Bad Luck Train: Fazendo diferença no cenário musical nacional

Resenha - Another Stupid Generation, Another Bad Luck Situation - Bad Luck Train

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Felipe Cipriani Ávila
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Bad Luck Train é uma banda natural de São Paulo, capital, e se formou no ano de 2012. Mesclando diversas influências, que vão desde o Hard Rock e Punk Rock da década de noventa, até o rock clássico e contemporâneo, lança em 2014 o seu debut, intitulado “Another Stupid Generation, Another Bad Luck Situation”. E, verdade seja dita, o quarteto não fez feio, gravando um álbum muito criativo, divertido e profissional!
Metallica: James Hetfield revela seus guitarristas base preferidosMustaine: "tive momentos difíceis por me assumir cristão"

O álbum foi produzido, mixado e masterizado por Denis e Victor Salgado da Rua D Produções, no estúdio Top Noise, em São Paulo. A produção é ótima, de modo que todos os instrumentos soam bem cristalinos, dando espaço para todos os músicos mostrarem o seu talento.

Desde a ótima faixa de abertura, “Hell Yeah”, até a última “Parting Line”, temos um trabalho que soa atual, vigoroso e enérgico, sendo, contudo, difícil de rotular de forma precisa, já que o leque de influências do conjunto é amplo. Eis um dos principais méritos das composições, pois é justamente essa variedade que logo cativa o ouvinte, convidando-o para uma verdadeira festa. A palavra de ordem aqui é diversão, ou seja, todos os temas são repletos de energia, peso e ótimas linhas vocais, que variam entre momentos mais melódicos e agressivos, portanto seria injusto citar esse ou aquele destaque, sendo um álbum para se ouvir na íntegra, sem interrupção. Mas, para citar alguns exemplos, temas como o já citado “Hell Yeah”, além de “Dirty Game”, “Pirates And Cowboys” e a belíssima “Spare You My Dirt” comprovam que o conjunto veio para ficar, fazendo diferença no cenário nacional e mundial.

O nome do conjunto, Bad Luck Train, foi escolhido já que diz respeito às adversidades que todo o indivíduo passa durante a vida. É, então, difícil e exige muito trabalho e comprometimento concretizar os seus sonhos e maiores desejos. Em “Another Stupid Generation, Another Bad Luck Situation” temos todo o resultado desse trabalho e comprometimento, em um álbum que impressiona em todos os aspectos, seja na arte da capa, que foi criada por Thiago Consani, até os dez temas, que destilam todo o poder e energia do conjunto. Altamente recomendável!

Confira o videoclipe oficial da faixa “Hell Yeah”:

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Além das outras faixas do álbum:
https://soundcloud.com/bad-luck-train

Formação da banda:
Tiago Cuzzy Boy – Vocal e guitarra
Nick Boss – Guitarra
Arthur W. – Contrabaixo
Alex X. Guns – Bateria

Faixas:
1 – Hell Yeah
2 – Dirty Game
3 – Falling In Lust With You
4 – Spare You My Dirt
5 – Burn Away
6 – Pirates And Cowboys
7 – Royal Disaster
8 – Green Monster
9 – Adrenaline
10 – Parting Line

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Another Stupid Generation, Another Bad Luck Situation - Bad Luck Train

Bad Luck Train: Hard rock sujo, pesado e cheio de grooveBad Luck Train: A pura essência Rock and Roll

Todas as matérias e notícias sobre "Bad Luck Train"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Bad Luck Train"

Metallica
James Hetfield revela seus guitarristas base preferidos

Dave Mustaine
"Tive momentos difíceis por me assumir cristão!"

Marty Friedman
"Não percam seu tempo com música instrumental"

Suzi Quatro: a importância da linda baixista para o rockKiko Loureiro: em vídeo, debulhando no solo de "Tornado of Souls"Rock in Rio: Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991Metallica: pela oitava vez no Rock In Rio, será que um dia cansa?Heavy Metal: cinco discos necessários dos anos setentaThe Haunted: Dolving relata ida a uma Sauna Gay

Sobre Felipe Cipriani Ávila

Headbanger convicto e fanático, colecionador compulsivo de discos, não vive, de modo algum, sem música. Estudante de Jornalismo e Letras. Procura, sempre, se aprofundar no melhor gênero de música do mundo, o Heavy Metal, assim como no Rock’n’Roll, de um modo geral, passando pelo clássico, pelo progressivo, pelo Hard setentista e oitentista, e não se esquecendo do Blues. Play It Loud!

Mais matérias de Felipe Cipriani Ávila no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online