Angra: Retornando das cinzas com trabalho digno de discografia

Resenha - Secret Garden - Angra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá, Fonte: My Guitar
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


E mais uma vez o ANGRA ressurge das cinzas. Após um período conturbado, no qual a banda lançou os dois piores discos da sua carreira, teve várias mudanças de formação, e enfrentou vários outros problemas, finalmente vemos o quinteto ressurgir com uma nova formação, e lançando um ótimo trabalho, assim como fora na época de “Rebirth”, após a cisão da formação original do grupo.
3761 acessosAngra: "Uma rapazeada bonita, mas nenhum foi bonzinho"5000 acessosMetallica: a lista de exigências da banda em 1983

Trazendo como novidades o jovem baterista Bruno Valverde, além do consagrado vocalista Fabio Lione (RHAPSODY OF FIRE, VISION DIVINE, HOLLOW HAZE), além da dupla fundadora Kiko Loureiro e Rafael Bittencourt, e do baixista Felipe Andreoli, o ANGRA nos brinda com um ótimo disco, o melhor de desde “Temple of Shadows”, e que tem tudo para recolocar a carreira do quinteto nos trilhos.

Com a dupla Rafael e Kiko inspirada, tanto nas composições como nas execuções, temos aqui um disco maduro e diferenciado, que traz latentes todas as características conhecidas da banda, e engloba novas, em especial um clima mais introspectivo e obscuro que permeia todo o trabalho.

O grande exemplo disso é a primeira faixa de divulgação do disco, “Storm of Emotions”, bem diversificada e progressiva, na qual Lione mostra todo seu talento, e cuja letra reflete bem esse período enfrentado pelo banda.

Outros destaques ficam para as rápidas e melódicas “New Born Me’ e “Black Headted Soul”, que remetem aos bons tempos de “Angels Cry”; para a progressiva “Upper Levels”, com Bruno literalmente destruindo seu kit, mostrando toda sua técnica e versatilidade; e para a pesada e groovie “Crushing Room”, que conta com os vocais de Rafael e a participação de Doro.

A faixa título, por sua vez, que conta com a participação de Simone Simons (EPICA) é toda pomposa e orquestrada, e sem dúvida é a pior do disco.

Portanto, trata-se de um trabalho que, no geral, recoloca a banda entre as grandes do metal melódico mundial, e mostra mais uma vez o poder da banda de ressurgir de crises gravíssimas ainda mais forte e renovada.

Secret Garden - Angra
(Nacional – 2015)

Formaçao:
Fabio Lione - Vocals
Rafael Bittencourt - Guitars, Backing Vocals
Kiko Loureiro - Guitars, Backing Vocals
Felipe Andreoli - Bass, Backing Vocals
Buno Valverde - Drums

Track List:

1. Newborn Me
2. Black Hearted Soul
3. Final Light
4. Storm of Emotions
5. Violet Sky
6. Secret Garden
7. Upper Levels
8. Crushing Room
9. Perfect Symmetry
10. Silent Call

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Secret Garden - Angra

3058 acessosAngra: "Secret Garden" é sim, um disco muito bom3999 acessosAngra: Entrando nas raízes mais ocultas de sua criatividade5000 acessosAngra: "Secret Garden" é o disco mais sombrio da banda3842 acessosAngra: Após mais de 20 anos, apresentando som forte e renovado5000 acessosAngra: "Secret Garden", o melhor trabalho desde TOS5000 acessosAngra: "Secret Garden" é digno de figurar no Top Five da banda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 11 de fevereiro de 2015

AngraAngra
"Uma rapazeada bonita, mas nenhum foi bonzinho"

200 acessosAltair: comédia diabólica de Progressive/Power Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Aprenda a ganhar dinheiro sendo músico

AngraAngra
Kiko Loureiro demite empresário ao estilo Roberto Justus

CoversCovers
Alguns dos mais legais feitos por bandas de Metal

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

MetallicaMetallica
A lista de exigências da banda em 1983

Guns N RosesGuns N' Roses
Funkeiro assassina clássico máximo da banda

Olavo de CarvalhoOlavo de Carvalho
Segundo ele, o Heavy Metal emburrece

5000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson e sua preferência pelo Brasil5000 acessosIron Maiden: o pior momento de Bruce Dickinson no palco5000 acessosRock: as dez lendas mais macabras do gênero5000 acessosAteísmo: vídeo cristão faz reflexão sobre alguns rockstars3359 acessosPhil Anselmo: ele se arrepende de ter deixado a escola?5000 acessosKiss: 15 bandas que abriram shows deles e se tornaram famosos

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online