Matérias Mais Lidas

O recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilosO recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilos

Anitta lança clipe de Boys Don't Cry, com estética rock e punk; assistaAnitta lança clipe de "Boys Don't Cry", com estética rock e punk; assista

A categórica opinião de Kiko Loureiro sobre SlashA categórica opinião de Kiko Loureiro sobre Slash

A banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício BrancoA banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício Branco

Pitty tuíta que moda agora é ser roqueiro e apaga após Anitta e fãs reagiremPitty tuíta que "moda agora é ser roqueiro" e apaga após Anitta e fãs reagirem

Guns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e seu balde de frango na cabeçaGuns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e "seu balde de frango na cabeça"

Slash diz que ficou impressionado e orgulhoso ao ver Axl Rose como vocalista do AC/DCSlash diz que ficou impressionado e orgulhoso ao ver Axl Rose como vocalista do AC/DC

Filho do John Lennon fará leilão de NFTs dos Beatles; você ganha, mas não recebe o itemFilho do John Lennon fará leilão de NFTs dos Beatles; você ganha, mas não recebe o item

Como competição com Legião Urbana mudou estilo de composição de Cazuza?Como competição com Legião Urbana mudou estilo de composição de Cazuza?

Steve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; Parecia um macarrãoSteve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; "Parecia um macarrão"

Ghost: música do próximo álbum fala sobre lendário serial killer que nunca foi capturadoGhost: música do próximo álbum fala sobre lendário serial killer que nunca foi capturado

Roger Moreira explica por que é um dos únicos artistas que ainda defende BolsonaroRoger Moreira explica por que é "um dos únicos artistas" que ainda defende Bolsonaro

Cannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metalCannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metal

Alice In Chains: o experimento científico que originou o nome do EP Jar Of FliesAlice In Chains: o experimento científico que originou o nome do EP "Jar Of Flies"

The Cure: qual a melhor música pop que a banda já fez, na opinião de Robert SmithThe Cure: qual a melhor música pop que a banda já fez, na opinião de Robert Smith


Stamp

Foo Fighters: a maior banda da atualidade no Rio de Janeiro

Resenha - Foo Fighters (Maracanã, Rio de Janeiro, 25/01/2015)

Por Marcos Neves Jr.
Em 28/01/15

Ele é o cara mais legal do Rock 'n' Roll em muitos anos, não tenho dúvidas quanto a isso. Dave Grohl poderia ser um artista encostado e preguiçoso, deitando na fama alcançada com sua antiga banda, o Nirvana, cavando notas ao estilo Caras aqui e ali, fazendo presença vip em eventos e coisas do tipo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas não é. Em proporção devidamente menor, ele é como Paul McCartney e continua a se submeter à frieza, à dureza, à amargura da opinião pública, da crítica especializada e de gente como eu, um curioso que escuta música há muito tempo e gosta de dar pitacos.

Probot, Them Crooked Vultures, as inúmeras participações e contribuições com nomes consagrados do Rock e os Foo Fighters são provas dessa gana por trabalho. Ele é um workaholic do mundo pop. Não faltam raça e carisma, ao contrário, ele esbanja essas características. Dito isso, afirmo: sou fã do Dave Grohl!

Por que, então, não sou fã dos Foo Fighters, trabalho ativo mais famoso de Grohl? Porque, entre outras razões, a música deles não me toca, nem melódica e nem liricamente. "Mas quem sabe assistir a um show não ajude a tirar conclusões mais bem fundamentadas?" Faz sentido, ajuda! Ajudou.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Tomei o rumo do Maracanã em um belo domingo de sol e calor, achei meu lugar e acompanhei a todo o evento. Os Raimundos e os Kaiser Chiefs deram seu recado com muita competência e ajudaram na espera pela atração principal.

Quando os Foo Fighters subiram no palco, às 21h25, e soaram os primeiros acordes Something From Nothing, percebi um som abafado e embolado que só melhorou lá pela quarta canção, Breakout, além de gritos, muitos gritos de Dave Grohl, que duraram todo o show e não me cativaram, embora os fiéis fãs estivessem em êxtase a cada hit da banda.

