Matérias Mais Lidas

Kiko Loureiro: a música que ele mais sofreu para aprender a tocar na guitarraKiko Loureiro
A música que ele mais sofreu para aprender a tocar na guitarra

Helloween: Weikath fez as pazes com Andre Matos, que os achava escrotos e arrogantesHelloween
Weikath fez as pazes com Andre Matos, que os achava "escrotos e arrogantes"

Krisiun: Vocal do Satyricon é um cuzão, racista, me seguraram pra não bater neleKrisiun
"Vocal do Satyricon é um cuzão, racista, me seguraram pra não bater nele"

Guns N' Roses: em 1988, as críticas de Axl Rose a bandas como Kiss e Iron MaidenGuns N' Roses
Em 1988, as críticas de Axl Rose a bandas como Kiss e Iron Maiden

Deep Purple: a reação impagável de Joe Satriani ao ser chamado para tocar com elesDeep Purple
A reação impagável de Joe Satriani ao ser chamado para tocar com eles

Jon Bon Jovi: filho do cantor estaria namorando atriz que faz Eleven em Stranger ThingsJon Bon Jovi
Filho do cantor estaria namorando atriz que faz Eleven em Stranger Things

Judas Priest: por que eles não fizeram o mesmo sucesso que o Iron Maiden, segundo K.K.Judas Priest
Por que eles não fizeram o mesmo sucesso que o Iron Maiden, segundo K.K.

AC/DC: Axl Rose atrasava para os shows com a banda? Chris Slade respondeAC/DC
Axl Rose atrasava para os shows com a banda? Chris Slade responde

Rock in Rio: Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991Rock in Rio
Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991

Kiss: sem dinheiro, nada feito; por que Peter Criss não se envolveu no documentário?Kiss
Sem dinheiro, nada feito; por que Peter Criss não se envolveu no documentário?

Jeff Beck: a inveja de Eric Clapton e o talento de Jimi HendrixJeff Beck
A inveja de Eric Clapton e o talento de Jimi Hendrix

Sepultura: por que voltas de Max e Iggor não fariam sentido hoje, segundo EloySepultura
Por que voltas de Max e Iggor não fariam sentido hoje, segundo Eloy

Skid Row: Bach critica o relançamento de Slave to The Grind em vinil..Skid Row
Bach critica o relançamento de "Slave to The Grind" em vinil..

Pearl Jam: quando Paul McCartney deu um baita soco na cara de Eddie VedderPearl Jam
Quando Paul McCartney deu um baita soco na cara de Eddie Vedder

Iron Maiden: tributo nacional supera desafio de fazer versões para clássicos da bandaIron Maiden
Tributo nacional supera desafio de fazer versões para clássicos da banda


Stamp
Pentral
Arte Musical

Rhapsody: o ápice da primeira fase no brilhante Dawn of Victory

Resenha - Dawn of Victory - Rhapsody

Por Ricardo Seelig
Em 18/10/19

publicidade

Em 2000, o quinteto italiano Rhapsody era um dos principais nomes do power metal em todo o mundo. No Brasil, a banda arrebanhava uma multidão de fãs tanto pela música que fazia, inegavelmente original, quanto pela presença constante nas páginas da Rock Brigade, principal revista especializada em metal na época e também responsável por lançar os discos do grupo por aqui.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foi nesse cenário que desembarcou nas lojas "Dawn of Victory", terceiro álbum da banda formada pelo vocalista Fabio Lione, pelo guitarrista Luca Turilli, pelo baixista Alessandro Lotta, pelo tecladista Alex Staropoli e pelo baterista Alex Holzwarth. Produzido novamente pela dupal Sasha Paeth e Miro, que havia assinado os dois primeiros trabalhos do grupo, "Dawn of Victory" traz em suas dez canções o exemplo mais bem acabado dessa primeira fase do quinteto italiano. Estão aqui as letras contando batalhas épicas, feitos heroicos e contos grandiosos, tudo amparado pela eficiente mistura entre metal melódico, música clássica e elementos do folclore europeu, resultando em um heavy metal rico em melodias, cativante e cinematográfico.

