Bloody Violence: Estreia mostra visceralidade da banda

Resenha - Divine Vermifuge - Bloody Violence

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Bruno Faustino
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Oriundos do Rio Grande do Sul, a banda Bloody Violence lançou recentemente seu debut intitulado “Divine Vermifuge”.
Após terem obtido um excelente resultado com o seu lançamento anterior, o EP “Obliterate” de 2014, os gaúchos aproveitaram a empolgação e trouxeram no álbum de estréia toda a visceralidade possível.

Iron Maiden: Steve Harris odiava os PunksNoisecreep: as 10 guitarras mais icônicas do metal

Imagem

Abrindo o disco, temos as faixas “Lethal Nuclear EVil”/“Lethal Nuclear Evil [Dyatlov Pass]”, que trazem uma construção brutal e linhas bem técnicas, sem firulas ou enrolações. Guitarra afiada, bateria seca e reta, vocais guturais característicos do estilo, mas com algumas variações que beiram o Gore, ressaltando a qualidade do conjunto.

Imagem

Seguindo temos “Mother Of The Dying”, que desde os primeiros riffs já soa agressiva e imponente, bateria veloz com variações técnicas e com um acompanhamento impecável da guitarra, ressaltando bem a participação do baixo, trazendo ainda mais peso ao trabalho.

Imagem

Adiante temos “Putrid and Damned”, que coroa o álbum e é a faixa mais cadenciada do registro. A faixa mostra um direcionamento mais seco e vocais que desta vez soam totalmente Gore. Sujos, viscerais e trazendo uma boa dose de excentricidade à obra.

Imagem

As faixas seguintes apresentam a mesma fórmula, com destaque para “Colares UFO Flap”, que foi a escolhida para ser o primeiro vídeo-clipe do quarteto gaúcho e foi produzido pela Chama Video Independente.

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

A arte de capa é assinada pelo ilustrador Rafael Tavares e além de muito bonita e detalhada, reflete toda a atmosfera sinistra das composições da banda.

Formação : Israel Savaris – Baixo
Eduardo Polidori – Bateria
Igor Dornelles – Guitarra
Cantídio Fontes - Vocal

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Divine Vermifuge - Bloody Violence

Bloody Violence: Metal extremo, extrema técnica

Todas as matérias e notícias sobre "Bloody Violence"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Bloody Violence"

Iron Maiden
Steve Harris odiava os punks

Noisecreep
As 10 guitarras mais icônicas do metal

The Voice Kids
Até Brian May ficou impressionado com brasileiro

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rockMetallica: fãs pediam que eles transassem com suas namoradas?Black Sabbath: os DEZ vocalistas que passaram pela bandaMetallica: Hetfield e a última vez que ele mandou Lars se fuderU2: banda prefere que Bono não toque guitarra

Sobre Bruno Faustino

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online