Tradução - Houses Of The Holy - Led Zeppelin

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Houses Of The Holy - Led Zeppelin

Traduzido por Fernando P. Silva

  | Comentários:
Imagem

The Song Remains The Same

(Page/Plant)

I had a dream - crazy dream
Anything I wanted to know
Any place I needed to go

Hear my song - sing along
Any little song that you know
Everything that's small has to grow

California sunlight
Sweet Calcutta rain
Honolulu starbright
The song remains the same

Sing out Hare Hare
Dance the Hoochie Koo
City lights are oh so bright
As we go sliding, sliding
Sliding

A Canção Permanece A Mesma

(Page/Plant)

Eu tive um sonho – um sonho estranho
Qualquer coisa que eu quisesse saber
Qualquer lugar que eu precisasse ir

Ouça minha canção - cante junto
Qualquer cançãozinha que você saiba
Tudo que é pequeno tem que crescer

A luz do sol da Califórnia
A doce chuva de Calcutá
O brilho das estrelas de Honolulu
A canção permanece a mesma

Cante alto Hare Hare
Dance o Hoochie Koo
As luzes da cidade estão, oh, tão radiantes
Enquanto seguimos deslizando, deslizando
Deslizando

The Rain Song

(Page/Plant)

This is the springtime of my loving
The second season I am to know
You are the sunlight in my growing
So little warmth I felt before
It isn't hard to feel me glowing
I watched the fire that grew so low

It is the summer of my smile
Flee from me Keepers of the Gloom
Speak to me only with your eyes
It is to you I give this tune
It isn't hard to recognized
These things are clear to all
From time to time

Talk, talk, talk, talk
I felt the coldness of my winter
I never thought it would ever go
I cursed the gloom that set upon us
Set upon us, set upon us
But I know that I love you so
But I know that I love you so

These are the seasons of emotion
And like the winds they rise and fall
This is the wonder of devotion
I see the torch we all must hold
This is the mystery of the quotient
Upon us all, upon us all
A little rain must fall
Just a little rain

A Canção da Chuva

(Page/Plant)

Esta é a primavera do meu amor
A segunda estação que estou a conhecer
Você é a luz solar no meu crescimento
Tão pouco calor outrora eu sentia
Não é difícil de me sentir ardente
Eu observei o fogo que cresceu tão pouco

É o verão do meu sorriso
Fujam de mim, Guardiões da Penumbra
Falem comigo apenas com seus olhos
É para vocês que eu ofereço esta melodia
Não é difícil de reconhecer
Estas coisas são claras para todos
De tempos em tempos

Converse, converse, converse, converse
Eu sentia a frieza do meu inverno
Eu nunca imaginei que isto aconteceria
Eu amaldiçoei a penumbra que caiu sobre nós
Caiu sobre nós, caiu sobre nós
Mas eu sei que te amo tanto
Mas eu sei que te amo tanto

Estas são as estações da emoção
E como os ventos elas emergem e caem
Este é o esplendor da devoção
Eu vejo a tocha que todos nós devemos segurar
Este é o mistério do quociente
Sobre todos nós, sobre todos nós
Uma chuvinha deve cair
Simplesmente uma chuvinha

Over The Hills And Far Away

(Page/Plant)

Hey lady - you got the love I need
Maybe - more than enough
Oh Darling Darling
Walk a while with me
Oh you've got so much
So much
So much

Many times I loved
Many times been bitten
Many times I've gazed
Along the open road

Many times I've lied
Many times I've listened
Many times I've wondered
How much there is to know

Many dreams come true
And some have silver linings
I live for my dream
And a pocket full of gold

Mellow is the man
Who knows what he's been missing
Many many men
Can't see the open road

Many is a word
That only leaves you guessing
Guessing 'bout a thing
You really ought to know
You really ought to know

Sobre as Colinas e Bem Distante

(Page/Plant)

