Resenha - Starbreaker - Starbreaker

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Starbreaker é um projeto com ótimos músicos já veteranos no meio do hard rock e heavy metal, encabeçado pelo vocalista Tony Harnell (TNT), o guitarrista e tecladista Magnus Kalsson (Last Tribe), o baixista Fabrizio Grossi e o baterista John Macaluso (TNT, ARK, Yngwie Malmsteen). A música neste debut homônimo é fantástica e dona de uma gravação de alto nível, garantindo uma sonoridade bastante contemporânea.

As comparações com TNT serão inevitáveis e até mesmo compreensíveis, tendo em vista que a versátil voz de Harnell é muito marcante. Porém estas comparações param por aí, a música deste quarteto é muito mais próxima do heavy metal melódico do que do hard rock europeu, tanto que, mesmo não abandonando a melodia e emoção características de sua já conhecida interpretação, creio que este é o trabalho mais pesado em que este vocalista já colocou sua voz.

publicidade

O lado mais agressivo da música é cortesia de Magnus, que fez em Starbreaker um trabalho muito bom nas seis cordas, despejando uma dose constante de riffs e solos cheios de distorção. Em contrapartida, o uso de teclados é abundante, dando uma aura majestosa e épica às canções, sendo que em alguns poucos momentos permanecem certos climas mais AOR.

publicidade

Entre a consistência das canções, destaco "Lies" (que inclusive possui também um vídeo-clip), com um refrão daqueles irritados. A bonita "Underneath A Falling Sky" possui uma levada mais progressiva em função das inúmeras camadas de teclados e mudanças de andamento; e faixas como "Break My Bones", com ótimas linhas vocais, e "Cradle Of The Grave" deverão deixar os fãs de TNT com certa saudade dos velhos tempos. Baladas? Para quê?

publicidade

Estas composições provavelmente cairão nas graças dos amantes de metal melódico e hard rock, não há nada medíocre por aqui e o ótimo desempenho de cada membro atuando em conjunto é louvável. Agora é torcer para que o Starbreaker deixe de ser apenas um mero projeto para se tornar definitivamente uma banda de verdade...

STARBREAKER – Starbreaker
(2005 / Frontier Records – Hellion Records)

publicidade

01. Die For You
02. Lies
03. Break My Bones
04. Crushed
05. Days Of Confusion
06. Transparent
07. Light At The End Of The World
08. Cradle Of The Grave
09. Underneath A Falling Sky
10. Turn It Off
11. Dragonfly (instrumental)
12. Save Yourself
13. Lies (vídeo)

Homepage: www.starbreakerband.com


Outras resenhas de Starbreaker - Starbreaker

Resenha - Starbreaker - Starbreaker

Resenha - Starbreaker - Starbreaker




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Heavy Metal: quais as 10 melhores vozes da história?Heavy Metal
Quais as 10 melhores vozes da história?

Meet & Greet: Como os roqueiros de verdade se comportamMeet & Greet
Como os roqueiros de verdade se comportam


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin