Resenha - Dowtown Station - Santarem

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

8


O Santarem segue sua distinta trajetória no rock. Não é grande problema, porém, definir o som da banda. É diferenciado por ter encontrado a si próprio, mas as raizes são de um hard rock bem inspirado no progressivo do Rush. Essa descrição já é até famosa para alguns momentos de uma outra banda, que tem bom nome na praça, o Enchant. Os brasileiros e norte-americanos têm várias características em comum, a começar pelos vocais de Guilherme Mistretta, de fato similares aos de Ted Leonard.

publicidade

As guitarras são os pontos chaves de resolução do som do Santarem. Não é raro escutar passagens que lembram The Edge e o U2. Por outro lado, as influências na sonoridade do instrumento pós-Van Halen são óbvias.

Os músicos têm uma boa técnica e, principalmente, sabem construir músicas que, independentemente da complexidade, soam simples e próximas ao ouvinte. As partes mais lentas em especial têm essa marca preponderante.

publicidade

A produção impressiona. Altíssima qualidade, e muita adequação ao estilo do conjunto. Parabéns a todos os envolvidos, em destaque Glenn Zolotar e Mauricio Gargel.

Apesar dos ótimos timbres, do talento patente de todos os integrantes, e do bom resultado de "Downtown Station", ainda parece que o Santarem pode oferecer mais. Por aqui, dez ótimas músicas, dentre as quais, contudo, não se encontra uma que realmente dê aquela guinada no álbum. Só é preciso uma dessas pra disparar.

publicidade

Site Oficial – www.santarem.art.br

Guilherme Mistretta (Vocais – Violões)
Alex Andreoni (Guitarra)
Guilherme Furlan (Baixo)
Fernando Witcoske (Bateria – Percussão)

Material cedido por:
Megahard Records – http://www.megahard.com.br
Caixa Postal 41698 - São Paulo – SP
CEP: 05422-970
Telefone: (11) 3224-0709
Email: [email protected]

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Vocalistas: cantora clássica analisa cinco ícones do Heavy MetalVocalistas
Cantora clássica analisa cinco ícones do Heavy Metal

Spin: os 40 melhores nomes de bandas de todos os temposSpin
Os 40 melhores nomes de bandas de todos os tempos


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin