Resenha - Dawn of Victory - Rhapsody

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por André Toral
Enviar Correções  

8


Esta é outra banda que passou pela ilusória dificuldade de se fazer o terceiro álbum. "Dawn of Victory" segue a saga e vem, todavia, mais pesado, direto e reto, sem deixar de ser melódico e de trazer todos aqueles arranjos clássicos e coros bárbaros.

publicidade

De cara já se nota maior destaque dado às guitarras, já que aparecem bem mais que nos trabalhos anteriores. Por ter estas características, provavelmente, este álbum conseguirá agradar aqueles que escutam nada ou quase nada desta banda. Realmente merecem elogios a dupla Luca Turilli (guitarra) e Alex Starapoli (teclados), mas jamais poderíamos deixar de lado Fabio Lione (vocalista), pois o mesmo se mostra muito mais integrado ao Rhapsody, além de estar cantando maravilhosamente bem.

publicidade

Ao destacarmos as músicas, podemos falar sobre a própria faixa-título, que é excelente e traz arranjos de violinos. "Triumph for My Magic Steel" é outra que apresenta estrutura bem "rhapsodyana", com melodias muito cativantes. Exepcional, mais cadenciada, "The Village of Dwavers" pode ser considerada um clássico imediato.

Já no campo de músicas mais rápidas e pesadas, temos "Dargor, Shadowlord of the Black Mountain" e "Holy Thunderforce". Lenta, dramática e com ótimos toques de piano, até soar mais heavy e acelerada, temos "The Bloody Rage of the Titans".

publicidade

Sem dúvidas é um trabalho que leva adiante o reconhecimento merecido de quem gosta. Tudo inserido numa atmosfera única que só estes italianos proporcionam. Um destaque adicional que agrega valor, é o fato de o encarte vir com a história da banda, algumas fotos espetaculares e arte maravilhosa, isso sem contar com as crônicas de Algalord parte III.

publicidade


Outras resenhas de Dawn of Victory - Rhapsody

Rhapsody: o ápice da primeira fase no brilhante Dawn of Victory




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Power Metal: os 25 maiores álbuns do estiloPower Metal
Os 25 maiores álbuns do estilo

Metal Medieval: confira 10 bandas de temáticas medievaisMetal Medieval
Confira 10 bandas de temáticas medievais


Heavy Metal: as 10 introduções mais matadoras do estiloHeavy Metal
As 10 introduções mais matadoras do estilo

James Hetfield: O equilíbrio entre Metallica e vida familiarJames Hetfield
O equilíbrio entre Metallica e vida familiar


Sobre André Toral

Formado em Administração de Empresas. Curte Hard clássico dos anos 70 e início dos 80; Heavy Metal é sua religião.

Mais matérias de André Toral no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin