Resenha - Festa do Dia Mundial do Rock Brasil 2000 (Broadway, São Paulo, 14/07/2002)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carol Oliveira e Patrícia De Pierro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Edu Falaschi - Angra
Edu Falaschi - Angra
A rádio Brasil 2000 comemorou antecipadamente o Dia Mundial do Rock e levou à casa noturna Broadway no dia 11 de julho as bandas Inocentes, Holy Tree e Angra.

Separados no nascimento: Sebastian Bach e Fernanda LimaIron Maiden: ouça o baixo de Steve Harris isoladamente

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quem abriu o show foi o ex-calouro do Raul Gil - agora contratado pela Warner - Russo. Sua performance impressionou a todos, pois o cara canta, toca violão, gaita e ainda faz a percussão, quase tudo ao mesmo tempo. No repertório clássicos de Janis Joplin, Creedence e Led Zeppelin.

Na sequência veio a galera do Holy Tree, para quem não conhece é a banda que acompanha o Supla. George (guitarra e vocal), Tito (baixo) e Zé (bateria) mostraram que são muito mais do que a banda de apoio do Supla e mandaram um punk rock de primeira com músicas próprias cheias de influências de Clash e Sex Pistols e alguns covers.

Depois de uma longa espera, subiu ao palco aquela que visivelmente era a banda mais aguardada da noite. O Angra fez um show curto e com equipamento da casa, o que prejudicou um pouco a qualidade do som. Abriram, como de costume, com "Nova Era" seguindo com "Metal Icarus" e "Rebirth".

Clemente - Inocentes
Clemente - Inocentes
O show contou com a participação especial e um tanto inusitada, do guitarrista do Sepultura Andreas Kisser na música "The Number of the Beast", cover do Iron Maiden. Durante a execução da mais pedida "Carry On" uma falha no equipamento interrompeu o som das guitarras, deixando Kiko e Rafael na mão e os fãs sem ouvir o final da música. Para salvar a banda do constrangimento, Aquiles emendou um solo de bateria com um trecho de "Painkiller". Fecharam o show com "Angels Cry" e com uma homenagem à seleção pentacampeã, tocando a versão heavy metal de "Pra frente Brasil".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A apresentação do Inocentes começou por volta das três horas da manhã e a essa altura grande parte do público já tinha ido embora. Sorte de quem ficou, pois pôde conferir músicas como "Pânico em SP", "Desequilibrio" e "Expresso Oriente" sendo executadas com muita energia por Clemente, Ronaldo, Anselmo e Nonô. Tocaram também o hit "Cala a Boca" do álbum Embalado à Vácuo, que foi cantado em coro pelo público, além dos covers "Verme" (Garotos Podres) e "São Paulo" (365).

Em seguida se apresentou a banda Merkinball (Pearl Jam cover) e para fechar a noite O Surto. Porém nem vamos comentar aqui o show dessa última banda, já que como quase todo o público - que preserva seus ouvidos - fomos embora antes do início da apresentação da mesma.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Angra"Todas as matérias sobre "Inocentes"Todas as matérias sobre "Holly Tree"


Angra: com Sandy e Alissa, sucesso de Black Widow's Web não era esperadoAngra
Com Sandy e Alissa, sucesso de "Black Widow's Web" não era esperado

Ed Motta: brasileiros que tocam no exterior discutem desabafoEd Motta
Brasileiros que tocam no exterior discutem desabafo


Separados no nascimento: Sebastian Bach e Fernanda LimaSeparados no nascimento
Sebastian Bach e Fernanda Lima

Iron Maiden: ouça o baixo de Steve Harris isoladamenteIron Maiden
Ouça o baixo de Steve Harris isoladamente


Sobre Carol Oliveira

Seu primeiro contato com o metal foi em 1993, quando, na época com 13 anos de idade, driblou a censura do Parque Antártica para assistir a apresentação do Metallica. Desde então gasta horas do seu dia e boa parte do seu salário vasculhando o que há de melhor entre os vários estilos musicais. Curte dos clássicos setentistas, passando pelo hard rock "farofa", heavy metal e até mesmo indie e britpop. Formada em Radio e TV, já trabalhou em veículos como a Rádio Transamérica e o SBT, hoje é uma das sócias da MiG-18, a primeira agência de comunicação voltada pro mercado musical.

Mais matérias de Carol Oliveira no Whiplash.Net.

Sobre Patrícia De Pierro

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Patrícia De Pierro no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280