Ei senhorita - você tem o amor que eu preciso
Talvez - mais do que o necessário
Oh Querida, Querida
Me acompanhe por um instante
Oh, você tem tanto
Tanto
Tanto

Muitas vezes eu amei
Muitas vezes fui mordido
Muitas vezes eu encarei
Ao longo da estrada aberta

Muitas vezes eu menti
Muitas vezes eu escutei
Muitas vezes eu ponderei
O quanto há para saber

Muitos sonhos se tornam realidade
E alguns têm um raio de esperança
Eu vivo por meu sonho
E um bolso cheio de ouro

Jovial é o homem
Que sabe o que ele anda perdendo
Muitos, muitos homens
Não conseguem ver a estrada aberta

Muito é uma palavra
Que só te deixa imaginando
Imaginando sobre uma coisa (que)
Você realmente deve saber
Você realmente deve saber

The Crunge

(Bonham/Jones/Page/Plant)

I wanna tell you about my good thing
I ain’t disclosing no names but
He sure is a good friend
I ain’t gonna tell you where he comes from
If I tell you, you won't come again

I ain’t gonna tell you nothing
But I do will, but I know
Now let me tell you about my girl
Open up a newspaper and what do I see
Ah, see my girl, ah, looking at me

Ooh, and when she walks, she walks
And lemme tell ya
When she talks, she talks
And when she looks me in the eye
She’s my baby, Lord
I wanna make her mine
Tell me baby what you want me to do
You want me to love you
Love some other man too?
Ain’t gonna call me Mr. Pitiful
No I don’t need no respect from nobody no

I ain’t gonna tell you nothing
I ain’t gonna tell you no more
She’s my baby let me tell you about
I love her so and
She’s the woman I really wanna love
And let me tell you more
She’s my baby, let me tell you
She lives next door
She’s the one a woman
The one a woman that I know

I ain't gonna tell you one thing
That you really ought to know
She’s my lover baby and I love her so
And she’s the one that really
Makes me whirl and twirl
And she’s the kind of love
That makes me fill the whole world
And she’s the one that really
Makes me jump and shout
Ooh, she’s the kind of girl
I know what it’s all about
Take it on
Take it, take it

Excuse me
Oh will ya excuse me
I'm just trying to find the bridge
Has anybody seen the bridge?
Please!

(Have you seen the bridge?)

I ain't seen the bridge!

(Where's that confounded bridge?)

O Crunge *

(Bonham/Jones/Page/Plant)

Eu quero lhe contar sobre minhas coisas boas
Eu não vou revelar nenhum nome mas
Ele com certeza é um bom amigo
Eu não vou lhe contar de onde ele vem
Se eu lhe contar, você não volta mais

Eu não vou lhe contar nada
Mas eu vou, mas eu sei
Agora deixa eu te contar sobre minha garota
Abro um jornal e o que eu vejo?
Ah, vejo minha garota, ah, olhando para mim

Ooh, e quando ela anda, ooh, ela anda
E deixa eu te contar
Quando ela fala, ela fala
E quando ela me olha nos olhos
Ela é a minha garota, Senhor
Eu quero que ela seja minha
Diga-me baby, o que você quer que eu faça?
Você quer que eu te ame
Ame outro cara também?
Não venha me chamar de Sr. Patético
Não, eu não preciso do respeito de ninguém, não

Não vou lhe contar nada
Não vou lhe contar mais
Ela é a minha garota, deixa eu lhe dizer
Eu a amo tanto e
Ela é a mulher que eu realmente quero amar
E deixa eu te dizer mais
Ela é a minha garota, deixa eu te dizer
Ela mora ao lado
Ela é a única mulher
A única mulher que eu conheço

Não vou lhe contar uma coisa
Que você realmente deveria saber
Ela é a minha garota e eu a amo tanto
E ela é única que realmente
Me faz girar e rodopiar
E ela é o tipo de amor
Que me faz preencher o mundo todo
E ela é a única que realmente
Me faz pular e gritar
Oh, ela é o tipo de garota
Eu sei do que se trata
Enfrenta essa
Agüenta, agüenta

Com licença
Oh, não vai me dar licença?
Eu só estou tentando encontrar a ponte
Alguém viu a ponte?
Por favor!