Pra começar, das cinco melhores músicas apresentadas no Maracanã, quatro são covers - Detroit Rock City, do Kiss, Tom Sawyer, do Rush, e Under Pressure, do Queen, todas prejudicadas por vocais e/ou instrumentais executados com técnica abaixo da necessária para as canções; e Stay With Me, do Faces, salva pela semelhança de timbre de Taylor Hawkins e Rod Stewart. Ah, a quinta melhor música? Com certeza, This Is A Call, do álbum de estreia da banda, tocada de maneira objetiva, sem rodeios ou longas jams, que foi o segundo grande problema do espetáculo.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Como assim, um defensor do Classic Rock reclamando de jams longas? Reclamando de jams? Sim, explico: uma coisa é uma jam do Hendrix, do May, do Clapton, do Gilmour ou do Page. Outra completamente diferente é uma jam dos Foo Fighters ou, pior, várias jams dos Foo Fighters. Em quase todas as canções, big hits ou não, lá estavam grandes interrupções, longas idas e voltas e repetições que não levavam a nada e perdiam efeito surpresa pela insistências nesse artifício.

Quem ouvir atentamente a versão de Dazed and Confused do mítico show que o Led Zeppelin fez no Madison Square Garden, em 1973, vai perceber que ao longo dos mais de 20 minutos a mais que a música ganhou surge o riff básico de Achilles Last Stand, gravada três anos depois - repare na introdução improvisada de If You're Going To San Francisco que rola por volta dos últimos segundos do quinto minuto. Já os Foo Fighters, certamente, não vão aproveitar nada do que rolou no Maracanã, simplesmente porque realmente é isso, descartável.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Por que não fazer o simples? Ser mais Ramones, talvez, e tocar as músicas como são: rápidas e diretas, pois não é vergonha não ser o Led Zeppelin. Ou alguém consegue justificar músicas como Best Of You durarem mais de 10 minutos? E não foi a única. The Pretender, Breakout, Monkey Wrench e All My Life também tiveram trechos estendidos além da conta.

E o cantor Dave Grohl? Ele é o típico caso que prefiro chamar apenas de vocalista, pois ele não canta bem. É recorrente em resenhas de shows da banda a seguinte frase: "Grohl compensou a falta de voz com muita energia no palco". Eu jurava que a "falta de voz" era devida a alguma lesão ou a um resfriado, mas é falta de voz mesmo. Muitos gritos e pouca melodia.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

No entanto, também há um destaque musical positivo: foi legal ver Cold Day In The Sun, pois o baterista Taylor Hawkins tem uma ótima voz e poderia ter mais números nas apresentações da banda. Também positiva, mas não necessariamente musical, é a capacidade de mobilização que a banda, na pessoa de Dave Grohl, tem. Os fãs saem, quase que todos, satisfeitos dos shows, o clima que se forma é ótimo, com camisas do Nirvana, do Black Sabbath, do AC/DC, do Paramore, mostrando como os caras são abrangentes e importantes pra essa geração do Rock.

O que concluí? Dave Grohl permanece como o cara mais legal do Rock 'n' Roll. Também é possível dizer que os Foo Fighters são a maior banda da atualidade. Digo mais, acredito que a tendência é que eles se tornem maiores ainda com o passar dos anos. Mas, como a quem é dado grande poder é também dada grande responsabilidade, eles precisam convencer a este cabeça dura que aqui escreve, o que não rolou dessa vez.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Setlist:

Something From Nothing
The Pretender
Learn to Fly
Breakout
Arlandria
My Hero
Big Me
Congregation
Walk
Cold Day in the Sun
In the Clear
This Is a Call
Monkey Wrench
Skin and Bones (Com Rami Jaffee no acordeão)
Wheels
Times Like These (Primeira metade versão acústica lenta, com apenas Dave ao Violão, segunda metade com a banda completa)
Detroit Rock City (KISS cover)
Tom Sawyer (Rush cover)
Stay With Me (The Faces cover) (Taylor on vocals)
Under Pressure (Queen & David Bowie cover) (Taylor e Dave nos vocais)
All My Life
Best of You
Everlong


Outras resenhas de Foo Fighters (Maracanã, Rio de Janeiro, 25/01/2015)

