Brutallian: revelação do metal tradicional nacional

Resenha - Blow On The Eye - Brutallian

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá, Fonte: Entrou na Sala
Enviar Correções  

9

Mais uma grande revelação vinda do Maranhão, o BRUTALLIAN, de São Luís, é sem dúvida uma das bandas nacionais mais legais que conheci recentemente. Com um metal tradicional que mescla influências da escola mais antiga, com outras mais modernas, os caras criaram um trabalho pesado e intenso, que sem dúvida tem todos os predicados para cair nas graças dos fãs do estilo.

Paula Fernandes: aos 19 anos ela ia em shows de Black Metal

Slipknot: Corey explica as nojentas desvantagens das máscaras

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E ouvindo esse debut dos caras, são perceptíveis influências diretas de bandas como JUDAS PRIEST (na fase entre os álbuns "Painkiller" e "Demoliton"), ACCEPT atual, FIGHT, ANTHRAX e ICED EARTH, e com uma certa pegada que até chega a lembrar alguns nomes mais atuais do power metal, como BRAINSTORM e INMORIA, em especial pelo peso das composições. Todavia, felizmente, a banda usa essas influências de forma serena e coesa, sem soar como mera cópia de grupo algum, tendo bastante personalidade e maturidade em suas composições.

Com guitarras precisas, cheias de riffs pesados e com muito groove, além de uma cozinha técnica e matadora, instrumentalmente a banda se mostra coesa, com várias nuances melódicas interessantes e que cativam o ouvinte com facilidade. Já o vocalista Pablo Barros tem uma voz forte e potente, totalmente coerente com a sonoridade da banda.

Além disso, a produção do álbum, que ficou a cargo de Felipe Hyily e Cid Campelo, é excelente, deixando o peso bem na cara, em especial devido aos ótimos timbres de guitarra escolhidos, e à perfeita mixagem e masterização.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assim, com o presente trabalho, a banda se coloca ao lado do SYREN como as melhores bandas do estilo no país, se mostrando pronta inclusive para atingir o mercado internacional, onde certamente terá muito mais oportunidades do que aqui, neste país onde a qualidade musical é pouco apreciada pela mídia e pelo público em geral.

Blow on the Eye - Brutallian
(Voice Music - 2015)

1. A Prelude to Agression
2. Blow on the Eye
3. Black Karma
4. Primal Sigh
5. Psycho Excuse
6. You Can t Deny Hate
7. Hell Is Coming with Me
8. I, the Scoundrel
9. Pain Masterpiece


Outras resenhas de Blow On The Eye - Brutallian

Resenha - Blow On The Eye - Brutallian

Resenha - Blow On The Eye - Brutallian

Resenha - Blow On The Eye - Brutallian

Resenha - Blow On The Eye - Brutallian

Resenha - Blow on the Eye - Brutallian




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Paula Fernandes: aos 19 anos ela ia em shows de Black MetalPaula Fernandes
Aos 19 anos ela ia em shows de Black Metal

Slipknot: Corey explica as nojentas desvantagens das máscarasSlipknot
Corey explica as nojentas desvantagens das máscaras


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280