(Você viu a ponte?)

Eu não vi a ponte!

(Onde está aquela maldita ponte?)

"The Crunge" é o nome que a banda inventou para uma dança que poderia ser praticada ao som desta música. A intenção, segundo Jimmy Page, era inserir os passos da dança na contracapa do disco, mas a idéia não foi levada adiante.

Dancing Days

(Page/Plant)

Dancing days are here again
As the summer evening grows
I got my flower, I got my power
I got a woman who knows

CHORUS:
I said it's alright
You know it's alright
You know it's all in my heart
You'll be my only, my one and only
Is that the way it should start?

Crazy ways are evident
In the way that you're wearing your clothes
Suppin' booze is precedent
As the evening starts to glow

CHORUS

I told your mamma I'd get you home
But I didn't tell her I had no car
I saw a lion he was standing alone
With a tadpole in a jar

CHORUS

Dancing days are here again
As the summer evening grows
You are my flower, you are my power
You are my woman who knows

CHORUS

Dias de Dança

(Page/Plant)

Os dias de dança estão aqui novamente
Enquanto o anoitecer de verão surge
Eu tenho minha flor, eu tenho meu poder
Eu tenho uma mulher que sabe

REFRÃO:
Eu disse que está tudo bem
Você sabe que está tudo bem
Você sabe que está tudo em meu coração
Você será minha única, minha primeira e única
É assim que deveria começar?

Modos extravagantes são evidentes
Da maneira que você está usando suas roupas
Tomar umas biritas é precedente
Enquanto o anoitecer começa a irradiar

REFRÃO

Eu lhe disse, nega, que te levaria para casa
Mas eu não disse que não tinha carro
Eu vi um leão, ele estava parado sozinho
Com um girino em uma jarra

REFRÃO

Os dias de dança estão aqui novamente
Enquanto o anoitecer de verão surge
Você é minha flor, você é o meu poder
Você é minha mulher que sabe

REFRÃO

D'yer Mak'er

(Bonham/Jones/Page/Plant)

Oh oh oh oh oh oh
You don't have to go oh oh oh oh oh
You don't have to go oh oh oh oh oh
You don't have to go

Ay ay ay ay ay ay
All those tears I cry ay ay ay ay ay
All those tears I cry oh oh ay ay ay
Baby please don't go

CHORUS
When I read the letter you wrote me
It made me mad mad mad
When I read the news that it brought me
It made me sad sad sad
But I still love you so
I can't let you go
I love you- ooh baby I love you

Oh oh oh oh oh oh
Every breath I take oh oh oh oh oh
Every move I make ay ay ay
Oh baby please don't go

Ay ay ay ay ay ay
You hurt me to my soul oh oh oh oh oh
You hurt me to my soul oh oh oh oh oh
Darling please don't go

When I read the letter you send me
It made me mad mad mad
When I read the news that it brought me
It made me sad sad sad
But I still love you so
I can't let you go
I love you- ooh baby I love you

Oh oh oh oh oh oh
You don't have to go oh oh oh oh oh
You don't have to go oh oh oh oh oh
Oh baby, please, please, please
Oh oh oh baby, oh oh I really love you
Uh uh darling
Oh baby I still love you so
Oh baby I still love you so

D'yer Mak'er *

(Bonham/Jones/Page/Plant)

Oh oh oh oh oh oh
Você não tem que ir oh oh oh oh oh
Você não tem que ir oh oh oh oh oh
Você não tem que ir

