Aerosmith: Algumas boas músicas, porém, não foi desta vez

Resenha - Music From Another Dimension! - Aerosmith

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Matheus Cavalheiro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Em 6 de Novembro de 2012, eis que o Aerosmith finalmente lança um disco de inéditas desde 'Just Push Play' - (2001), o aguardado 'Music From Another Dimension!'. Notícia boa? Pois é, não é o que parece segundo algumas resenhas e críticas que lia por aí nos sites. Confesso que fiquei um pouco desanimado com o que li na tela do meu computador, e parecia que era unânime: o Aerosmith após anos sem um álbum de inéditas, lançara um disco mediano... Mas ainda assim, não larguei o osso e resolvi ouvir o disco para poder falar algo concreto a respeito. Assim que terminei de ouvir o álbum com a saideira "Another Last Goodbye" cheguei a uma conclusão: as reviews que li estão e não estão certas. Estão certas por realmente citar a palavra "mediano", mas estão erradas em pisar em cima da banda cruelmente com as palavras. 'Music From Another Dimension!' não foi "o" disco, mas o Aerosmith merece nosso respeito.

Sons Of Apollo: banda toca "Dream On" , do Aerosmith, com orquestra; assistaÓdio musical: os artistas mais detestados em lista da Spinner

Sabemos que o Aerosmith não precisa lançar mais um clássico absoluto na sua carreira, uma vez que esta banda já é consagradíssima. Mesmo sendo consagradíssima, acho que faltou um pouco de atenção na hora de gravar esse disco, faltou criatividade e brilho. Sério gente, não é nariz torto com os álbuns recentes do Aerosmith não. Por exemplo, acho 'Nine Lives' - (1997) maravilhoso, pois este soube dosar e muito bem as baladas com algumas canções mais safadas, e isso não ocorre em 'Music From Another Dimension!'. O que ocorre é um exagero de baladas. Temos 7 delas no total sendo que apenas 3 delas brilham de fato, são elas "Tell Me", "What Could Have Been Love" e "Another Last Goodbye". As baladas restantes aparecem mais para preencher espaço do que outra coisa com letras bobas e sem muita inspiração como as fraquíssimas "Beautiful", "Closer" e "We All Fall Down".

Mas tem músicas boas? Com certeza! "Out Go The Lights" é de longe a melhor de todo disco. Riff maravilhoso que me remeteu um pouco a "Get The Lead Out" de 'Rocks' - (1976), back-vocals sensacionais e metais ao longo de quase 7 minutos de canção. Se o disco fosse feito nesses moldes, com certeza teríamos um discaço. Para ajudar, também temos a maravilhosa "Street Jesus" com 6 minutos e meio de puro Rock N' Roll alternando com umas levadas aceleradas e outras mais suaves, mantendo o pique em um ótimo refrão. Se tivéssemos mais canções assim, e menos baladas sem muito oque falar, a opinião dos fãs poderia ter sido outra, mas não foi bem assim... Ainda para salvar, posso dizer que "LUV XXX", "Something" e "Freedom Fighter" (estas 2 últimas cantadas por Joe Perry) ajudam a manter o fôlego do disco, mas é só. Depois disto, são músicas sem brilho e inspiração, como por exemplo "Legendary Child" que em minha opinião foi muito fraca para ser lançada como single. "Lover Alot" e "Oh Yeah" não surpreendem nem um pouco, mas infelizmente são as que estão nos setlist da banda recentemente e nem sinal de "Street Jesus" e "Out Go The Lights" nos shows...

Para concluir, digo que 'Music From Another Dimension!' pelo menos foi bem melhor que 'Just Push Play' - (2001), sendo brilhante demais em uns momentos e totalmente apagado e sem inspiração em outros. Minha nota é 6 e é oque tem para hoje... Confiram a minha resenha em vídeo no meu canal do YouTube, o Café Cavalheiro. Inscreva-se e dê sua opinião. Valeu galera!

TRACKLIST:

01. "LUV XXX" - (5:17)
02. "Oh Yeah" - (3:41)
03. "Beautiful' - (3:05)
04. "Tell Me" - (3:45)
05. "Out Go The Lights" - (6:56)
06. "Legendary Child" - (4:15)
07. "What Could Have Been Love" - (3:44)
08. "Street Jesus" - (6:43)
09. "Can't Stop Lovin' You" - (4:04)
10. "Lover Alot" - (3:35)
11. "We All Fall Down" - (5:14)
12. "Freedom Fighter" - (3:19)
13. "Closer" - (4:04)
14. "Something" - (4:37)
15. "Another Last Goodbye" - (5:47)


Outras resenhas de Music From Another Dimension! - Aerosmith

Aerosmith: novo álbum, velha receita!Aerosmith: o retorno de outra dimensão.Aerosmith: uma bolacha que dá para chamar de medianaAerosmith: novo álbum traz mais de um terço de baladasAerosmith: toques novos em uma estrutura velha




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Aerosmith"


Sons Of Apollo: banda toca "Dream On" , do Aerosmith, com orquestra; assista

Oooops: Steven Tyler cai no palco durante show; assistaOooops
Steven Tyler cai no palco durante show; assista

Os anos do Heavy Metal: A decadência e a renovação do estiloAerosmith: o "bis secreto" dos shows da banda, segundo Steven Tyler

Aerosmith: Dude (Looks Like a Lady) é inspirada em Vince Neil, do Mötley CrüeAerosmith
"Dude (Looks Like a Lady)" é inspirada em Vince Neil, do Mötley Crüe

Aerosmith: Joe Perry também detona álbum country de Steven TylerAerosmith
Joe Perry também detona álbum country de Steven Tyler

Rock in Rio: foto traz membros de 4 bandas lendárias nos bastidoresRock in Rio
Foto traz membros de 4 bandas lendárias nos bastidores


Ódio musical: os artistas mais detestados em lista da SpinnerÓdio musical
Os artistas mais detestados em lista da Spinner

Jared Leto: a reação ao se ver no papel do CoringaJared Leto
A reação ao se ver no papel do Coringa

Heavy Metal: as 10 introduções mais matadoras do estiloHeavy Metal
As 10 introduções mais matadoras do estilo

King Diamond: O que significa ser Satanista?Marilyn Manson: "perdi tudo por causa de Columbine"Kiss: Ace Frehley diz que "provavelmente é o cara mais legal" da bandaO que os fãs de rock e suas vertentes pedem para beber em um bar?

Sobre Matheus Cavalheiro

Matheus Cavalheiro é mega-fanzaço não só de Rock N' Roll mas da boa música em geral. Curte desde Marvin Gaye e Miles Davis até Slayer e Alice In Chains, afinal a música é excelente em diversos aspectos! É o dono do canal Café Cavalheiro no YouTube.

Mais matérias de Matheus Cavalheiro no Whiplash.Net.