Lemmy: "Eu parei de fumar como um homem de verdade para"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

O frontman do MOTÖRHEAD, LEMMY, admitiu que esteve ‘perto de morrer’ durante sua última cirurgia – e que foi o único momento no qual ele duvidou se sobreviveria a seus problemas de saúde ao longo de 2013.

Saxon: Novo álbum em 2018 e homenagem a LemmyLed Zeppelin: A controvérsia sobre as origens do nome da banda

Ele descreve sua vida como ‘inegavelmente menos prazerosa’ desde que foi obrigado a limpar seu estilo de vida. E ele se lembrou de como ele encarou seu último cigarro após 57 anos de tabagismo.

Aos 68 anos, ele passou boa parte do último ano recuperando-se de uma série de problemas de saúde que incluíram várias semanas no hospital depois de ele ter sofrido uma hemorragia interna. Ele já tinha sido submetido a uma desfibrilação para lidar com seu quadro cardíaco.

Lemmy disse ao site Lust For Life: “Durante minha última cirurgia eu fiquei perto da morte. Foi o único momento em que o diabo me perseguiu que eu tive receio. Eu imaginava se escaparia. Eu não tenho medo da morte – eu canto direto sobre ela. Então eu não estava tremendo na cama, mas eu realmente tinha a sensação de que eu não tinha chegado ao fim. Eu ainda queria fazer shows e gravar discos. Aquele sentimento me carregou ao longo disso tudo.”

Ele admite que a aparição do Motörhead no Hyde Park em julho passado o deixou inseguro. “Eu fui arrastado dos portões do inferno para fazer um show em frente de 95 mil pessoas. Um show é um show, mas esse era diferente. Eu chegaria até o fim, eu me perguntava. Mas depois eu me senti fantástico e não houve nenhum incidente até o fim de turnê.”

Ele foi forçado a abandonar seu característico Jack Daniel’s com Coca-Cola, apesar de ele ainda beber vodca ou vinho tinto às vezes. “Eu tive que aprender a passar com menos. A alternativa era a morte. Eu fumava desde os 11 anos de idade, então não estava pensando em acender meu último cigarro. Eu encarei isso como um homem de verdade – nada de emplastros ou pílulas foi na marra. Eu temia todo tipo de feito colateral, mas não notei nada.”

Lemmy recentemente anunciou que o Motörhead planeja começar o trabalho em seu vigésimo-segundo disco em janeiro. Ele reflete: “Fisicamente, eu não sou o mesmo de antes. Há um longo caminho a percorrer – mas eu me sinto mais fortalecido a cada dia.”

Imagem

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Motörhead
Pela 1ª vez, Mikkey Dee visita estátua de Lemmy

Saxon: Novo álbum em 2018 e homenagem a LemmyBlend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalRock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

Motorhead
Dave Grohl faz tatuagem em homenagem a Lemmy

Duff McKagan
Elogios rasgados ao Motörhead

Azarões do rock
Três caras que tinham tudo pra não virar astros

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 31 de outubro de 2014
Post de 01 de novembro de 2014

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Motorhead"

Led Zeppelin
A controvérsia sobre as origens do nome da banda

O Metaleiro
10 tipos diferentes de Metaleiro

Rock e Metal
Algumas das exigências bizarras das turnês

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São PauloVocalistas: alguns que poderão ser os novos ídolos do nosso MetalIron Maiden: As 10 melhores músicas da atual formaçãoPattie Boyd: a linda garota que inspirou vários clássicos do rockJimmy Page: a história do guitarrista registrada em fotosJustin Bieber: convidado para participar de show do Dark Funeral

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online