Doomraiser: Doom Metal diferenciado

Resenha - Reverse (Passaggio inverso) - Doomraiser

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
99% das bandas que investem no Doom Metal tradicional trazem influências de Black Sabbath, algumas desmascaradas. Natural, afinal Tony Iommi é o pai do Heavy Metal (em geral) e ponto! Lógico que com estes italianos não seria diferente, mas há algo a mais (ou a menos) aqui.
Total Guitar: os melhores e piores covers da históriaIron Maiden: incríveis versões em violão clássico

“Reverse (Passaggio inverso)” é o quarto disco do Doomraiser – décimo se contarmos os outros formatos – e traz a banda tinindo. O senso criativo está lá em cima, sem falar na coesão e na energia que emana do trabalho que, mesmo com o típico clima sombrio do estilo – não deixa o ouvinte no marasmo.

E, a banda não segue as linhas fúnebres do Doom tradicional influenciadas pelos ‘mestres’ como mencionado no primeiro parágrafo. Principalmente em se tratando das guitarras, que aqui neste disco traz uma timbragem e roupagem atual, com linhas mega pesadas e melodias de muito bom gosto.

Com andamentos cadenciados, mas não arrastados, a banda consegue impor um ritmo cativante durante todo o disco, com destaque para os vocais versáteis de Nicola "Cynar" Rossi que esporadicamente arrisca até alguns guturais. Tudo tendo uma produção de altíssimo nível, a cargo de Marco “Cinghio” Mastrobuono e Matteo Gabianelli no Kick Recording Studio, em Roma. Certamente o Doomraiser merece figurar entre os medalhões do estilo.

http://www.doomraiser.net/
https://www.facebook.com/doomraiser

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Doomraiser"

Total Guitar
Os melhores e piores covers da história

Iron Maiden
Incríveis versões de faixas da Donzela em violão clássico

HailMetal.com: Os cinqüenta melhores álbuns de Death MetalRick Rubin: "Porra, que cara esquisito!", diz IommiAC/DC: a história do nome e a idéia do uniforme de AngusFortuna: quem são os músicos mais ricos do Reino Unido?Megadeth: o insistente uso de "Kill" por Dave MustaineLed Zeppelin: ex-presidente Bill Clinton tentou reunir a banda

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online