Matérias Mais Lidas

Marcelo Barbosa diz que seu curso online de guitarra dá mais dinheiro que o AngraMarcelo Barbosa diz que seu curso online de guitarra dá mais dinheiro que o Angra

A divergência de Roger Waters e David Gilmour sobre clássico Comfortably NumbA divergência de Roger Waters e David Gilmour sobre clássico "Comfortably Numb"

Eric Clapton: o que ele acha de ter tirado esposa de George Harrison?Eric Clapton: o que ele acha de ter tirado esposa de George Harrison?

Slash: a mudança que aconteceu com Axl que tornou tudo diferente no Guns N' RosesSlash: a mudança que aconteceu com Axl que tornou tudo diferente no Guns N' Roses

A opinião de Diva Satanica, da Nervosa, sobre Tatiana Shmailyuk do JinjerA opinião de Diva Satanica, da Nervosa, sobre Tatiana Shmailyuk do Jinjer

Mãe de Cazuza conta invertida que tomou do filho ao perguntar sobre sua sexualidadeMãe de Cazuza conta invertida que tomou do filho ao perguntar sobre sua sexualidade

A sincera opinião de Lemmy Kilmister sobre Christina AguileraA sincera opinião de Lemmy Kilmister sobre Christina Aguilera

Kiko Loureiro: o que o guitarrista do Megadeth pensa de quem o chama de arroganteKiko Loureiro: o que o guitarrista do Megadeth pensa de quem o chama de arrogante

Frank Bello rasga elogios ao Metallica; Eles são, sem dúvida, a maior banda do mundoFrank Bello rasga elogios ao Metallica; "Eles são, sem dúvida, a maior banda do mundo"

Iron Maiden: banda vai tocar no Morumbi em 2022, segundo diretor do São PauloIron Maiden: banda vai tocar no Morumbi em 2022, segundo diretor do São Paulo

Nirvana: o dia que Cobain se enrolou todo para explicar significado do nome da bandaNirvana: o dia que Cobain se enrolou todo para explicar significado do nome da banda

Marcelo D2 voltou a ouvir thrash metal por conta de Fernanda Lira, da banda CryptaMarcelo D2 voltou a ouvir thrash metal por conta de Fernanda Lira, da banda Crypta

A sincera opinião de Regis Tadeu sobre Lemmy Kilmister (Motörhead)A sincera opinião de Regis Tadeu sobre Lemmy Kilmister (Motörhead)

O dia que Jimi Hendrix abriu show com música dos Beatles e Paul McCartney assistiuO dia que Jimi Hendrix abriu show com música dos Beatles e Paul McCartney assistiu

Tico Santta Cruz: Vamos tirar todos os Bolsominions do BBBTico Santta Cruz: "Vamos tirar todos os Bolsominions do BBB"


Stamp

Aerosmith: uma bolacha que dá para chamar de mediana

Resenha - Music From Another Dimension! - Aerosmith

Por Thiago El Cid Cardim
Em 07/11/12

2012. O ano em que nada menos do que três verdadeiras instituições do hard rock norte-americano oferecem aos fãs seus novos discos de estúdios, todos muitíssimo aguardados. O Van Halen nos entregou o excelente "A Different Kind of Truth", um dos melhores lançamentos roqueiros do ano. Viva! O Kiss apareceu com "Monster", bem-vinda e divertida continuação de "Sonic Boom" (2009). A empolgação só aumenta! E eis que então vem o Aerosmith com "Music From Another Dimension!". E nos apresenta uma bolacha que só dá para chamar, no máximo, de mediana. E a onda se transforma em uma frustrante marolinha.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Repleto de altos e baixos, "Music From Another Dimension!", seu primeiro disco de inéditas em 11 anos (vamos lembrar que "Honkin’ on Bobo", de 2004, é uma compilação de covers blueseiros), é um reflexo nítido de quem o Aerosmith é hoje. Estamos falando de uma banda que, desde o platinado "Get a Grip" (1993), praticamente se reinventou para uma nova geração MTV ao agregar elementos mais pop em sua sonoridade, e o vêm fazendo recorrentemente desde então, atraindo dezenas de menininhas aos gritos para as suas apresentações. Vejam, de maneira nenhuma este é algum tipo de julgamento de valor, longe disso. Influências pop podem ser de grande valia nas mãos de um compositor talentoso. Mas o grande problema é que, salvo algumas raras exceções, discos mais recentes do Aerosmith como "Nine Lives" (1997) e, principalmente, o fraquíssimo "Just Push Play" (2001), optam por uma coleção de hits pop sem inspiração, óbvios e ululantes. E, sinto dizer, mas "Music From Another Dimension!" está muitíssimo mais próximo de "Just Push Play" do que de "Rocks" (1976) ou de "Toys in The Attic" (1975), conforme os fanáticos das antigas tanto sonhavam.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Vejam, por exemplo, o caso das baladas. Ao todo, elas são praticamente seis dentre 15 faixas – e nenhuma delas é particularmente inspirada, é preciso dizer. São todas frouxas, sem graça, sem muito tesão. O dueto de Steven Tyler com a cantora country Carrie Underwood em "Can’t Stop Loving You" simplesmente não cola, os dois parecem não combinar em nada. Chega até a ser um tantinho vergonhoso, confesso, parece uma parceria forçada aos 45 do segundo tempo. Formulaica, a power ballad "Beautiful" parece ter sido costurada na medida certa para ganhar um videoclipe à moda "Crazy", com Alicia Silverstone e Liv Tyler no elenco e tudo mais. E "Another Last Goodbye", que encerra o disco, chega a beirar o insuportável de tão, mas tão chata.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Nem tudo são críticas, pois o bocudo Tyler e sua turma acertam em alguns pontos – é o caso, por exemplo, do single "Legendary Child", que tem um provocativo gosto setentista que acabou mexendo com os brios dos fãs mais antigos. Ou mesmo da ótima "Out Go The Lights", com uma levada cheia de groove, com direito até a suas backing vocals um tanto black, dialogando acertadamente com o soul do mestre James Brown. E o trabalho de guitarras envolvente de Joe Perry em "Street Jesus" chega realmente a empolgar. Mas o lance é que o disco não consegue passar muito disso: três boas canções. É pouco, muito pouco.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Não importa que Julian Lennon faça backing vocals na faixa de abertura, "Luv XXX". Não importa que Perry assuma os vocais em "Something" (na qual, curiosamente, Tyler resolve atacar de baterista) e em "Freedom Figher" (que tem ainda os backing vocals do ator Johnny Depp). Sinceramente, nada disso é argumento o suficiente para atrair a atenção do pobre ouvinte.