Foo Fighters: Quando o templo do futebol virou o templo do rockFoo Fighters
Quando o templo do futebol virou o templo do rock

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Foo Fighters: a tocante opinião de Brian May (Queen) sobre a bandaFoo Fighters: a tocante opinião de Brian May (Queen) sobre a banda

Entre tapas e beijos: Zakk Wylde relembra briga com Dave Grohl; é um querido, amo eleEntre tapas e beijos: Zakk Wylde relembra briga com Dave Grohl; "é um querido, amo ele"

Dave Grohl é possuído em trailer de Studio 666, o filme de horror do Foo FightersDave Grohl é possuído em trailer de "Studio 666", o filme de horror do Foo Fighters

Foo Fighters: Suas 10 músicas mais metal, pela The PitFoo Fighters: Suas 10 músicas mais metal, pela The Pit

Foo Fighters lançará filme de comédia/horror: não há banda tão imbecil pra fazer issoFoo Fighters lançará filme de comédia/horror: "não há banda tão imbecil pra fazer isso"

Max Cavalera ficou feliz da vida após Lemmy e Dave Grohl elogiarem Roots, do SepulturaMax Cavalera ficou feliz da vida após Lemmy e Dave Grohl elogiarem "Roots", do Sepultura

Foo Fighters posta histórico show de reabertura do Madison Square GardenFoo Fighters posta histórico show de reabertura do Madison Square Garden

Os dez melhores álbuns de rock alternativo lançados em 2021, pelo staff do UCROs dez melhores álbuns de rock alternativo lançados em 2021, pelo staff do UCR

As melhores músicas e o melhor álbum de 2021, na opinião de Gene SimmonsAs melhores músicas e o melhor álbum de 2021, na opinião de Gene Simmons

As 40 melhores músicas lançadas em 2021, segundo a equipe do Ultimate Classic RockAs 40 melhores músicas lançadas em 2021, segundo a equipe do Ultimate Classic Rock

Os 40 melhores álbuns de 2021, segundo a equipe do site Ultimate Classic RockOs 40 melhores álbuns de 2021, segundo a equipe do site Ultimate Classic Rock

Guns, Foo Fighters, Kiss e Megadeth são anunciadas como atrações de festival nos EUAGuns, Foo Fighters, Kiss e Megadeth são anunciadas como atrações de festival nos EUA

Foo Fighters: show é um sucesso e Gene Simmons, do Kiss, sobe ao palco para dar gorjetaFoo Fighters: show é um sucesso e Gene Simmons, do Kiss, sobe ao palco para dar gorjeta

Dave Grohl: homenagem ao judeu barulhento Van Halen com cover de JumpDave Grohl: homenagem ao "judeu barulhento" Van Halen com cover de "Jump"

Rolling Stone: Iron Maiden e Foo Fighters na lista de melhores álbuns de 2021Rolling Stone: Iron Maiden e Foo Fighters na lista de melhores álbuns de 2021


Foo Fighters: Dave Grohl queria que Lemmy estivesse vivo para ouvir músicaFoo Fighters: Dave Grohl queria que Lemmy estivesse vivo para ouvir música

Smashing Pumpkins: a opinião de Billy Corgan sobre Pearl Jam e Foo FightersSmashing Pumpkins: a opinião de Billy Corgan sobre Pearl Jam e Foo Fighters

Dave Grohl: Na época, é claro que deixaria Kurt Cobain mudar as minhas letrasDave Grohl: "Na época, é claro que deixaria Kurt Cobain mudar as minhas letras"


Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo


Sobre Marcos Neves Jr.

Jornalista por profissão e ouvinte de música por hobby e namorado da Mariana por amor. A banda que mais toca o meu coração é o Queen, desde quando ouvi Bohemian Rhapsody pela primeira vez, em 1989. Nasci no ano do The Works, do Grace Under Pressure, do Powerslave, mas minha onda preferida é a da década de 1960. Sons como Cream, The Rolling Stones, The Doors, The Beach Boys e, acima de todos, The Beatles são dos que mais rolam nas minhas playlists.

Mais matérias de Marcos Neves Jr..