Barros: com vocais de Rafael Gubert, do Akashic

Resenha - Gemini - Barros Project

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Há alguns meses aportou no Brasil um disco que aparentemente passou despercebido por boa parcela do público. “Gemini” é o primeiro e (por enquanto) único registro do Barros Project, que tem em sua formação os irmãos Paulo (guitarra) e Luis Barros (bateria), membros da veterana banda portuguesa Tarântula; além do conterrâneo José Baltazar (baixo). Mas o que torna este CD mais especial para os brasileiros é que seu vocalista é ninguém menos do que Rafael Gubert, do conceituado grupo gaúcho de Prog Metal Akashic.
5000 acessosSeparados no nascimento: Sarah Jessica Parker e o mascote Eddie5000 acessosRock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os tempos

Por entraves legais, “Gemini” chegou a nosso país com bastante atraso – foi gravado em Portugal em 2002 e lançado originalmente no ano seguinte na Europa – mas isso naturalmente não impede que este seja um belo trabalho, com a ótima produção do próprio Luis Barros, onde tudo é enriquecido com a participação de inúmeros convidados, tendo aí nomes mais conhecidos como o mestre Tommy Newton (Steeler, Victory) e Marcos De Ros (Akashic).

O estilo musical adotado é basicamente o Hard Rock, bastante pesado, com melodias bem sacadas e ótimas guitarras – vide “Escape From The Lies” e “Guardian Angel” – cuja primeira metade do repertório está bem próxima dos padrões propostos pelos grupos europeus. Gubert está excelente e obviamente canta de forma bastante distinta do que faz em sua banda principal, e ele mesmo admite que lá pela metade do disco as canções seguem uma linha mais norte-americana dentro do gênero, tendo aí destaques como “You And My Way” e “The Half Of Me”, esta última com os solos aos cuidados de De Ros e Tommy Newton.

Em suma, assim como “Gemini” se mostra um álbum relativamente simples em sua proposta, também apresenta uma audição bastante agradável, com muitos elementos que serão devidamente apreciados pelos amantes do Hard Rock. Confira e tire suas conclusões!

Formação:
Rafael Gubert - voz
Paulo Barros - guitarra
José Baltazar - baixo
Luis Barros - bateria

Barros Project – Gemini
(2003 / Point-Music - 2007 / Hellion Records – nacional)

01. Escape From The Lies
02. Guardian Angel
03. The Blink Of An Eye
04. Jesus Moved Out
05. Talk Tomorrow
06. You And My Way
07. A Soul Of Fire
08. The Half Of Me
09. Night Fall
10. Fever
11. Praying For The Lord

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Barros Project"

SeparadosSeparados
Sarah Jessica Parker e o mascote Eddie

Rock ProgressivoRock Progressivo
As 25 melhores músicas de todos os tempos

Iron MaidenIron Maiden
Bruce Dickinson diz não haver muito diálogo na banda

5000 acessosQ Magazine: As 100 Maiores Estrelas do Século XX5000 acessosSilverchair: a história por trás da capa de Freak Show5000 acessosSupernatural: ouça 10 músicas que marcaram a série5000 acessosVan Halen: o típico vocabulário da era David Lee Roth3950 acessosSweet Child O' Mine: incrível cover com 2 violões ao mesmo tempo5000 acessosLemmy: "Se eu vendesse como o AC/DC lançaria dois álbuns por ano"

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online