Matérias Mais Lidas

Slayer: Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperavaSlayer
Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperava

Kiss: Gene Simmons diz que passou dos 70 anos por nunca ter bebido ou usado drogasKiss
Gene Simmons diz que passou dos 70 anos por nunca ter bebido ou usado drogas

AC/DC: a resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da bandaAC/DC
A resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da banda

Metallica: todas as faixas do polêmico Load, da pior para a melhorMetallica
Todas as faixas do polêmico "Load", da pior para a melhor

Chester Bennington: viúva anuncia separação de bombeiro após um anoChester Bennington
Viúva anuncia separação de bombeiro após um ano

Thrash metal: 20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesadaThrash metal
20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesada

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Slash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Shaman: quando Andre Matos desmaiou durante show em Belo Horizonte, em 2018Shaman
Quando Andre Matos desmaiou durante show em Belo Horizonte, em 2018

Alexi Laiho: A banda de metal do céu agora tem um guitarrista solo, afirma MustaineAlexi Laiho
"A banda de metal do céu agora tem um guitarrista solo", afirma Mustaine

Guns N' Roses: Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubesGuns N' Roses
Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubes

Nirvana: Krist Novoselic comenta o suicídio de CobainNirvana
Krist Novoselic comenta o suicídio de Cobain

Rock in Rio: Produção afirma que datas estão mantidasRock in Rio
Produção afirma que datas estão mantidas

Nervosa: Prika Amaral toca os seus riffs preferidos na guitarra (vídeo)Nervosa
Prika Amaral toca os seus riffs preferidos na guitarra (vídeo)

Rob Halford: entediado mas fashion e zueiro, encarnando um cowboy de saltoRob Halford
Entediado mas fashion e zueiro, encarnando um cowboy de salto

Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985Rock In Rio
Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985


Matérias Recomendadas

Raul Seixas: 10 importantes obras do Maluco BelezaRaul Seixas
10 importantes obras do Maluco Beleza

Ozzy Osbourne: O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!Ozzy Osbourne
"O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!"

Morbid Angel: banda satânica, eu jamais voltaria, diz SandovalMorbid Angel
"banda satânica, eu jamais voltaria", diz Sandoval

Agressividade: 21 caras que fizeram a história do rock pesadoAgressividade
21 caras que fizeram a história do rock pesado

Slayer: quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanistaSlayer
Quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanista

Dead Daisies
Stamp

Deadend In Venice: Apesar de polido, obscuro e furioso

Resenha - See You On The Ground - Deadend In Venice

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

7


É sempre legal ver bandas novatas já estreando com um disco tão bem feito... O Deadend In Venice é oriundo da Alemanha e começou suas atividades em 2008, para, neste mesmo ano, soltar a demo "Batavian Sundown" e sair tocando por aí. Desde então conquistaram sua cota de fãs e chamaram a atenção do selo Casket Music, que se propôs a liberar este convincente "See You On The Ground".

Sendo músicos da nova geração, "See You On The Ground" segue a tendência em mesclar elementos de vários dos subgêneros do Heavy Metal e também oferecer vocalizações masculinas e femininas, tendo em Annabell Klein e Christian Litzba os responsáveis por intercalar respectivamente linhas limpas e agressivas. Ok, nada de novo, mas se não existe inovação, o Deadend In Venice mostrou preocupação e desenvoltura para manter tudo muito interessante durante a audição.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E a diversidade é considerável... Desde a profusão de melodias se combinando a arranjos que beiram à música extrema, velocidade e passagens cadenciadas que remetem diretamente ao Power Metal, existe uma sensibilidade e disposição para tornar tudo muito grudento. Ainda que tenha como único ponto passível de algum ajuste o trabalho das vocalizações, que poderia ser desenvolvido de forma que o padrão masculino/feminino não se mostrasse tão similar ao longo das nove faixas, é inegável que os alemães se mostram eficientes em "See You On The Ground".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

São apenas 30 minutos de som, mas "Hate Sweet Hate", "Personal Decay", "Last Chances" e principalmente "Dirt Little Princess" mostram a confiança e eficiência do sexteto neste primeiro álbum. O repertório possui características que o posiciona na esfera mainstream, mas nunca se desleixando com o fator distorção. Apesar de relativamente polido, tudo segue meio obscuro e devidamente furioso, sendo que os adeptos do chamado Death Metal Melódico terão muito que apreciar por aqui!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Contato:
http://www.deadend-in-venice.de
http://www.myspace.com/deadendinvenice

Formação:
Annabell Klein - voz
Christian Litzba - voz gutural
Tim Schmidtke - guitarra
Kevin Klein - guitarra
Andreas Ackermann - baixo
Frank Koppe - bateria

Deadend In Venice – See You On The Ground
(2011 / Casket Music - importado)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

01. Hate Sweet Hate
02. Personal Decay
03. Brain Execution
04. Long Way Home
05. War
06. Last Chances
07. The Monkey In My Closet
08. Dirt Little Princess
09. Tomorrow Never Comes


Tunecore
Malvada
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Megadeth: O recadinho provocante da vocalista do HuntressMegadeth
O recadinho provocante da vocalista do Huntress

Planet Rock: as maiores vozes da história do rockPlanet Rock
As maiores vozes da história do rock


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.