Re-Machined: Uma goleada de acertos e poucas escorregadas

Resenha - A Tribute to Deep Purple's Machine Head - Re Machined

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar Correções  

publicidade

8


Não é comum ouvir um tributo como esse. Pra começo de conversa, não estamos falando de uma homenagem a uma banda, mas sim a um disco específico - "Machine Head", o sexto e mais conhecido álbum do Deep Purple, lançado originalmente em março de 1972. Em segundo lugar, a coisa toda foi organizada pela respeitada revista inglesa Classic Rock, que lançou o projeto em um fanpack acompanhado de uma longa revista com a história do disco e entrevistas com os músicos envolvidos. Isso deu um ar de credibilidade ao projeto, característica essa que não é muito comum na grande maioria dos discos tributo, que de maneira geral contam com músicos de segundo escalão relendo composições alheias. E esse é o ponto final que torna "Re-Machined: A Tribute do Deep Purple’s Machine Head" pra lá de interessante: a participação de bandas e artistas consagrados e de peso, como Metallica, Iron Maiden, Chickenfoot, Black Label Society e Joe Bonamassa, entre outros.

Iron Maiden: todas as músicas da banda, da pior para a melhorGuns N' Roses: a história da saída de cada integrante

O álbum conta com 10 faixas. Estão aqui as sete do LP original, acrescidas de "When a Blind Man Cries", lado B do single "Never Before". Duas músicas contam com duas versões diferentes - "Smoke on the Water" e "Highway Star". As faixas estão na ordem original do disco, com a exceção à "Smoke on the Water", que abre o tributo na versão de Carlos Santana e do vocalista Jacoby Shaddix, do Papa Roach.

De uma maneira geral, as releituras são muito boas. A força das composições do Deep Purple é fundamental para isso - não há música ruim em "Machine Head", e o fato de qualquer pessoa que goste de rock conhecê-las por osmose a décadas faz toda a diferença -, mas algumas versões acabam se sobressaindo. Santana surpreende com uma "Smoke on the Water" muito pesada, com direito a uma segunda guitarra que brinca com a melodia de "In My Time of Dying", clássico do blues imortalizado pelo Led Zeppelin. O Chickenfoot se diverta com uma "Highway Star" bem livre e repleta de jams, enquanto o Black Label Society vira "Pictures of Home" de cabeça para baixo, deixando-a mais pesada e lenta. "Highway Star" também brilha nas mãos do trio formado por Glenn Hughes, Steve Vai e Chad Smith, em uma versão cheia de energia.

Joe Bonamassa e Jimmy Barnes fazem jus à "Lazy" uma das melhores músicas da carreira do Purple, trocando solos faiscantes. E o Metallica, cuja competência para tomar para si composições alheias em releituras cheias de personalidade, faz da bela "When a Blind Man Cries" a melhor faixa de "Re-Machined", adicionando detalhes e mudando o arranjo original.

O momento mais controverso e discutível do tributo acontece quando o Flaming Lips despe "Smoke on the Water" de quase todos os seus elementos e transforma o maior clássico do Purple em praticamente uma nova composição, deixando-a irreconhecível. Essa postura do grupo de Wayne Coyne irá dividir opiniões: alguns irão amaldiçoar os caras por terem mexido em algo que consideram sagrado, enquanto outros vão curtir a coragem e a irreverência da banda. Fico com a segunda opção.

Entre as decepções, temos o catadão batizado como Kings of Chaos, formado por Joe Elliott (Def Leppard), Steve Stevens, o tecladista Arian Schierbaum e a dupla Duff McKagan e Matt Sorum, ex-Guns N’ Roses e atual Velvet Revolver, fazendo uma versão burocrática e sem graça de "Never Before", que não acrescenta nada a história da canção.

Mas o momento mais decepcionante de "Re-Machined" acontece justamente com uma das versões mais aguardadas e cercadas de expectativa. O Iron Maiden gravou durante as sessões do álbum "A Matter of Life and Death" (2006) uma até então inédita versão para "Space Truckin’". Porém, a interpretação se revela preguiçosa, sem sal e arrastada, onde o único destaque são os vocais de Bruce Dickinson em algumas passagens. Um resultado muito abaixo do esperado para uma banda do porte e da importância do Maiden, ainda mais em se tratanto da releitura de uma composição de um grupo que influenciou a sua sonoridade e do qual os músicos já se declararam fãs. Infelizmente, a "Space Truckin’" do Iron Maiden é o banho de água fria do tributo.

Mesmo assim, vale a pena conferir "Re-Machined: A Tribute to Deep Purple’s Machine Head". O saldo é pra lá de positivo, com uma goleada de acertos e poucas escorregadas. E um destes acertos é que o disco será lançado no Brasil pela ST2 durante o mês de outubro, para a alegria dos colecionadores.

Faixas:
Carlos Santana & Jacoby Shaddix - Smoke on the Water
Chickenfoot - Highway Star
Glenn Hughes & Chad Smith - Maybe I’m Leo
Black Label Society - Pictures of Home
Kings of Chaos - Never Before
The Flaming Lips - Smoke on the Water
Jimmy Barnes & Joe Bonamassa - Lazy
Iron Maiden - Space Truckin’
Metallica - When a Blind Man Cries
Glenn Hughes, Steve Vai e Chad Smith - Highway Star




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iron Maiden: todas as músicas da banda, da pior para a melhorIron Maiden
Todas as músicas da banda, da pior para a melhor

Iron Maiden: filme colombiano mostra perrengue de jovens no dia do primeiro show no paísIron Maiden
Filme colombiano mostra perrengue de jovens no dia do primeiro show no país

Bruce Dickinson: se ele cantasse no Megadeth, por Raphael MendesBruce Dickinson
Se ele cantasse no Megadeth, por Raphael Mendes

Iron Maiden: assista versão inusitada de Aces High tocada no ukuleleIron Maiden
Assista versão inusitada de "Aces High" tocada no ukulele

Iron Maiden: Charlie Benante grava versão de "Transylvania" (vídeo)

Iron Maiden: Vídeos com review e mostrando os CDs da série The Studio CollectionIron Maiden
Vídeos com review e mostrando os CDs da série "The Studio Collection"

Iron Maiden: Os 20 anos do álbum Brave New World (vídeo)Iron Maiden
Os 20 anos do álbum "Brave New World" (vídeo)

Lista: os piores álbuns de 10 bandas brilhantesLista
Os piores álbuns de 10 bandas brilhantes

Iron Maiden: 10 músicas escritas por Steve Harris que foram inspiradas em filmesIron Maiden
10 músicas escritas por Steve Harris que foram inspiradas em filmes

Children of the Beast: vocalista grava versão acústica para The Wicker ManChildren of the Beast
Vocalista grava versão acústica para "The Wicker Man"


Musos do Heavy Metal: Agora é a vez das garotas!Musos do Heavy Metal
Agora é a vez das garotas!

Tales Of The Iron Maiden: Dio, Rhoads, Lemmy e mais em animação de Heaven Can WaitTales Of The Iron Maiden
Dio, Rhoads, Lemmy e mais em animação de "Heaven Can Wait"


Guns N' Roses: a história da saída de cada integranteGuns N' Roses
A história da saída de cada integrante

Rock, Revolução e SatanismoRock, Revolução e Satanismo


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin