Matérias Mais Lidas

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemPantera tocará no festival Knotfest Brasil, segundo jornalista

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemAmy Lee comenta demissão de Jen Majura e diz que é preciso "ouvir o universo"

imagemAntes do Led Zeppelin, Robert Plant tentou entrar em outra banda famosa

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemDave Mustaine não queria usar as ideias de Ellefson, diz ex-baixista do Megadeth

imagemLed Zeppelin: O motivo pelo qual Jimmy Page não gosta de "All My Love"

imagemO motivo pelo qual Frank Zappa não gostava de Jim Morrison e o The Doors

imagemSamuel Rosa chama guitarrista do Pearl Jam de "menino mimado" por quebrar instrumentos

imagemDave Mustaine revela que Megadeth gravou cover do Judas Priest para a Amazon

imagemA reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

imagemMustaine diz que tentou criar ambiente agradável para gravação de novo álbum do Megadeth


2022/07/09
2022/08/18

Doogie White: em São Paulo, umas das maiores vozes do rock

Resenha - Doogie White (Blackmore, São Paulo, 06/03/2010)

Em 09/03/10

O ano de 2010 começou com tudo. Muitos shows internacionais já rolaram, pros mais diferenciados gostos: Metallica, Iced Earth, Vince Neil, Coldplay, Cannibal Corpse, NOFX... E o mês de Março promete ser um dos mais agitados, pois no mínimo acontecerão dois shows por semana. No último sábado, o Sirenia tocou no Carioca Club, e no Blackmore, teríamos a apresentação de Doogie White, o excelente vocalista escocês que já tocou com Yngwie Malmsteen, Empire, Cornerstone e Rainbow.

Infelizmente, talvez por essa grande quantidade de shows do começo de ano, poucas pessoas estiveram presentes no Blackmore Rock Bar (tradicional casa rockeita localizada no bairro de Moema). Outros podem culpar o valor do ingresso, vendidos antecipadamente por R$60,00 e R$70,00, e no dia do show por R$80,00. "Pagar tudo isso pra ver o Doogie White tocando com músicos brasileiros é um abuso". Há quem tenha esse pensamento, o qual acho muito equivocado. Temos que aplaudir a iniciativa de produtores desses shows de menor porte, mas com artistas renomados, que pensam em boas alternativas para tornar tudo viável, como por exemplo, realizar o show num lugar pequeno e com músicos brasileiros - e MUITO bons (e eles também precisam de grana pra sobreviver). Mesmo com a possibilidade de prejuízo, os produtores metem as caras e arriscam, e graças a eles, temos grandes shows, como foram os de John Lawton e Tony Martin, ambos no Blackmore e ambos com banda de apoio formada por músicos daqui.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Problemas de logística à parte, vamos ao show! Em duas horas, Doogie White fez um apanhado de toda sua carreira. Ao lado do norte-americano Andy Robbins (baixo) e dos brasileiros Daemon Ross (guitarra), Bruno Sá (teclados) e Leonardo Pagani (bateria), ele mostrou porque é considerado umas das maiores vozes do rock 'n' roll: interpretou de maneira incrível todas as músicas, vocalmente impecável, técnica e emocionalmente. Ele adorou o quadro da parede do bar - uma grande pintura do guitarrista Ritchie Blackmore - pois diversas vezes apontou para a imagem, como se estivesse sob a supervisão do antigo "chefe".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Clássicos do Rainbow, como "Long Live Rock 'n' Roll", "Ariel", "Wolf to the Moon" e "Hall of the Mountain King" agitaram os presentes, que estavam pouco participativos no começo do show, mas logo foram contagiados pela empolgação e simpatia o vocalista. Impossível não curtir o show, pois além daquela grande voz, os músicos que o acompanhavam mostraram a que vieram. Daemon Ross tocou demais, e não decepcionou na hora dos solos originalmente criados por Blackmore. O tecladista Bruno Sá é excelente, "maquinado" com seus três teclados, além de fazer todos os backing vocals com muita afinação. A cozinha formada por Andy Robbins e Leonardo Pagani mostrou muita sintonia e ótima pegada. Doogie sabia que estava muito bem acompanhado e isso era evidente na sua expressão.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

O set-list privilegiou seus tempos de Rainbow, mas suas músicas com outras bandas não foram esquecidas. Destaque para "The Rulers of the World" e "Manic Messiah" (Empire), "Wounded Lands" e "When the Hammer Falls" (Cornerstone) e Razor Eater (Malmsteen). Uma música de seu vindouro trabalho solo, a ser lançado em Julho, também foi tocada: "Come Taste the Band".

Com seu sotaque escocês, ele conversou bastante com o público durante o show, e fez questão de mencionar que era seu aniversário - completou 50 anos e foi presenteado com uma torta de limão em pleno palco! Todo o carisma de Doogie pode ser comprovado pelo público logo depois que o show terminou: ele atendeu fãs no mesanino, distribuindo autógrafos, tirando fotos e batendo papo, com muito bom humor.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda tributo ao Deep Purple, Purplestorm (que faria a abertura da noite) subiu ao palco quase às quatro da manhã e tocou para os poucos que ainda estavam no Blackmore. E fizeram um excelente show, tocando músicas de todas as fases da banda, com destaque para o vocalista Cezar Santana, o guitarrista Fernando Piu e o baterista Daniel Labó, um animal com as baquetas. E pra coroar essa grande noite, Doogie White subiu ao palco e pediu pra cantar com os caras. Executou com maestria os clássicos "Mistreated", "Soldier of Fortune" e dividiu os vocais com Cezar em "Burn". Ele abraçou e cumprimentou cada um dos músicos, desceu do palco e ainda ficou mais um tempo no meio da galera, para depois voltar e colocar o local abaixo com a saideira: "Perfect Strangers".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Uma pena que um show como esse não pode ser apreciado por mais pessoas, já que o considero com um dos grandes desse ano de 2010 e todos sabemos que um músico como Doogie White merece muito mais. Mas, com pouca ou muita gente, LONG LIVE ROCK 'N' ROLL!

Set-list de Doogie White:
Spotlight Kid (Rainbow)
Too Late for Tears (Rainbow)
Long Live Rock 'n' Roll (Rainbow)
When the Hammer Falls (Cornerstone)
Wounded Land (Cornerstone)
Razor Eater (Malmsteen)
Come Taste the Band (solo)
Wolf to the Moon (Rainbow)
Ariel (Rainbow)
The Rulers of the World (Empire)
Manic Messiah (Empire)
Black Masquerade (Rainbow)
Hall of the Mountain King (Rainbow)

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

BIS:
Gates of Babylon (Rainbow)
Singing Alone (Cornerstone)

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Fotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss

Marilyn Manson: ele removeu costelas para praticar autofelação?