Centrado no trio Lione, Turilli e Staporoli, o Rhapsody mostrou todas as suas qualidades em "Dawn of Victory". O vocal de Lione bebe direto na tradição operística da Itália e coloca a função do cantor em outro nível, com interpretações cheias de personalidade e tons absurdos. Não à toa, Fabio Lione ganhou status como uma das maiores vozes do metal dos anos 1990 e 2000, e segue fazendo bonito como frontman do Angra. Luca Turilli varia entre riffs e melodias, e nesse segundo aspecto sua guitarra soa muito mais como um violino, deslizando por harmonias que bebem direto na escola de grandes nomes como Nicolo Paganini e Johann Sebastian Bach. Já Alex Staporoli segura o som do Rhapsody com o seu teclado, que muitas vezes funciona como uma espécie de orquestra de um homem só, recheando as músicas com intervenções sempre certeiras.

"Dawn of Victory" possui não apenas uma riqueza musical inebriante, mas sobretudo um lirismo harmônico que emociona. As melodias tocantes são constantes em todo o disco, seja em canções mais rápidas como "Triumph for My Magic Steel" ou em momentos mais cadenciados como o mergulho na Idade Média e na Renascença proporcionado por "The Village of Dwarves".

Exagerada e barroca, a música do Rhapsody perdeu força com o passar dos anos, mas nos três primeiros discos ela foi realmente inovadora e original, com canções que bebiam sem filtros em universos repletos de espada e feitiçaria como Conan, O Senhor dos Anéis e até mesmo no então nascente Game of Thrones – vale lembrar que o primeiro livro da série foi publicado na Europa em 1996 -, pinçando elementos desses clássicos para criar a The Emerald Sword Saga, que teve cinco capítulos contados nos cinco primeiros álbuns da banda: "Legendary Tales" (1997), "Symphony of Enchanted Lands" (1998), "Dawn of Victory" (2000), "Rain of a Thousand Flames" (2001) e "Power of the Dragonflame" (2002).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Dawn of Victory" é um dos grandes discos de metal da década de 2000 e entrega canções fortíssimas como a música-título e seu refrão pra lá de épico ("Gloria, gloria perpetua / In this dawn of victory"), "Triumph for My Magic Steel", "The Village of Dwarnes", "Dargor, Shadowlord of the Black Mountain", "The Bloody Rage of the Titans" e "Holy Thunderforce", um dos maiores hinos do grupo.

A banda acabou se dividindo no futuro, gerando diversas outras versões sobre o alcunha Rhapsody – Staporoli com a sua, Turilli com outra, Lione e Turilli em mais outra -, mas isso não apaga uma carreira cheia de grandes álbuns, principalmente os três primeiros. "Dawn of Victory" é um dos integrantes desse trio inicial absolutamente atordoante e especial. Passados quase duas décadas de seu lançamento, segue mantendo toda a sua força.


Outras resenhas de Dawn of Victory - Rhapsody

Resenha - Dawn of Victory - Rhapsody

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Monolito 2
Roça N Roll
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Itália: 10 bandas de heavy metal que foram formadas na terra de MichelangeloItália
10 bandas de heavy metal que foram formadas na terra de Michelangelo

Rhapsody: A história da saga Emerald SwordRhapsody
A história da saga "Emerald Sword"


Idioma: bandas que já cantaram em sua língua natalIdioma
Bandas que já cantaram em sua língua natal

Rhapsody Of Fire: Quer ficar bombado? Alex Staropoli te ajuda!Rhapsody Of Fire
Quer ficar "bombado"? Alex Staropoli te ajuda!

Metal Medieval: confira 10 bandas de temáticas medievaisMetal Medieval
Confira 10 bandas de temáticas medievais


Death Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOLDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL

Lista: clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1Lista
Clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig.