Barros: bom instrumental, letras emotivas e cativantes

Resenha - Gemini - Barros

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Clóvis Eduardo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Talvez o que o rock precise hoje, é de uma volta para a simplicidade. A valorização dos instrumentos, sem embolação ou sobreposições. Quem quer buscar boa música, um ritmo diferente e algumas dicas de como estruturar um disco, pode procurar por esta banda.
5000 acessosSeparados no nascimento: Alice Cooper e Emerson Fittipaldi5000 acessosAlice in Chains: mensagem subliminar na capa de "The Devil Put Dinosaurs Here"

Barros. O nome poderia até render umas analogias legais para bandas de hard core ou de punk. Mas ouvindo mais o instrumental deste grupo Português, o que interessa mesmo é ficar com o ouvido no aparelho de som.

Formada em Portugal, o Barros tem em seu line-up o competente vocalista Rafael Gubert, o guitarrista Paulo Barros, o baterista (e irmão de Paulo), Luis Barros e o baixista José Baltazar. O quarteto está na ativa e colocou aos fãs um bom CD, com instrumental caprichado e a inspiração total de Rafael na interpretação das músicas. Ficou muito legal o trabalho, com composições amarradas e que valorizam cada um dos integrantes da banda. É o cd ideal para ouvir após um dia cansativo de trabalho, pois ajuda a relaxar e empolga pelo rock de qualidade.

O riff e a batida contínua vão lembrar um pouco o ritmo utilizado nos discos antigos do Rammstein ou até mesmo o experimento que o Nightwish fez no álbum “Once”, com a música “Wish I Had An Angel”. Esta será a impressão em “Escape From The Lies”, que abre o disco. Mas nas faixas seguintes, prossegue o ritmo mais cadenciado, com contrastes entre duas guitarras, uma com um efeito pesado e cativante nos riffs, e outra com um som mais brilhante e limpo, utilizado nos belos solos de Paulo Barros.

Apesar de um grupo português, não é de se estranhar nem um pouco que as letras sejam em inglês. E isso é até uma vantagem do Barros, já que “Gemini”, foi certeiro em sua abordagem principal. Bom instrumental, letras emotivas e cativantes, num ritmo mais leve e que muitas vezes, nos cai muito bem.

Hellion Records

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Gemini - Barros

1736 acessosResenha - Gemini - Barros769 acessosBarros: com vocais de Rafael Gubert, do Akashic

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Barros"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Alice Cooper e Emerson Fittipaldi

Alice in ChainsAlice in Chains
Mensagem subliminar na capa de "The Devil Put Dinosaurs Here"

Mega-hits ManjadosMega-hits Manjados
10 clássicos que se tornaram clichês

5000 acessosRock In Rio I: Pra quem tem menos de quarenta anos fica difícil imaginar5000 acessosAjustes e Consertos em Baixos e Guitarras5000 acessosMetallica: ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicos5000 acessosFuturologia: como estariam Cobain, Hendrix, Joplin e Morrisson?1088 acessosAC/DC: tubarões australianos gostam da banda?5000 acessosGuitarras: os 9 instrumentos mais ridículos do rock

Sobre Clóvis Eduardo

Clóvis Eduardo Cuco é catarinense, jornalista e metaleiro.

Mais matérias de Clóvis Eduardo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online