Copa do Mundo: E se as nações trocassem os hinos por Rock 'n Roll?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruno Prado
Enviar correções  |  Ver Acessos

Recentemente o Whiplash publicou uma boa matéria assinada pelo Mateus Ribeiro imaginando como seriam as músicas de incentivo para cada seleção da Copa de 2018.

Copa do Mundo do Rock: Uma música para cada SeleçãoCopa do Mundo do Rock
Uma música para cada Seleção

Inspirado por essa matéria surgiu uma ideia curiosa: que tal se ao invés de tocar os hinos dos países naquela cerimônia formal antes dos jogos, as seleções pudessem entrar em campo de uma forma vibrante, com show de luzes e ao som de alguma música que as representem, tal como ocorre no Boxe e MMA?

Mas ao contrário da matéria supracitada, a ideia aqui seria sugerir músicas que possam representar a nação em si e não sua equipe de futebol.

Pensando nisso, eis algumas sugestões (do universo do rock 'n roll, claro) que cada país poderia usar:

A RÚSSIA dona da casa tem diversas opções pra escolher mas sugerimos "Back In The U.S.S.R", dos BEATLES, não apenas porque lembra um período em que ela era poderosa e influente na política mundial, mas também porque o maior país do mundo cai bem com a maior banda do mundo.

A ARÁBIA SAUDITA poderia usar "Gasoline", do AUDIOSLAVE, para ostentar e relembrar a importância do seu "ouro negro" para a sociedade.

De Powerslave a Creeping Death, música para o EGITO é o que não falta também. Mas dessa vez vamos sugerir a própria "Egypt", do DIO, cujo título é o nome do país.

O URUGUAI, por não ter algo tão singular, poderia entrar ao som de "Conquistadores", do RUNNING WILD, já que a letra fala sobre a colonização das Américas, contexto no qual a terra de Suárez está inserida.

A PORTUGAL de CR7 sugerimos "Vira-vira", dos MAMONAS ASSASSINAS, na falta de algo melhor. Apesar da sacanagem com os lusitanos, até que a música tem riffs do c#$%&lho...

Para a ESPANHA fica a dica de "For Whom The Bell Tolls", do METALLICA, como uma forma de lembrar que muitas vidas foram perdidas na guerra civil para que o país permanecesse unido.

"Kashmir", do LED ZEPPELIN é a sugestão para MARROCOS. Apesar do título ser o nome de uma região da Ásia, quem é fã da banda sabe que a música foi criada e inspirada numa viagem de Robert Plant entre Goulimine e Tantan, no sul do Marrocos.

A seleção do IRA poderia usar "Rock the Casbah", do THE CLASH, que foi fortemente inspirada pela revolução islâmica de 1979. Claro que a letra é um pouco irônica, mas hoje em dia o Rock tá liberado no Irã e se a censura do governo não implicar, quem sabe...

Sugestões para a FRANÇA também existem aos montes, mas "A Tout le Monde", do MEGADETH, pode ser uma boa pelo título em francês criado por um descendente de francês. E não importa o que falem da letra, o próprio Mustaine já deixou claro que ela é em prol da vida e do amor ao próximo. E amor tem tudo a ver com romantismo francês...

A AUSTRÁLIA apesar de ter várias músicas a seu favor, não poderia deixar de ficar com "Down Under", do MEN AT WORK, uma espécie de 2o hino do país que foi cantada até no encerramento das Olimpíadas de Sydney.

A sugestão ao PERU é a música "Like an Inca", do NEIL YOUNG, para lembrar sua impressionante cultura local.

Falar de Viking na DINAMARCA é praticamente chover no molhado, então nada melhor do que usar "Deaf Forever", do MOTÖRHEAD, para entrar em campo com força total!

Para a ARGENTINA a sugestão é "Brothers in Arms", do DIRE STRAITS, pela sua inspiração na Guerra das Malvinas e pelo fato de destacar a tolice da guerra entre "irmãos".

A ISLANDIA com "Immigrant Song", do LED ZEPPELIN, tem a sugestão ideal para sua entrada em campo. Uma música criada em homenagem ao explorador da Islândia, Leif Ericson, durante uma turnê da banda pelo país do gelo.

A sugestão para a CROÁCIA é "Blood on the world's Hand's", do IRON MAIDEN, inspirada na Guerra da Bósnia, conflito gerado (entre outros fatores) pela independência da Croácia e desintegração da antiga Iugoslávia. Não à toa a letra critica o sangue derramado em vão.

A seleção da NIGÉRIA poderia usar "Slave Machinery", do KREATOR, como uma forma de protesto contra o passado de escravidão e estupidez a que foram submetidos.

Para o BRASIL a dica fica por conta de "Going to Brazil", do MOTÖRHEAD, afinal, bebidas, mulheres, farra e curtição tem tudo a ver com nosso país!

Por razões óbvias "Moneytalks", do AC/DC, é a nossa sugestão para a SUÍÇA, terra do dinheiro.

A COSTA RICA, base de muitos portos piratas no passado, poderia ficar com "Pirate Song", do RUNNING WILD.

Para a SÉRVIA existem várias escolhas, mas vamos sugerir "Dead Winter Dead", do SAVATAGE, faixa título do disco conceitual sobre a dissolução da Iugoslávia na visão de um casal formado por um sérvio e uma muçulmana.

A atual campeã ALEMANHA também poderia usar diversas músicas, inclusive de boas bandas locais, mas escolhemos "Born to Die in Berlin", do RAMONES, criada por um descendente de alemão, que viveu na Alemanha e canta parte dessa música em alemão!

O MÉXICO teria em "The Book Of Souls", do IRON MAIDEN, uma boa escolha, afinal, sua letra fala dos Maias, os principais antepassados dos mexicanos.

A SUÉCIA estaria em boas mãos com "Blood Fire Death", do BATHORY, uma das maiores bandas precursoras (senão a maior) do gênero Viking Metal sueco.

Podemos sugerir pra CORÉIA DO SUL a própria música "Korea", do DEFTONES. Os coreanos talvez não vão gostar muito da letra... mas pelo menos seu título é o nome país (além de ter bons riffs, claro).

Com a BÉLGICA vamos deixar de lado músicas com referências históricas e sugerir "Beer Drinkers and Hellraisers", do ZZ TOP, afinal, não dá pra ficar sóbrio ao lado dos belgas!

O PANAMÁ, outro país que serviu de base para a pirataria nos séculos XVI e XVII poderia entrar em campo ao som de "Pirates Of The Caribbean", do EPICA.

Já a TUNÍSIA pode não ter nenhum swing, mas já foi terra de sultões, e por isso "Sultans Of Swing", do DIRE STRAITS, é uma sugestão (mesmo que a letra não tenha nada a ver com seu país)

A INGLATERRA de vossa majestade não precisaria sequer trocar o título de seu hino, bastaria entrar no gramado ao som de "God Save the Queen", do SEX PISTOLS.

A sugestão para a POLÔNIA seria "Angel of Death", do SLAYER, como uma forma de relembrar ao mundo seu sofrimento com os horrores do holocausto e, claro, fazer um mosh enquanto protestam!

SENEGAL ficaria com uma escolha bem peculiar, "Sympathy for the Devil", do ROLLING STONES, inspirada por atabaques africanos (alguns dizem que Jagger frequentou um centro de candomblé no Brasil) mas com a letra baseada no romance moscovita "O Mestre e a Margarida", portanto, bem adequado para uma copa na Rússia.

A COLÔMBIA poderia pedir licença ao Brasil e pegar "Endangered Species", do SEPULTURA, afinal, boa parte da Amazônia também está localizada naquele país.

E por fim, ao JAPAO (que tem outra vasta cartela de opções) sugerimos a música "Woman From Tokyo", do DEEP PURPLE.

Veja como ficaria o set-list da Copa:

Grupo A

* Rússia - Back In The U.S.S.R, The Beatles *

* Arábia Saudita - Gasoline, Audioslave *

* Egito - Egypt, DIO *

* Uruguai - Conquistadores, Running Wild *

Grupo B

* Portugal - Vira-vira, Mamonas Assassinas *

* Espanha - For Whom The Bell Tolls, Metallica *

* Marrocos - Kashmir, Led Zeppelin *

* Irã - Rock the Casbah, The Clash *

Grupo C

* França - A Tout le Monde, Megadeth *

* Austrália - Down Under, Men At Work *

* Peru - Like an Inca, Neil Young *

* Dinamarca - Deaf Forever, Motörhead *

Grupo D

* Argentina - Brothers in Arms, Dire Straits *

* Islândia - Immigrant Song, Led Zeppelin *

* Croácia - Blood on the world's Hand's, Iron Maiden *

* Nigéria - Slave Machinery, Kreator *

Grupo E

* Brasil - Going to Brazil, Motörhead *

* Suíça - Moneytalks, AC/DC *

* Costa Rica - Pirate Song, Running Wild *

* Sérvia - Dead Winter Dead, Savatage *

Grupo F

* Alemanha - Born to Die in Berlin - The Ramones *

* México - The Book Of Souls, Iron Maiden *

* Suécia - Blood Fire Death, Bathory *

* Coréia do Sul - Korea, Deftones *

Grupo G

* Bélgica - Beer Drinkers and Hellraisers, ZZ Top *

* Panamá - Pirates Of The Caribbean, Epica *

* Tunísia - Sultans Of Swing, Dire Straits *

* Inglaterra - God Save the Queen, Sex Pistols *

Grupo H

* Polônia - Angel of Death, Slayer *

* Senegal - Sympathy for the Devil, Rolling Stones *

* Colômbia - Endangered Species, Sepultura *

* Japão - Woman From Tokyo, Deep Purple *

Sugestões, elogios, críticas e correções? deixe seu comentário aí embaixo. ;)

A playlist completa no Youtube:

Comente: Gostou das escolhas? Trocaria alguma?


Copa de 2018

Copa do Mundo do Rock: Uma música para cada SeleçãoCopa do Mundo do Rock
Uma música para cada Seleção

Copa: Argentina vai à Rússia em avião dos Rolling StonesCopa
Argentina vai à Rússia em avião dos Rolling Stones

Pearl Jam: Vedder vaiado por ter zoado time de futebol da HolandaPearl Jam
Vedder vaiado por ter zoado time de futebol da Holanda

Mick Jagger: chamado de "pé-frio da Copa" após foto com Luciana Gimenez

Eddie Vedder: vaiado após piada sobre Copa com holandeses

Copa do Mundo Metal: Veja as bandas representantes de cada seleçãoCopa do Mundo Metal
Veja as bandas representantes de cada seleção

Britpop: A origem do grito "It's Coming home"

Todas as matérias sobre "Copa de 2018"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Copa de 2018"


Ozzy Osbourne: Fim do Guns foi a maior tragédia do rockOzzy Osbourne
Fim do Guns foi a maior tragédia do rock

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1991Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1991

Sebastian Bach: descrevendo o horror de urinar com Phil AnselmoSebastian Bach
Descrevendo o horror de urinar com Phil Anselmo

Eagles: o significado da clássica Hotel CaliforniaEagles
O significado da clássica "Hotel California"

Guns N' Roses: a trágica história do baixista fundadorGuns N' Roses
A trágica história do baixista fundador

Angra: O capiroto, o polvo e o Kiko; encontro de amigos no Rock In Rio 2015Angra
O capiroto, o polvo e o Kiko; encontro de amigos no Rock In Rio 2015

Janis Joplin: A relação de com álcool e drogasJanis Joplin
A relação de com álcool e drogas


Sobre Bruno Prado

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Bruno Prado no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336