Metallica: gosto musical impediu que se tornassem um Maiden

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Steven Ward, do PopMatters, entrevistou em 2011 o renomado jornalista de rock britânico Mick Wall sobre seu livro "Metallica: Enter Night - The Biography" ("Metallica: Entre a Noite - A biografia" em tradução livre). Seguem alguns trechos da conversa.

Metallica: show S&M² volta aos cinemas brasileiros neste mêsAlice in Chains: mensagem subliminar em "The Devil Put Dinosaurs"

PopMatters: Você faz observações sutis no livro de que o Cliff [Burton, baixista falecido] não gostaria do fato da banda seguir em frente tão rapidamente com sua substituição. Acho que você goza o Kirk [Hammett guitarrista] quando ele diz a você numa entrevista que o Cliff iria querer que fosse assim. Mas durante uma das últimas entrevistas com o Cliff, ele não fala sobre a hipótese da morte de Lars [Ulrich, bateria], e então diz que a banda deveria seguir em frente e continuar?

Wall: Não creio que minhas afirmações tenham sido sutis, na realidade. Creio que o que eu digo é evidente. A banda não seguiu em frente porque "o Cliff iria querer que fosse assim", que foi o que eles disseram na época. Eles fizeram assim porque o que mais poderiam fazer? Caras como o Lars e o James [Hetfield, guitarra/vocal], que começaram a banda antes do Cliff entrar nela com certeza não iriam jogar a toalha justo quando a carreira deles estava realmente decolando, mesmo apesar de amarem o Cliff.

PopMatters: Assim como na questão do Cliff, você acha que o METALLICA teria tido tanto sucesso se tivessem mantido o Dave Mustaine na banda?

Wall: Acho que o fato do Dave Mustaine ter sido demitido permitiu que o METALLICA se tornasse muito mais focado. Permitiu que o mesmo acontecesse com o Dave por diferentes razões. O resultado foram duas bandas incríveis, ambas de enorme sucesso.

PopMatters: Houve outros livros sobre o METALLICA, inclusive um muito bom do redator da Metal Hammer Joel McIver. Você escreveu o livro porque achou que era o momento de alguém fazer uma biografia mais compreensível que não fosse tão baseada nos fãs? Obviamente você não conseguiria escrever esse livro se fosse autorizado pela banda, correto?

Wall: Eu não escrevi o livro para fãs e não o escrevi para a banda. Eu o escrevi como escrevo todos meus livros - para aqueles que gostam de bons livros. A história do METALLICA é fascinante. Melhor do que ficção. Senti que era tempo de uma biografia literária apropriada que fosse escrita por adultos.

PopMatters: Fiquei surpreso ao saber de curiosidades da banda em seu livro - James foi frontman de uma banda glam de L.A. sem se esconder atrás de uma guitarra (eu não consigo imaginar isso); a banda escutar PETER GABRIEL e THE POLICE no ônibus de turnê (não é coisa de metaleiro); e, a maior de todas, o Lars ser um baterista tão ruim e ter aulas até a época do "Master Of Puppets". Teve algo que lhe surpreendeu na suas pesquisas?

Wall: Na verdade não. Você tem de compreender que eu os conheci quando eles eram meninos, há quase 30 anos atrás. A amplitude dos interesses musicais deles não me surpreendeu nem um pouco. É uma das principais razões pelas quais eles não se tornaram um SLAYER ou IRON MAIDEN. Num todo, entretanto, tudo sobre a história me surpreendeu. A principal coisa do meu livro é absolutamente não repetir o que todos já disseram. Realmente pensar nas coisas. Conversar com aqueles que estiveram lá, ajudando-os a tomar suas decisões, descobrir o que realmente estava se passando, não o que os escritores fãs contam que aconteceu. Tudo está nas nuances. Eles tem de contar sua própria história e como autor você tem de prestar atenção e estudá-las mesmo quando elas a princípio não parecem fazer sentido para você.

Leia a entrevista na íntegra (em inglês) no PopMatters.

Comente: Qual é na sua opinião a melhor das duas bandas?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"


Metallica: show S&M² volta aos cinemas brasileiros neste mêsMetallica
Show S&M² volta aos cinemas brasileiros neste mês

Metallica: S&M2 obtém a maior bilheteria de um filme de rock da históriaMetallica
S&M2 obtém a maior bilheteria de um filme de rock da história

Bateristas: 5 músicos que fizeram apenas um show em bandas clássicas do RockBateristas
5 músicos que fizeram apenas um show em bandas clássicas do Rock

Babymetal: elas aprenderam a fazer metal com o MetallicaBabymetal
Elas aprenderam a fazer metal com o Metallica

Loudwire: site listas as músicas do Metallica, da pior para a melhorLoudwire
Site listas as músicas do Metallica, da pior para a melhor

Metallica: "Welcome Home (Sanitarium)" ao vivo em ManchesterGrandes covers: cinco versões para "Orion", a inesquecível instrumental do Metallica

Metallica: Lars Ulrich toca bateria em show do Mumford & SonsMetallica
Lars Ulrich toca bateria em show do Mumford & Sons

Metallica: James está fazendo o que é preciso para se curar, diz LarsMetallica
"James está fazendo o que é preciso para se curar", diz Lars

Músicas imortais: One, um dos maiores momentos da historia do metalMúsicas imortais
"One", um dos maiores momentos da historia do metal

Metallica: vídeo profissional de "Fade to Black" em Brussels, Belgium

Lars Ulrich: filmando show do Guns N' Roses diretamente do palcoLars Ulrich
Filmando show do Guns N' Roses diretamente do palco

UFO: Kirk Hammett sobe ao palco com a bandaUFO
Kirk Hammett sobe ao palco com a banda

Metallica: A banda foi ouvida na trama da novela Top Model em 1989Metallica
A banda foi ouvida na trama da novela Top Model em 1989

Metallica: os compositores eruditos queriam fazer heavy metal, diz KirkMetallica
"os compositores eruditos queriam fazer heavy metal", diz Kirk

Metallica no Rock in Rio: Como é ver o show de cima do palco?Metallica no Rock in Rio
Como é ver o show de cima do palco?

Metallica: joguem este processo no lixo, dizem para banda coverMetallica
Joguem este processo no lixo, dizem para banda cover

Vinil: os 10 LPs mais raros e valiosos dos anos 1980Vinil
Os 10 LPs mais raros e valiosos dos anos 1980


Alice in Chains: mensagem subliminar em The Devil Put DinosaursAlice in Chains
Mensagem subliminar em "The Devil Put Dinosaurs"

Motorhead: Lemmy conta seu segredo com as mulheresMotorhead
Lemmy conta seu segredo com as mulheres

Kurt Cobain: a teoria de assassinato do músicoKurt Cobain
A teoria de assassinato do músico

Rede Globo: em 1985, explicando o que são os metaleirosRede Globo
Em 1985, explicando o que são os metaleiros

Lemmy Kilmister: A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron MaidenLemmy Kilmister
A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron Maiden

Steven Adler: amor eterno a Axl Rose graças a ato em 1988Steven Adler
Amor eterno a Axl Rose graças a ato em 1988

Metallica: remixar o Justice é como mexer na Mona Lisa, diz James HetfieldMetallica
Remixar o Justice é como mexer na Mona Lisa, diz James Hetfield


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336