Nightwish: Tarja Turunen fala sobre sua demissão da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Fonte: Tarja Turunen - site oficial
Enviar correções  |  Comentários  | 

Tarja Turunen publicou em seu site oficial uma carta onde comenta sobre sua saída do NIGHTWISH.

5000 acessosMetal contra o câncer: festival aceita "cabelo" como ingresso5000 acessosMetallica: Trujillo e seus primos, membros de gangues

Leia a íntegra do texto abaixo:

"Desde o último domingo de manhã, revistas, jornais, rádio, TV, fã clubes e fãs de todo o mundo têm me pedido uma posição sobre o ocorrido. São tantos os pedidos que é fisicamente impossível responder a todos. Portanto decidi colocar algumas palavras neste texto para demonstrar a meus fãs, familiares, amigos e ao público em geral como me sinto perante o que ocorreu.

Este é um momento de aflição e sofrimento, acho muito difícil até de se falar. Estou na Argentina, espero que vocês entendam que tudo foi tão chocante como um divórcio, eu não quis ficar sozinha em minha casa na Finlândia, meu marido havia comprado passagens para a Argentina há muitos meses e eu decidi viajar com ele no último minuto.

O fato é que estou na Argentina, apesar da distância naturalmente não significar uma desculpa para não comentar a situação.

A última sexta-feira, 21 de outubro, era um dia que a banda aguardava há bastante tempo. Logo cedo, como de costume, fiquei aborrecida e nervosa por não conseguir cantar durante os ensaios. O nervosismo era maior pois a previsão é que o show fosse mais longo que o usual. Além disso, teríamos convidados especiais, mais trocas de roupas que o normal e pela primeira vez telões e uma grande produção no palco. Sem esquecer que o show seria gravado e filmado.

Nós cinco finalmente chegamos ao Hartwall Arena (N.do editor: local onde foi realizado o show). Embora soubéssemos de antemão que os ingressos estavam esgotados, no palco nos deparamos com os gritos, aplausos e aclamação das pessoas em cada cadeira. A sensação era indescritível. Nunca me esquecerei o quão grandiosa foi a experiência de sentir a recepção da platéia finlandesa.

Quando o show acabou, chorei de felicidades no palco. Foram lágrimas de felicidade pois consegui dar o máximo de mim como sempre embora estivesse cansada. Lágrimas de felicidade pois nossa longa turnê foi a melhor possível e lágrimas de felicidade pois o melhor reconhecimento que um artista pode obter se traduz em aplausos e expressões sorridentes. Naquele instante eu não sabia que em breve choraria novamente.

Depois do show, os rapazes da banda me chamaram para os bastidores para me juntar a eles e me perguntaram se eu queria comemorar. Aquilo me soou estranho, pois era a mesma comemoração que tradicionalmente fazíamos antes de cada show. Aquela tradição permaneceu entre nós, mesmo com a crescente tensão e aumento das pressões que vínhamos sofrendo há um bom tempo.

Minha reação de imediato foi agradecer a todos, o que fiz ruidosamente sem obter nenhum retorno. Logo após, me deram uma carta e pediram para lê-la no dia seguinte. A mesma carta que se tornou pública.

Li e fiquei chocada.

Não soube o que dizer e no instante em que escrevo estas linhas ainda não sei. Senti uma mágoa muito grande naquela carta e continuo não entendendo direito, mas não quero retrucar esta mágoa com uma mágoa ainda maior. Assuntos privados nunca deveriam ir à público.

Sei que o momento que passamos é muito triste para todos, inclusive para eles (N.do editor: os outros integrantes da banda).

Apesar de haver inúmeras maneiras de expressar o que eles queriam me dizer com a carta, continuo sem entender por qual motivo decidiram fazer desta forma. Peço desculpas se eles não me compreenderam. Não me reconheço perante a descrição que fizeram de mim.