Ay ay ay ay ay ay
Todas aquelas lágrimas que eu choro ay ay ay ay
Todas aquelas lágrimas que eu choro oh oh ay ay
Baby, por favor não vá

REFRÃO
Quando eu li a carta que você me escreveu
Ela me deixou furioso, furioso, furioso
Quando eu li as notícias que ela me trouxe
Fiquei triste, triste, triste
Mas eu ainda te amo tanto
Não posso lhe deixar ir
Eu te amo – ooh baby eu te amo

Oh oh oh oh oh oh
Cada suspiro que eu der oh oh oh oh oh
Cada movimento que eu fizer ay ay ay
Oh baby, por favor não vá

Ay ay ay ay ay ay
Você me feriu até a alma oh oh oh oh oh
Você me feriu até a alma oh oh oh oh oh
Querida, por favor não vá

Quando eu li a carta que você me enviou
Ela me deixou furioso, furioso, furioso
Quando eu li as notícias que ela me trouxe
Fiquei triste, triste, triste
Mas eu ainda te amo tanto
Não posso lhe deixar ir
Eu te amo – ooh baby eu te amo

Oh oh oh oh oh oh
Você não tem que ir oh oh oh oh oh
Você não tem que ir oh oh oh oh oh
Oh baby, por favor, por favor, por favor
Oh oh oh baby, oh oh eu realmente te amo
Uh, uh, querida
Oh baby, eu ainda te amo tanto
Oh baby, eu ainda te amo tanto

* O título D'yer Mak'er é uma contração da frase "Did you make her", cuja pronúncia assemelha-se muito a palavra "Jamaica". Trata-se de um trocadilho baseado numa antiga piada inglesa, onde uma pessoa diz que sua esposa está em férias nas Índias Ocidentais ("My wife's on vacation in the West Indies"). Uma segunda pessoa pergunta ingenuamente se é na Jamaica - cuja pronúncia soa como "did ya make her" (você a bancou?) - e obtém a resposta, "não, ela foi por conta própria" ("No, she went of her own accord”). Em julho de 2005, Robert Plant disse em uma entrevista a uma rádio da Califórnia, que o título foi escolhido propositadamente, pois a intenção da banda era homenagear o reggae jamaicano.

No Quarter

(Jones/Page/Plant)

Close the doors, put out the light
You know they won't be home tonight
The snow falls hard and don't you know
The winds of Thor are blowing cold

They're wearing steel that's bright and true
They carry news that must get through
They choose the path where no-one goes

They hold no quarter
They ask no quarter

Walking side by side with death
The devil mocks their every step
The snow drives back the foot that's slow
The dogs of doom are howling more

They carry news that must get through
To build a dream for you and me
They choose the path where no-one goes

They hold no quarter
They ask no quarter

Sem Misericórdia

(Jones/Page/Plant)

Feche as portas, apague a luz
Você sabe que eles não estarão em casa esta noite
A neve cai forte e você não sabe (que)
Os ventos de Thor estão soprando frios?

Eles estão usando aço que é brilhante e verdadeiro
Eles levam as notícias que devem ser transmitidas
Eles escolhem o caminho aonde ninguém vai

Eles não guardam misericórdia
Eles não pedem misericórdia

Caminhando lado a lado com a morte
O diabo zomba a cada passo
A neve retarda o pé que está lento
Os cães da perdição estão uivando mais

Eles levam as notícias que devem ser transmitidas
Para construir um sonho para você e eu
Eles escolhem o caminho aonde ninguém vai

Eles não guardam misericórdia
Eles não pedem misericórdia

A letra fala sobre os guerreiros nórdicos que, enfrentando os ventos do deus Thor, levavam notícias importantes a outros lugares e não podiam parar para descansar enquanto não concluíssem sua missão.