"Music From Another Dimension!" está longe, mas muito longe, de ser o que o nome de fato promete – é, no máximo, música desta dimensão mesmo, e de uma região das menos inspiradas. O álbum resultante do retorno da banda depois da quase saída de seu frontman merecia muito mais força, muito mais punch. Morno, praticamente sem graça, torna-se apenas a sombra do que uma grande banda realmente pode fazer. E já provou, em outras ocasiões, que consegue. Quem sabe na próxima.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Line-up:
Steven Tyler – Vocais
Joe Perry – Guitarra
Brad Whitford – Guitarra
Tom Hamilton – Baixo
Joey Kramer – Bateria

Tracklist:
1. LUV XXX
2. Oh Yeah
3. Beautiful
4. Tell Me
5. Out Go the Lights
6. Legendary Child
7. What Could Have Been Love
8. Street Jesus
9. Can't Stop Loving You
10. Lover Alot
11. We All Fall Down
12. Freedom Fighter
13. Closer
14. Something
15. Another Last Goodbye


Outras resenhas de Music From Another Dimension! - Aerosmith

Aerosmith: Algumas boas músicas, porém, não foi desta vez

Aerosmith: novo álbum, velha receita!

Aerosmith: o retorno de outra dimensão.

Aerosmith: novo álbum traz mais de um terço de baladas

Aerosmith: toques novos em uma estrutura velha

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Pianista russa Gamazda homenageia o Aerosmith com versão da clássica Dream OnPianista russa Gamazda homenageia o Aerosmith com versão da clássica "Dream On"

Aerosmith: As 10 melhores músicas jamais tocadas ao vivo, pela Ultimate Classic RockAerosmith: As 10 melhores músicas jamais tocadas ao vivo, pela Ultimate Classic Rock

Clássicos: hits que foram lançados há mais de 30 anos e fazem sucesso até hoje - Parte 1Clássicos: hits que foram lançados há mais de 30 anos e fazem sucesso até hoje - Parte 1

Aerosmith: gravações inéditas de 1971 sairão em vinil e fita casseteAerosmith: gravações inéditas de 1971 sairão em vinil e fita cassete

Metallica: como Black Album se assemelha a Aerosmith e Rolling Stones, segundo Bob RockMetallica: como Black Album se assemelha a Aerosmith e Rolling Stones, segundo Bob Rock


Billboard: As bandas mais bem pagas desde 1990Billboard: As bandas mais bem pagas desde 1990

Aerosmith: tocante homenagem a Chris Cornell com Dream OnAerosmith: tocante homenagem a Chris Cornell com "Dream On"

Guns N Roses: Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com AxlGuns N Roses: Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com Axl


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Thiago El Cid Cardim

Thiago Cardim é publicitário e jornalista. Nerd convicto, louco por cinema, séries de TV e histórias em quadrinhos. Vegetariano por opção, banger de coração, marvete de carteirinha. É apaixonado por Queen e Blind Guardian. Mas também adora Iron Maiden, Judas Priest, Aerosmith, Kiss, Anthrax, Stratovarius, Edguy, Kamelot, Manowar, Rhapsody, Mötley Crüe, Europe, Scorpions, Sebastian Bach, Michael Kiske, Jeff Scott Soto, System of a Down, The Darkness e mais uma porrada de coisas. Dentre os nacionais, curte Velhas Virgens, Ultraje a Rigor, Camisa de Vênus, Matanza, Sepultura, Tuatha de Danaan, Tubaína, Ira! e Premê. Escreve seus desatinos sobre música, cinema e quadrinhos no www.observatorionerd.com.br e no www.twitter.com/thiagocardim.

Mais informações sobre

Mais matérias de Thiago El Cid Cardim.