Disseram coisas sobre minha pessoa, mas o fato é que envolveram Marcelo, meu marido, (portanto) passaram dos limites. Ele é o homem que eu amo, meu amigo e têm sido meu grande companheiro nos últimos anos.

Fomos parceiros de banda por nove anos, tivemos bons e não tão bons momentos. Achava que os conhecia, mas estava enganada. Mesmo assim, o que aconteceu não faz com que sejam diabólicos aos meus olhos.

Agora é hora de se acalmar e refletir sobre o que aconteceu. Preciso reagrupar meus sentimentos e prometo que em breve voltarei à público. Convocarei uma coletiva onde anunciarei meus projetos futuros. Mas não esperem que eu aproveite a oportunidade para atacar alguém, isto não vai acontecer. A música maravilhosa que criamos não vai ser afetada pelos recentes acontecimentos.

Muito obrigado a todos que estão me apoiando nestes tempos difíceis. Minha família, amigos, colegas e o grande número de fãs. Amo vocês e realmente sinto que não lhe decepcionei.

Tarja"

(Colaboraram: Natália, Rafael Wambier dos Santos, Rafael Rocha Soares, Leticia Cacciolari e Filipe Paz Rodrigues)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Nightwish: a saida de Tarja Turunen

2235 acessosNightwish e Tarja: será o fim?5000 acessosSegundo o site oficial, Tarja está fora do Nightwish5000 acessosFã site diz que Tarja está desconsolada com sua saída5000 acessosPedaço da carta da Tarja não traduzida em inglês5000 acessosTréplica de Tuomas, do Nightwith, para carta de Tarja5000 acessosPronunciamento oficial de Tarja Turunen rolará no dia 115000 acessosNightwish não quer clone de Tarja; novo álbum só em 20075000 acessosTarja Turunen chora em vídeo: assista5000 acessosTuomas dá entrevista sobre saída de Tarja5000 acessosMais um capítulo na guerra Tarja x Nightwish?5000 acessosParecer sobre Tarja e Nightwish5000 acessosFalta de acordo pode adiar DVD do Nightwish5000 acessosMarido de ex Nightwish responderá emails4102 acessosLivro diz que marido causou saída de Tarja5000 acessosMarido de Tarja responde a 150 perguntas dos fãs5000 acessosTuomas, do Nightwish, dá sua versão dos fatos5000 acessosTarja Turunen: "difícil retornar ao Nightwish"5000 acessosTarja Turunen: "não quero deixar o Heavy Metal"5000 acessosTarja Turunen estranha o calor humano de nova banda5000 acessosEm 21/10/2005: Tarja Turunen é dispensada do Nightwish5000 acessosNightwish: marido de Tarja processando banda por livro5000 acessosTarja Turunen: sem interesse de voltar para o Nightwish5000 acessosNightwish: Tarja duvida muito que possa ocorrer uma reunião5000 acessosNightwish: as singelas homenagens entre Tarja e Tuomas5000 acessosAnette Olzon: "Eu fui demitida exatamente como Tarja também foi"5000 acessosNightwish: Tarja fala de relação com Anette Olzon e Floor Jansen5000 acessosNightwish: Anette quer conhecer Tarja Turunen pessoalmente0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish: a saida de Tarja Turunen"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 25 de outubro de 2012

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish: a saida de Tarja Turunen"0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish"

CâncerCâncer
Festival aceita "cabelo" como ingresso

MetallicaMetallica
Trujillo e seus primos, membros de gangues

Guitar HeroGuitar Hero
Veja como o jogo desgraçou uma geração inteira

5000 acessosLindo Demais: conheça o London, o primeiro smartphone da Marshall5000 acessosFree: a paixão de Dave Murray por Paul Kossoff5000 acessosEmos: 23 músicas que já estiveram na sua playlist5000 acessosGuns N' Roses: o mais marcante riff de introdução5000 acessosA Vida Pós-bilau: vocalista do Life of Agony abre o jogo5000 acessosGeezer Butler: "não sou o maior baixista de todos os tempos"

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online