índice de sobrevivência", que sequer é considerado por cientistas. O primeiro é que a doença se manifesta de forma diferente em cada sistema, logo, um índice geral não poderia ser aplicado a toda a população mundial porque há casos e casos.

Além disso, especialistas apontam que há subnotificação de casos e de mortes por Covid-19 em diversos países, que as variantes podem intensificar o quadro de óbitos e que mesmo os pacientes curados da doença podem desenvolver sequelas, podendo levar à morte por causas relacionadas - uma em cada três pessoas curadas são diagnosticadas com problemas neurológicos ou psiquiátricos, segundo estudo recente da revista especializada The Lancet Psychiatry.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ted Nugent ainda comparou a Covid-19 com outras doenças que causaram epidemias ou pandemias. "Por que não fechamos para a epidemia de Aids, de gripe, de gripe espanhola, de gripe aviária, de gripe do Nilo Ocidental ou de influenza anualmente?", questionou.

Como em outras ocasiões, o guitarrista voltou a declarar que a contagem oficial de casos de Covid-19 estaria inflada. Mais uma informação que é colocada em dúvida por especialistas, que defendem, na verdade, a hipótese de subnotificação.

"Eles dizem que 500 mil pessoas morreram de Covid-19. Besteira. Acredito que os legistas em todos os 50 estados dos Estados Unidos fazem tipo: 'coloquei no atestado de óbito que ele morreu de asfixia, mas me obrigaram a colocar Covid'. 'Bem, esse cara foi esfaqueado até a morte, mas eles me fizeram colocar Covid'. 'Esse cara foi atropelado por um caminhão duplo de cascalho fazendo uma derrapagem nas quatro rodas e os corvos bicando sua carne, mas eles me fizeram colocar Covid-19'", declarou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O vídeo pode ser conferido na íntegra pelo Facebook.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS