Roberto Carlos: E se ele tocasse no Rock in Rio 2015?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por André Dehoul, Fonte: youtube e whiplash
Enviar correções  |  Ver Acessos

No post "Rock in Rio: Roberto Carlos na edição de 2015?", do colaborador Paulo Pontes (link ao fim da matéria) os comentários foram desde "o que ele (Roberto Carlos) tem a ver com o Rock in Rio" e "nem de brincadeira", como "ele (o Roberto) é o pioneiro do Rock no Brasil" e coisa e tal, ou seja, deu ibope e criou polêmica.

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaBlack Sabbath: Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Li, achei graça e fiquei realmente pensando: e se Roberto Carlos tocasse no Rock in Rio 2015?

Antes de mais nada é bom lembrar que o intuito do Rock in Rio nunca foi o de ser um festival exclusivo de rock, muito menos de hard ou metal. Desde a primeira edição veio recheado de pop, R&B e MPB (James Taylor, George Benson, Ivan Lins, etc.), e por motivos óbvios, o bom e velho rock'n'roll e suas vertentes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nesta linha de raciocínio Roberto Carlos já se encaixaria pelo simples fato de ser MPB e mais ainda se lembrarmos que foi o "rei" quem encabeçou o movimento pop rock chamado jovem guarda.

Pela jovem guarda faz muito mais sentido ainda estar em um Rock in Rio do que as Kety Perrys da vida, mas vamos devagar com o andor.

Me parece óbvio que o "rei" não vai dar as caras no festival.

Primeiro pela magnitude do evento (ele só faz shows em casas de espetáculos, navios e estúdios de TV) e segundo pela própria exposição (ao que é totalmente averso, ou estamos acostumados a vê-lo sem ser no final do ano?).

Mas fiquei viajando aqui no computador, ouvindo "algumas canções do Roberto" e imaginei um Roberto Carlos ainda jovem, rocker, sem ombreira bisonha ou rosa na lapela e resolvi postar cinco vídeos com músicas das décadas de sessenta e setenta.

Tem do rock'n roll clássico a uma pegada black music (que ele soube aproveitar muito bem no fim dos anos sessenta e início dos setenta) e acredito que seria uma set list digna de um Rock in Rio.

Link da matéria "Rock in Rio: Roberto Carlos na edição de 2015?"

Rock in Rio: Roberto Carlos na edição de 2015?Rock in Rio
Roberto Carlos na edição de 2015?

Ouça, curta e comente. O que você acha?

Noite de Terror - Roberto Carlos Canta para a Juventude [1965]

Não Vou Ficar - Roberto Carlos [1969]

Você Não Serve pra Mim - Roberto Carlos Em Ritmo de Aventura [1967]

Negro Gato - Roberto Carlos [1966]

Todos Estão Surdos - Roberto Carlos [1971]

Bônus:

Todos Estão Surdos - Chico Science e Nação Zumbi (Clipe MTV)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Rock In Rio"Todas as matérias sobre "Roberto Carlos"


A escolhida do Axl Rose: minhas memórias favoritas do Rock in RioA escolhida do Axl Rose
Minhas memórias favoritas do Rock in Rio

Rock in Rio: Iron Maiden pediu água vulcânica no camarim, mas sem exigências bizarrasRock in Rio
Iron Maiden pediu água vulcânica no camarim, mas sem exigências bizarras


Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista

Black Sabbath: Perguntas e respostas e curiosidades diversasBlack Sabbath
Perguntas e respostas e curiosidades diversas


Sobre André Dehoul

Sou um psicólogo nascido no ano dos álbuns de estreia do Kiss e Rush; no mesmo ano de "Stone Cold Crazy" do álbum "Sheer Heart Attack" do Queen; "I Shot The Sheriff", "Band on the Run" e "You Ain't Seen Nothin'Yet" estão nas rádios. Rock é excência, de Elvis Presley a Little Richard , de Beatles a Sabbath, de T. Rex a Led Zeppelin, de Rush a Pink Floyd. Não sou purista ou "true" segundo os mais novos, apesar de minha preferência pelo hard rock e metal tradicional. Tenho bronca de algumas subdivisões pós modernas do metal (nesse ponto sou purista, prefiro sem gelo). Conheci depois de velho o stoner rock e gostei (o retorno aos setenta sempre é bem vindo). Este sou eu.

Mais matérias de André Dehoul no Whiplash.Net.

adGoo336