Tarja Turunen: "não quero deixar o Heavy Metal"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Carnovale, Fonte: Mundo Rock
Enviar correções  |  Comentários  | 

O Portal Mundo Rock conversou com exclusividade com a ex-vocalista do NIGHTWISH, Tarja Turunen, aproveitando sua visita ao Brasil no mês de novembro, para falarmos sobre seu primeiro CD solo (“My Winter Storm”) que sairá no Brasil pela Universal, e ainda para conhecermos mais um pouco do trabalho solo desta talentosa vocalista. Ainda tivemos tempo para falar rapidamente do NIGHTWISH.

5000 acessosSeparados no nascimento: Bruce Dickinson e Leopoldo Pacheco5000 acessosHeavy Metal (o filme): trilha sonora do caralho!

Por: Rafael Carnovale.
Entrevista publicada no Portal Mundo Rock:

Mundo Rock: Em suas primeiras entrevistas, ainda como vocalista do Nightwish, você deixou bem claro que o Heavy Metal não era seu estilo favorito. De fato ao ouvir músicas como “I Walk Alone” e “The Reign”, é possível concluir que você está muito mais focada no Hard-Pop. Porque você decidiu explorar estes estilos?

Tarja Turunen: "Era uma escolha óbvia. Há um ano e meio quando começamos a trabalhar na minha carreira solo eu já sabia que como artista era muito mais do que uma cantora de Metal. Tenho um gosto musical muito variado, e minha voz me permite explorar muitos estilos. Não queria que meus trabalhos fossem considerados apenas como Metal ou apenas como clássico, ou até mesmo como ambos. Queria sim algo mais complexo, que me mostrasse por total como uma artista. Algo que una ambos os estilos, ainda com uma atmosfera cinematográfica. Para ser sincera, por mais que eu fale você só poderá entender o que eu quero mostrar ao ouvir o CD, e se possível dar a ele uma chance, ouvindo mais de uma vez. É algo majestoso, mais complexo".

Mundo Rock: Diferente do seu trabalho no CD comemorativo da Nuclear Blast (“Into the Light”), que por sinal ficou muito bom...

Tarja Turunen: "Obrigada! Foi muito divertido participar. O pessoal é muito legal e Victor é um grande compositor. Foi muito interessante, e gostei muito do resultado".

Mundo Rock: Você gravou uma boa versão para “Poison”, de Alice Cooper. Confesso que, apesar da música ter um certo direcionamento que justificaria seu uso, a surpresa foi grande. Como se deu essa idéia?

Tarja Turunen: "Olha, são essas coisas curiosas que não têm uma explicação concreta. Entre os meses de abril e maio eu estava em dúvida se colocaria um 'cover' ou não no CD. Tinha algumas idéias, dicas de amigos e familiares, mas estava perdida, e precisava de uma decisão. Num passeio de carro me lembro de ter sintonizado a rádio em diversos momentos, e pelo menos 5 vezes eu ouvi 'Poison' (Risos). Acredite depois da quinta vez eu sabia que esta era a faixa. Lembro de, com 15 anos de idade, ter ido ver Alice Cooper ao vivo, e foi maravilhoso".

Mundo Rock: Você já mencionou que queria manter o Heavy Metal vivo no seu CD. Por isso chamou músicos como Kiko Loureiro (Angra)?

Tarja Turunen: "Definitivamente! Não quero deixar o Heavy Metal por completo. É muito curioso ver que fãs de Metal sempre comparecem aos meus shows mais voltados para a música clássica, logo não tenho porque deixar o estilo de lado. Pensei nele, até porque já os vi tocando e gostei do estilo. Reservei três músicas para Kiko, e ele foi brilhante".

Mundo Rock: E o que você pode nos dizer sobre o projeto “Noches Escandinavas”. Podemos esperar uma continuação em 2008?

Tarja Turunen: "Encontrei com o pessoal recentemente. Alguns estão na Holanda. Pensamos em fazer uma turnê pela Ásia, ou Alemanha, mas não temos nada definido ainda".

Mundo Rock: Desde o final de 2005 sua vida tem sido marcada por vários eventos, alguns bons, outros nem tanto. Como você se sente agora? Está pronta para subir de novo ao palco e encarar os fãs como na época do Nightwish?

Tarja Turunen: "Acredite, mal posso esperar! (empolgada). Estamos começando os shows em novembro, com 10 pequenos eventos. Pensamos em voltar em abril para o Brasil e Sul-América. Mal posso esperar para tocar meu novo CD ao vivo".

Mundo Rock: Você está cercada de uma banda muito boa, Doug Wimbish (LIVING COLOUR) é um excepcional baixista...

Tarja Turunen: (Interrompendo) "E um doce de pessoa. Lembro que ele entrava no estudio e me cumprimentava dizendo 'como vai pequena Mrs. Sunshine?' (Risos). Além de Doug ainda temos Mike Terrana na bateria..."

Mundo Rock: Outro matador ao vivo...

