Matérias Mais Lidas

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemKerry King explica por que não assumiu o posto de guitarrista do Megadeth

imagemVeja diz que David Coverdale só passa vergonha nas redes sociais

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemMike Portnoy e a música do Rush que virou um grande sucesso do Guns N' Roses

imagemCinco álbuns que serão lançados no segundo semestre de 2022 e merecem a sua atenção

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemSlash explica por que rejeitou Corey Taylor no Velvet Revolver

imagemNergal diz que Behemoth é mais que anti-religião e emociona-se com LGBTQ e aborto

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"

imagemCinco músicas que são covers, mas você acha que são as versões originais - Parte 2

imagemO dia que filhos dos Titãs foram retirados de show e Nando Reis quase foi preso

imagemPaul Di'Anno recebe autógrafo de Rivellino e fica feliz da vida; "Te vejo ano que vem?"


Stamp

A visão de Herbert Vianna sobre seu pai ter sido piloto da Força Aérea na ditadura

Por Gustavo Maiato
Em 19/02/22

Não é novidade que Herbert Vianna sempre teve um grande amor pela aviação e que isso, infelizmente, o levou a ficar paraplégico após um acidente aéreo com a aeronave em que pilotava em 2001. Esse fascínio pelos aviões veio de seu pai, que era piloto da Força Aérea durante a ditadura.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista concedida em 1995 para o programa Roda Viva, o vocalista do Paralamas do Sucesso foi convidado a refletir sobre essa relação com o pai e como a imagem de militar era passada em sua casa.

"Você é filho de militar. Você cresceu em um cenário em que os militares tinham uma presença muito grande no cenário brasileiro. Hoje, o que vemos dos militares no jornal são coisas patéticas. Eles reclamam de salário e tudo mais. Como você viveu isso na sua casa? Como essa transformação do ambiente militar chegou até você?", perguntou um dos apresentadores do programa.

Em sua resposta, Herbert Vianna deixou claro que sua relação com seu pai sempre foi muito boa. Ele também disse que foi ele quem o ensinou a pilotar e realizar acrobacias aéreas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O meu pai é uma pessoa muito importante para mim. Uma pessoa muito importante na minha vida e também um ser humano espetacular. Ele tem um senso de justiça e capacidade de ajudar que é impressionante. Ele já fez sacrifícios para ajudar pessoas humildes. Ele é um aviador antes de ser militar. É um piloto e tem no sangue, assim como eu, o amor pela aviação e o fascínio por um objeto voando. Um piloto muito bom. Agora, ele não está na Força Aérea, mas antes ele me levava escondido em aviões militares para me ensinar a voar e fazer acrobacias", explicou.

Em outro ponto, Herbert Vianna disse que nunca chegou a ele a imagem de que o pai estivesse de alguma forma relacionado com o Regime Militar. "Nós morávamos em Brasília na época da Revolução. Meu pai foi preso, lembro dos tanques nas ruas. Mas nunca chegou dentro de casa a imagem de um militar ou uma pessoa que fosse participante de um regime ou de uma coisa como a que aconteceu no Brasil. Para mim, ele sempre foi um ser humano exemplar. Agora, meu pai era Capitão da Força Aérea. Hoje, um Capitão não tem a mesma condição. A quantidade de pessoas intelectualmente preparadas que não estão mais optando por uma carreira de oficial está aumentando, então o nível vai caindo. Você vê como são as bases aéreas e os aviões. Não tem nem combustível. O padrão do oficial militar vejo que foi caindo", concluiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira a entrevista completa abaixo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net



publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Gustavo Maiato

Jornalista, fotógrafo de shows, youtuber e escritor. Ama todos os subgêneros do rock e do heavy metal na mesma medida que ama escrever sobre isso.

Mais matérias de Gustavo Maiato.