Hellish War: No topo do heavy nacional

Resenha - Keep it Hellish - Hellish War

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 9


Qualidade é uma palavra que combina perfeitamente com o novo disco da Hellish War, uma das melhores aulas de Heavy Metal de 2013. Sim, a resenha já começa com essas verdades. Parece que com a atual formação, os campineiros acertaram em cheio no bom gosto. E claro, os quase vinte anos de estrada também só acrescentaram o tempero picante ao material.

Burzum: A polêmica história e filosofia de Varg VikernesFotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron Maiden

E falando em Heavy, é bom deixar transparente: o estilo é tradicionalíssimo, sem nenhum exagero em melodias ou em elementos virtuosos. É o básico - veja bem, entenda-se por básico algo altamente técnico, ok? -, onde o menos é mais.

A primeira faixa, que dá título ao CD, tem tudo para se tornar um clássico da banda. Mas o registro também conta com outras memoráveis, como a bela "Fire and Killing", "Phantom Ship" (obra-prima) ou "Masters of Wreckage" (que solo fantástico!), por exemplo.

Repetitivo? Cansativo? NEM A PAU! Ao contrário, é criativo, diversificado e instigante, com uma gravação excepcional, composições de alto nível e peso na medida certa.

Para constar: o novo vocalista, Bil Martins, se dá muito bem em sua estreia e enriquece as músicas do quinteto, completado por JR (baixo), Daniel Person (bateria), Vulcano (guitarra) e Daniel Job (guitarra/teclado). Não há exageros em sua forma de cantar.

Curiosidade: a capa, assinada por Eduardo Burato, que tem sido parceiro da banda em todos os álbuns, traz de volta o guerreiro do primeiro 'full' dos caras. Bacana, né?

É isso aí, o Brasil exporta um grande nome do Heavy Metal - fizeram turnê na Europa em outubro, onde o novo disco também foi lançado. Está na hora desses caras explodirem de vez e terem seu trabalho brilhante melhor reconhecido. No topo do estilo, sem sombra de dúvida!

Hellish War - Keep it Hellish
Voice Muisc - 2013 - Brasil

Tracklist:

1. Keep It Hellish 05:14
2. The Challenge 06:06
3. Reflects on the Blade 06:27
4. Fire and Killing 07:27
5. Masters of Wreckage 05:57
6. Battle at Sea 05:11 instrumental
7. Phantom Ship 08:02
8. Scars (Underneath Your Skin) 07:12
9. Darkness Ride 06:47
10. The Quest 09:29
Total: 01:07:52


Outras resenhas de Keep it Hellish - Hellish War

Hellish War: Sem dúvidas o melhor disco do estilo até entãoHellish War: uma banda mostrando maturidadeHellish War: Se tornará outro clássico do Metal brasileiro




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Hellish War"


Burzum: A polêmica história e filosofia de Varg VikernesBurzum
A polêmica história e filosofia de Varg Vikernes

Fotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron MaidenFotos de Infância
Bruce Dickinson, do Iron Maiden

CD vs Vinil: não diga que o som do vinil é melhor - porque não éCD vs Vinil
Não diga que o som do vinil é melhor - porque não é

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rockUltimate Classic Rock
Os 100 maiores clássicos do rock

Musas: Algumas das beldades do Rock e Metal nacionalMusas
Algumas das beldades do Rock e Metal nacional

Bob Dylan: as (únicas) 10 músicas dele que você precisa conhecerBob Dylan
As (únicas) 10 músicas dele que você precisa conhecer

Lemmy no Grammy: um tributo digno com Alice Cooper, Johnny Depp e Duff McKaganLemmy no Grammy
Um tributo digno com Alice Cooper, Johnny Depp e Duff McKagan


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336