* A palavra “quarter” é um antigo sinônimo de “mercy” (misericórdia). A expressão “no quarter” (sem misericórdia) era usada quando um exército derrotado tinha de se render ao seu inimigo, mas não implorava ou aceitava misericórdia. Isso era visto como demonstração de bravura e orgulho, ao não aceitar de seus algozes qualquer tratamento que não fosse severo. Ao inimigo restava dizer: “No quarter was asked, no quarter was given” (não pediram misericórdia, não tiveram misericórdia).

The Ocean

(Bonham/Jones/Page/Plant)

Singing in the sunshine, laughing in the rain
Hitting on the moonshine, rocking in the grain
Ain't no time to pack my bag
My foot’s outside the door
Got a date, can't be late
For the high hopes hailla ball

Singing to an ocean
I can hear the ocean's roar
Play for free, play for me
And play a whole lot more
Singing of the good things
And the sun that lights the day
I used to sing on the mountains
Then the ocean lost its way

I don’t know

Sitting round singing songs
Till the night turns into day
Used to sing on the mountains
But the mountains washed away
Now I'm singing all my songs
To the girl who won my heart
She is only three years old
And it's a real fine way to start

O Oceano

(Bonham/Jones/Page/Plant)

Cantando à luz do sol, rindo na chuva
Atacando ao luar, botando pra quebrar
Não tenho tempo de arrumar minha mala
Já estou com um pé na porta
Marquei um encontro, não posso me atrasar
Pra esta farra pra lá de esperada

Cantando para um oceano
Eu posso ouvir o rugido do oceano
Toque de graça, toque para mim
E toque um bocado mais
Cantando sobre coisas boas
E o sol que ilumina o dia
Eu costumava cantar nas montanhas
Então o oceano perdeu seu rumo

Eu não sei

Sentado por aí, cantando canções
Até a noite virar dia
Costumava cantar nas montanhas
Mas as montanhas foram levadas pelas águas
Agora estou cantando todas as minhas canções
Para a garota que ganhou meu coração
Ela só tem três aninhos
E realmente já é um bom começo

“O Oceano” é uma metáfora criada por Plant referindo-se aos fãs vistos do palco. Era sempre dedicada ao público nos shows. A voz na introdução é de John Bonham. No antepenúltimo verso, “a garota que ganhou meu coração” refere-se a Carmen, filha de Robert Plant, que na época tinha 3 anos.





Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Led Zeppelin"

Mais capas de álbuns: a história do rock no Google Street View
Led Zeppelin: Organizador do Glastonbury prevê reunião da banda
Astros do Rock: como seriam suas versões tatuadas
Led Zeppelin: trilha para comercial de perfume da Dior
Doro Pesch: ouça versão de clássico do Led Zeppelin
Ultimate Classic Rock: Os 10 melhores singles de estreia
Led Zeppelin: como Jimmy Page passou a usar a guitarra gêmea
Whole Lotta Dough: os preços dos remasters japoneses do Led
Led Zeppelin: revelado o insano conteúdo dos boxes de alto luxo
Led Zeppelin: data, formatos e track list dos remasters de luxo
Lindo demais: as capas dos primeiros remasters do Led Zeppelin
Led Zeppelin: confirmado relançamento dos três primeiros álbuns
Led Zeppelin: reveladas prováveis capas de novos box-sets
Led Zeppelin: Mixes alternativos de Physical Graffiti em leilão
Led Zeppelin: Physical Graffiti poderia ser melhor?

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Fernando P. Silva

Fernando Silva é membro do Whiplash! e responsável pela seção de traduções. Colaborando com o site há mais de 5 anos, é quem organiza e revisa todas as traduções que são publicadas nesta seção, contando também com o auxílio de amigos e colaboradores do site. Eclético, curte desde o blues e um bom rock n' roll até o melhor do hard e do heavy, sendo o Metallica (até a eternidade) sua banda preferida. Correções de material postado anteriormente, críticas ou sugestões para novas traduções podem ser feitas através do contato direto com o autor. Email: [email protected].

Mais matérias de Fernando P. Silva no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas