Hellish War: uma banda mostrando maturidade

Resenha - Keep it Hellish - Hellish War

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vicente Reckziegel
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

Tempos atrás tive a oportunidade de resenhar o primeiro disco do Hellish War, "Defender of Metal". E agora realizo o mesmo com "Keep it Hellish", mais recente disco de estúdio da banda. E é salutar notar a evolução da banda em todos esses anos. Não cometendo o sacrilégio de criticar um disco que pode se chamar de "cult", mas a verdade é que "Keep" possui melhor produção, melhores letras e composições igualmente marcantes e mais maduras que seu debut.

Gigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000AC/DC: os últimos dias do vocalista Bon Scott

Com uma formação bem diferente do Debut (apenas a dupla de guitarristas permanecem na banda) o que já é algo comum nas bandas do estilo, visto as dificuldades inerentes a todas as bandas que se dispõem a tocar e espalhar o Rock e o Metal em nosso país, sempre tão carente de cultura e de oportunidades para aqueles que circulam pelo underground, o quinteto paulista continua a destilar seu Heavy Metal tradicional (eu diria tradicionalíssimo), em mais um disco que merece muito mais aplausos que apupos.

O disco já inicia com a ótima faixa-título, na qual os vocais iniciais de Bil Martins se parecem muito com Paul Stanley (Kiss). Algumas faixas investem naquele Metal bem tradicional, de muitos riffs, solos e refrão marcante, como os casos de "Reflects on the Blade", "Fire and Killing" e "Darkness Ride" (não deixem o inicio acústico ludibriar vocês). E grande destaque também para a derradeira e épica "The Quest", com um certo ar dos últimos trabalhos do Maiden, e um desfecho perfeito para o álbum.

Certamente que "Keep it Hellish" é mais um belo capitulo na historia de duas décadas do Hellish War, e igualmente é a promessa que a batalha continua sempre e sempre.

Com essa resenha, encerro temporariamente as atividades, após mais de cinco anos de resenhas/entrevistas com centenas de bandas nacionais e internacionais. Por razões particulares, os próximos meses serão de novos planos, novos objetivos. Mas tudo sempre acompanhado da música que continua a mover o mundo de todos que aqui frequentam...

Formação:
Bil Martins - Vocais
Vulcano - Guitarras
Daniel Job - Guitarras
JR - Baixo
Daniel Person - Bateria

10 Faixas - 67:52

Tracklist:
1. Keep It Hellish 05:14
2. The Challenge 06:06
3. Reflects on the Blade 06:27
4. Fire and Killing 07:27
5. Masters of Wreckage 05:57
6. Battle at Sea 05:11 instrumental
7. Phantom Ship 08:02
8. Scars (Underneath Your Skin) 07:12
9. Darkness Ride 06:47
10. The Quest 09:29


Outras resenhas de Keep it Hellish - Hellish War

Hellish War: Sem dúvidas o melhor disco do estilo até entãoHellish War: No topo do heavy nacionalHellish War: Se tornará outro clássico do Metal brasileiro




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Hellish War"


Gigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000Gigwise
As capas mais polêmicas dos anos 2000

AC/DC: os últimos dias do vocalista Bon ScottAC/DC
Os últimos dias do vocalista Bon Scott

Metal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômitoMetal Hammer
Dez capas que provocam ânsia de vômito

Humor: Você sabe que o rock está moderninho quando...Humor
Você sabe que o rock está moderninho quando...

Corey Taylor: não comprem a playboy da Lindsay LohanCorey Taylor
"não comprem a playboy da Lindsay Lohan"

Guns N' Roses: Del James relembra turnê dos Illusions no TwitterGuns N' Roses
Del James relembra turnê dos Illusions no Twitter

Meshuggah: A linda tatuagem nas costas da modelo russa Olga BellemorMeshuggah
A linda tatuagem nas costas da modelo russa Olga Bellemor


Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336