Réus Anjos: seguindo a cartilha das bandas glam

Resenha - Demonssupercultunderground - Réus Anjos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  


O Réus Anjos é uma banda de Hard Rock do Rio Grande do Sul cujo visual e sonoridade procura seguir direitinho os excessos da cartilha das bandas glam da década de 1980. Tendo como mentor CJ (voz, guitarra e percussão) e Luciano de Oliveira (contrabaixo), a dupla está liberando a demo "Demonssupercultunderground", cujo nome pode até assustar, mas a música com certeza não chega a este ponto.

São seis faixas cantadas em português e uma versão em inglês que vão desde o tradicional Hard Rock mais festeiro até algumas canções que pisam firme na distorção. Mesmo apresentando vários clichês que necessitam de alguns naturais ajustes, há canções realmente agradáveis como a pegajosa "Por mim", a ótima "A sorte não dá sorte" e a curiosa "Vai ficar tudo bem" (pena que é curtinha...).

publicidade

Uma demo com várias características que merecem ser conferidas pelos amantes do gênero. Fica somente a sugestão aos Réus Anjos em investir em informações sobre seu nome e, principalmente, dar uma cuidadosa atenção à concepção gráfica de seus trabalhos, pois a de "Demonssupercultunderground" infelizmente deixa muito a desejar, mesmo tendo a finalidade de ser apenas uma demo.

publicidade

Contato: www.reusanjos.cjb.net

Réus Anjos – Demonssupercultunderground
(2007 / CD-Demo)

01. Minha causa
02. Voando baixo
03. Até o seu coração partir
04. Por mim
05. A sorte não dá sorte
06. Vai ficar tudo bem
07. My Cause




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Postura: 12 coisas que você nunca deve dizer a um músicoPostura
12 coisas que você nunca deve dizer a um músico

Iron Maiden: as dez melhores músicas, segundo a LoudwireIron Maiden
As dez melhores músicas, segundo a Loudwire


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin