Mystagog: Para os ouvidos menos sensíveis do Metal negro

Resenha - ...Of Old - Mystagog

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 7


Oriunda da Hungria, a banda Mystagog é formada pelo duo Grave (guitarra/baixo) e Angmar (vocal/bateria), e fazem um som dedicado aos ouvidos menos sensíveis do Metal negro. Auto rotulados como Old School Necro Black Metal, a dupla se envereda por um caminho onde somente fanáticos adeptos costumam sobreviver.

Rock Progressivo: Você sabe que está ouvindo demais quando...Reb Beach: "Não me importo de dizer que Kirk Hammet é um bosta"

De início a coisa assusta, afinal a produção não é lá essas coisas, sem contar o timbre de guitarra atípico (um tanto quanto grave pro estilo) e o baixão distorcido. Enfim, não é nada que se acostume logo de cara. Mas bastam algumas atenciosas ouvidas para que você possa distinguir as qualidades das composições.

A bateria segue uma linha bem reta, com batidas rápidas que não chegam a ser na velocidade da luz. Os vocais são típicos do estilo. O grande problema é a produção mesmo, que quase pôs tudo a perder, afinal as músicas são de bom gosto, apesar de repetitivas.

Ouvindo The Blood And The Flesh, a mais angustiante faixa do disco, percebemos que a banda se dá bem com temas mais mórbidos e deprimentes. Os riffs são melancólicos e a melodia da música possui um clima bem caótico. Growing Moon e The Deep também se destacam dentre as oito composições.

Não fossem os fatores produção ruim e composições repetitivas tenho certeza que o som do Mystagog iria agradar mais. Meio ponto vai para a capa que, apesar de simplória é bem interessante. De qualquer forma indico totalmente aos True Black Metallers da vida.

http://www.myspace.com/mystagog




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Mystagog"


Rock Progressivo: Você sabe que está ouvindo demais quando...Rock Progressivo
Você sabe que está ouvindo demais quando...

Reb Beach: Não me importo de dizer que Kirk Hammet é um bostaReb Beach
"Não me importo de dizer que Kirk Hammet é um bosta"


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.