Tarja Turunen: "Eu sei (Risos)... estou muito empolgada, porque estamos com um conjunto muito legal. Teremos dois tocadores de cello, um do Apocalyptica, além de meu irmão mais novo nos teclados. Ainda estou vendo a inclusão de mais um tecladista. Estou muito empolgada!"

Mundo Rock: Olhando para o passado você acha que a situação do Nightwish poderia ter sido conduzida de outra forma? A ruptura era mesmo necessária?

Tarja Turunen: "Na verdade não tive escolha! Não me deram a chance de escolher. Todos temos problemas na vida, e os da banda não eram diferentes, mas não falávamos uns com os outros..."

Mundo Rock: Coisa comum entre os finlandeses!

Tarja Turunen: (Risos) "Você pensa assim por causa do que aconteceu... de fato tem razão... fomos frios uns com os outros. Mas quando fixei residência também na Argentina pude ver que existe sim a chance de se expressar mais, ser ouvida, ouvir, e sentir o calor humano entre as pessoas. Isso me ajudou muito a melhorar a maneira como expresso meus sentimentos. É um aprendizado que eu jamais poderia ter se não estivesse visitando outros países".

Mundo Rock: Hoje bandas como Evanescence e Lacuna Coil, entre outras, fazem sucesso tendo mulheres como vocalistas. Você gosta destas bandas?

Tarja Turunen: "Claro, até porque sou parte disso. Muitas boas bandas têm surgido com vocalistas de talento e que cantam com muita paixão e amor. Não é fácil ser uma 'front-lady' e você tem que realmente curtir, amar a música para se dar bem. Quanto a uma ou outra banda, não saberia dizer, pois gosto de muitas bandas".

Mundo Rock: Tarja, obrigado pela entrevista e sorte na sua nova carreira!

Tarja Turunen: "Eu adoro vocês todos! Muito obrigada pelos emails, posts em 'blogs' e 'websites', e estou muito feliz de poder tocar para vocês novamente. Sempre fui muito amada no Brasil e me sinto em casa quando estou aí. Me dêem uma chance de mostrar o meu trabalho, pois eu quero muito tocar para vocês!"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Nightwish: a saida de Tarja Turunen

2437 acessosNightwish e Tarja: será o fim?5000 acessosSegundo o site oficial, Tarja está fora do Nightwish5000 acessosFã site diz que Tarja está desconsolada com sua saída5000 acessosNightwish: Tarja Turunen fala sobre sua demissão da banda5000 acessosPedaço da carta da Tarja não traduzida em inglês5000 acessosTréplica de Tuomas, do Nightwith, para carta de Tarja5000 acessosPronunciamento oficial de Tarja Turunen rolará no dia 115000 acessosNightwish não quer clone de Tarja; novo álbum só em 20075000 acessosTarja Turunen chora em vídeo: assista5000 acessosTuomas dá entrevista sobre saída de Tarja5000 acessosMais um capítulo na guerra Tarja x Nightwish?5000 acessosParecer sobre Tarja e Nightwish5000 acessosFalta de acordo pode adiar DVD do Nightwish5000 acessosMarido de ex Nightwish responderá emails4257 acessosLivro diz que marido causou saída de Tarja5000 acessosNightwish: Marido de Tarja responde a 150 perguntas dos fãs5000 acessosTuomas, do Nightwish, dá sua versão dos fatos5000 acessosTarja Turunen: "difícil retornar ao Nightwish"5000 acessosTarja Turunen estranha o calor humano de nova banda5000 acessosEm 21/10/2005: Tarja Turunen é dispensada do Nightwish5000 acessosNightwish: marido de Tarja processando banda por livro5000 acessosTarja Turunen: sem interesse de voltar para o Nightwish5000 acessosNightwish: Tarja duvida muito que possa ocorrer uma reunião5000 acessosNightwish: as singelas homenagens entre Tarja e Tuomas5000 acessosAnette Olzon: "Eu fui demitida exatamente como Tarja também foi"5000 acessosNightwish: Tarja fala de relação com Anette Olzon e Floor Jansen5000 acessosNightwish: Anette quer conhecer Tarja Turunen pessoalmente0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish: a saida de Tarja Turunen"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish: a saida de Tarja Turunen"0 acessosTodas as matérias sobre "Tarja Turunen"0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Bruce Dickinson e Leopoldo Pacheco

Heavy MetalHeavy Metal
Universo em fantasia; uma trilha sonora do caralho!

PunkPunk
10 músicos que são mais ricos do que você pensa

5000 acessosRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus5000 acessosOzzy Osbourne: No Rock In Rio, má impressão sobre o Brasil5000 acessosSlash: explicando como foi seu primeiro contato com Justin Bieber4820 acessosIron Maiden: vídeo mostra "todos bem loucos" no Fúria Metal em 925000 acessosDimebag Darrell: A opinião dele sobre Zakk Wylde5000 acessosMarco Feliciano: deputado desmente mensagem sobre roqueiros

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online