Eu Acuso!: Ótima estréia do quarteto gaúcho

Resenha - Liberdade Presumida - Eu Acuso!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Mais uma ótima surpresa vinda do Rio Grande do Sul (de Porto Alegre, para ser mais exato), e trazendo na formação músicos que já passaram por bandas representativas de nosso cenário, como Sacrário, Leviaethan, Panic, Kaus do Porto, Distraught e Alchemist, o EU ACUSO! conseguiu com "Liberdade Presumida" lançar um debut forte, com uma proposta bem definida, e que chama a atenção pela qualidade.

Fotos de Infância: Yngwie MalmsteenIron Maiden: a música "Wasting Love" é um Plágio?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com um som que traz elementos tanto de metal, como de classic rock (e até de rock nacional, em especial nas linhas vocais), além de elementos de hip-hop (muito bem encaixadas, e sem exageros) e até de funk (não o brasileiro, obviamente), a banda tem como influências bandas como RAGE AGAINST THE MACHINE e STUCK MOJO, mas com a levada metálica mais evidenciada, com guitarras pesadas em quase todo o interregno do álbum, e com o baixista Marcelo Cougo se destacando por suas linhas criativas e contagiantes.

O vocalista Sandré também é muito competente, interpretando temas polêmicos e politizados em cada uma das faixas do álbum, cujos destaques ficam para as ótimas "A Verdade", "Bala Perdida", "Idade Mídia" e "Mano Lugar", que transbordam atitude, e mostram toda a competência da banda em aliar peso e groove na medida certa.

A bela arte gráfica, e a boa qualidade de gravação (que poderia ser apenas um pouco menos abafada), também contribuem para o resultado final mais do que satisfatório de "Linha Presumida", uma trabalho agradável e altamente recomendado.

Liberdade Presumida - Eu Acuso!
(2014 - Nacional)

Formação:
Sandré Sarreta - Vocal
Carlos Lots - Guitarra
Marcelo Cougo - Contrabaixo e vocal
Ale Mendes - Bateria

Tracklist:
1 - A Verdade
2 - Bala Perdida
3 - Choque De Ordem
4 - Choveu Sangue Na Cidade
5 - Idade Mídia
6 - Lona Preta
7 - Mano Lugar
8 - Não Conte A Ninguém
9 - Olho Por Olho/Sangue Por Óleo
10 - Pela Janela Do Bunker


Outras resenhas de Liberdade Presumida - Eu Acuso!

Eu Acuso!: Letras contestatórias aliadas a composições intensasEu Acuso!: metendo o pé em tudo com seu primeiro disco



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Eu Acuso!"


Fotos de Infância: Yngwie MalmsteenFotos de Infância
Yngwie Malmsteen

Iron Maiden: a música Wasting Love é um Plágio?Iron Maiden
A música "Wasting Love" é um Plágio?


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor