Tom Araya: as pessoas vão ter que aprender a gostar do Slayer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Michael Hamad, do CTow, recentemente conduziu uma entrevista com o baixista/vocalista do SLAYER, Tom Araya. Alguns trechos desta conversa estão disponíveis abaixo.

Sobre a morte do guitarrista-fundador Jeff Hanneman, que morreu de uma cirrose alcoólica em maio:

Tom: "Eu sinto muitas saudades. Eu tenho que me lembrar que não vou mais vê-lo. Ele não vai mais ser uma parte de mim.... Ele não era uma parte da banda pelos últimos dois anos; era temporário e agora é permanente."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre ter a rota comercial balançada na frente do SLAYER todos esses anos:

Tom: "Quando nós havíamos acabado de gravar 'Divine Intervention' [1994], eles tiveram uma grande reunião com a gravadora e um dos representantes falou: 'Vocês tem um grande álbum aqui, mas nós poderíamos usar uma canção mais amiga das rádios.' Hanneman Respondeu: 'Você acabou de dizer que temos um ótimo disco. Descubra qual música você quer nas rádios e a coloque lá.' Após isso nunca tivemos uma reunião com o A&R [artistas e repertório]."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Nós fazemos o que queremos e realmente gostamos como uma banda. Nós percebemos que as pessoas vão ter que aprender a gostar do SLAYER. Em 30 anos de existência nós escrevemos algumas grandes músicas e fizemos grande álbuns, e nós nunca tivemos que depender somente de um hit. Nós nos juntávamos, escrevíamos umas músicas, e se uma delas caia no rádio, ótimo. Se não, está ótimo também."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre as contribuições de Hanneman para o próximo álbum do SLAYER:

Tom: "Jeff aparecia de vez em quando. Nós começamos a trabalhar em ideias para o novo álbum, isso permitiu que ele visse seu potencial para tocar. O que nós, ao final, colocamos no álbum é uma outra história, mas Jeff era grande parte dele, não tanto quanto eu gostaria que ele fosse. Era realmente difícil para ele, mas nós sempre nos encontrávamos para ensaiar. É aí que estávamos."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Fotos de Infância: Ozzy OsbourneFotos de Infância
Ozzy Osbourne

Capas de disco: como seriam se fossem gifs animadosCapas de disco
Como seriam se fossem gifs animados


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336 Goo336 Cli336 GooInArt